Inside The Edit

15 abr

“Uma homenagem a todos os editores por aí nessas salas escuras criando arte com imagens em movimento.” Inside The Edit

Direction, Design, Animation – Dave Penn vimeo.com/sxfngrs
Sound Design – James Locke-Hart jameslockehart.com
Script – Paddy Bird insidetheedit.com

Todo mundo ensina a técnica, ninguém ensina o criatividade.
Inside The Edit analisa estas questões pré-construtivas importantes.

Indicado por: Renato Portronieri

Identidade | SKY Nova Zelândia

9 abr

O principal sistema de tevê por assinatura da Nova Zelândia,  a SKY (não confundir com as homônimas britânica e brasileira), realizou recentemente uma grande renovação em sua identidade.

sky_rebrand2014

A SKY não é um canal. Mas também não é um serviço. Deve ser entendida como um sistema de entretenimento televisivo, que também compete com marcas emergentes da internet, como o Netflix, Hulu e You Tube. E assim como essas empresas, o enfoque no conteúdo torna-se fundamental. O desenvolvimento e a gestão de novos canais e programas fazem parte de suas estratégias comerciais, além da seleção de portfólio. E a distinção dos modelos de negócio de companhias como a SKY e as tradicionais emissoras de televisão está cada vez mais tênue.

Nesse contexto é que a Interbrand Sydney participou do reposicionamento da identidade da SKY e sua subdivisão SKY Movies, relacionada à área de filmes. Suas aplicações compreendem não apenas o material off-air, como papelaria, sinalização e publicidade, mas também as interfaces dos dispositivos digitais que relacionam e disponibilizam os canais e seus conteúdos.

Os dois triângulos formados no encontro das letras da antiga marca logotípica passam a funcionar como um símbolo cambiante no novo sistema gráfico. Os triângulos funcionam como elementos de ênfase e direção nos componentes textuais irreverentes e nas personagens famosas que transitam entre os canais oferecidos. As escolhas cromáticas e tipográficas, coerentes com o novo símbolo, conferem contemporaneidade, humor e sofisticação.

Ficha Técnica

Interbrand
Direção: Mike Rigby e Ben Miles
Motion Design: Mike Tosetto
Direção Executiva: David Storey
Coordenador: Matt Hinchcliffe

Sixty40
Direção: Mark Simpson
Produção: Jayne da Costa
Design: Giedre Domzaite
Animação: Giedre Domzaite, Steven Scott, Brad Pickford e Mark Ong
Sound Design: Rumble Studios

Fonte: Blog Televisual

Identidade Visual | Rede Globo

8 abr

Prestes a completar 50 anos, a TV Globo passa a usar, a partir de agora, uma nova identidade visual.

Do traço simples à esfera em 3D, a marca da Globo se transformou, ao longo dos anos, e está mudando de novo. Ela, que faz parte da vida de todo brasileiro, está mais leve, mais clara. E pela primeira vez, com movimento.

Você pode não ter idade para lembrar, mas a primeira marca da TV Globo já indicava movimento. Quatro números quatro identificavam o canal da emissora, no Rio de Janeiro. Formavam um catavento. Isso foi em 1965, ano de estreia da Globo. A TV ainda era em preto e branco, época dos teleteatros.
O catavento se transformou em um Globo cinco anos depois. As novelas começavam a conquistar as noites do brasileiro.

O Fantástico tinha apenas um ano de vida quando a marca mudou de novo. Ficou maior, conectando o mundo.
Em 1975, ganhou cor e uma nova identidade visual nascida do talento de um designer em um guardanapo de papel.

“Rabisquei o mundo. E o mundo, que se tratando de televisão, recortei uma tela de televisão e coloquei o mundo dentro, que é praticamente o conceito dessa marca”, explica o diretor de arte Hans Donner.

Um conceito preservado até hoje e que acompanhou as mudanças que aconteciam no Brasil e no mundo. Uma nova democracia, uma nova economia, um novo milênio, um novo Papa. Sempre em evolução, sempre mudando e, agora, em 2014, outra grande transformação.
“Ela ganhou vida, que nenhuma marca de televisão do mundo tem”, disse Hans Donner.

Deixou de ser metálica para assumir qualquer forma, qualquer textura.
“Essa é uma mudança significativa. Ela passa a ser branca, e o branco é a soma de todas as cores e ela ganha movimento. E o movimento é exatamente o que a Globo procura na sintonia com a sociedade. E isso se traduz através de produtos. Produtos diferentes, produtos variados, gêneros variados na grade da programação. E esses produtos passam a ser cada vez mais inovadores, cada vez mais ousados, cada vez mais criativos”, explica o diretor-geral da TV Globo, Carlos Henrique Schroder.

Uma marca que é sinônimo de televisão no Brasil. Imagem de um padrão de qualidade internacional. Traz o mundo para dentro de casa. Reflete sonhos e anseios, transmite informação e diversão. Traz os traços da inovação e da criatividade. Feita de tecnologia e emoção. Uma marca que identifica o melhor do jornalismo, do esporte e do entretenimento.

E retrata toda a nossa evolução. Toda a nossa inquietação. Permanente movimento de uma televisão em sintonia com a sociedade e com o seu tempo.
A partir de agora, esta nova identidade visual da TV Globo vai aparecer não só no plim-plim dos intervalos. Ela vai estar presente em tudo, principalmente nas vinhetas da programação. Clara, viva, em movimento. É a cara da Globo.

Confira abaixo a transição das marcas da TV Globo.

Logotipo novo TV Globo (Foto: TV Globo)

 

Projeção Estereográfica | GoPRO

8 abr

Conhecida como projeção estereográfica, a técnica de transformar uma superfície esférica em uma representação plana foi recriada pelo fotógrafo alemão Jonas Ginter de um jeito bem criativo: ele colocou 6 câmeras GoPro bem juntinhas, usando um suporte customizado, criado com a ajuda de uma impressora 3D.

6-gopro-glued-together

O resultado da engenhoca  é uma perspectiva divertida e diferente, que mostra quase 360⁰ de um passeio de bike e de outras atividades do dia a dia.

Nada como unir a disponibilidade da tecnologia com um bocado de criatividade. Só cuidado para não ficar tonto com o vídeo.

Font: Jacqueline Lafloufa – Brainstorm9

Nova logomarca da Globo vazou na internet há seis meses

3 abr

Por DANIEL CASTRO e PAULO PACHECO

Grande novidade da programação de 2014 da Globo, a nova logomarca da emissora não é tão novidade assim. Vazou na internet há seis meses, como se pode constatar no vídeo que o Notícias da TV reproduz abaixo, publicado originalmente em outubro. Na época, a Globo negou que o desenho fosse a nova logomarca. Afirmou que era apenas um estudo.

O lançamento do novo logotipo, de inspiração retrô, que troca o globo cinza por um branco, teve bastidores tensos. Um funcionário da emissora criou um canal de vídeos no YouTube, chamado Centro Exibidor, e usou a nova logomarca para identificá-lo. O funcionário vacilou e, ao invés de habilitar o canal somente para determinados usuários, o deixou aberto para todo mundo. Um segredo que a emissora gostaria de guardar a sete chaves ficou exposto numa grande rede social.

O vídeo publicado em outubro de 2013 é igual ao que o telespectador irá ver hoje (3) à noite no programa Vem_aí, com a nova programação da Globo. Nele, a emissora apresenta uma evolução de sua logomarca.

Criada por Hans Donner, a logomarca perde o cinza metálico da versão anterior, lançada em 2008. Segundo a Globo, o novo símbolo visa representar “uma empresa em sintonia com a sociedade e com o seu tempo”.

A estreia da nova logomarca acontecerá no Fantástico, no próximo domingo (6). O símbolo aparecerá nos programas, nas vinhetas e no tradicional plim-plim. Ao longo do ano, será adotado em todos os ambientes da emissora.

Assista ao vídeo publicado abaixo. Ele é uma reprodução idêntica ao do filme que vazou em outubro com a nova logomarca da Globo:

Evolução do logo da Globo e logo 2014 por VictorHD3D

Pepsi | Unbelievable Bus Shelter

27 mar

Assista a campanha “Unbelievable Bus Shelter” da agência AMV BBDO, realizada pela Pepsi Max em um ponto de ônibus de Londres (Inglaterra). Imperdível!!

DARK NOIR

24 mar

O ilustrador e quadrinista Rafael Grampá tem um dos traços mais interessantes da recente geração de artistas brasileiros trabalhando em terras estrangeiras. O estilo do desenhista serviu como inspiração para uma nova campanha da Absolut, que o convidou para dirigir um curta animado. O resultado da parceria de Grampá com o Facebook e a marca de bebidas é a animação “Dark Noir”, uma inebriante mistura de 3D e 2D, criada pelo estúdio Red Knuckles.

A história segue um detetive contratado por um velho cujas idéias foram roubadas por um amor do passado. No processo de investigação, o personagem principal descobre algo assombroso sobre seu próprio passado.

Making Of:

Superman / GoPro

18 mar

Já imaginou como seria voar como o Superman? Niko Pueringer e Jake Watson não se contentaram com a imaginação e simularam um voo do homem de aço. Eles lideram um pequeno grupo de produtores de vídeo para a web, chamado Corridor Digital, e usaram uma câmera GoPro nas filmagens.

É perceptível, no entanto, que em alguns momentos não há muito refinamento na pós-produção, mas a ideia é bem diferente. O Superman chega até mesmo a combater criminosos neste vídeo.

Making Of

Em pouco mais de 24h após a publicação, as visualizações no YouTube chegaram a mais de 1 milhão. O Corridor Digital aceita doações no site Patreon. O vídeo foi feito com um drone, o Phantom 2.

Muita confusão na Sessão da Tarde

17 mar

Assista a essa super edição, onde o editor percebeu um padrão há muito já existente na TV Globo!
Eu não sei se é estratégia ou faltam palavras no dicionário do redator… o que eu sei é que surgiu esse vídeo maneiro… Confira!

Stan Winston School

17 mar

Stanley Winston foi supervisor de efeitos visuais, maquiagens e diretor de filmes estadunidense.

Mais conhecido pelos seus trabalhos na trilogia Terminator (Exterminador do Futuro), Jurassic Park, Aliens, Predator, Edward Scissorhands e os trabalhos em maquiagem do Pinguin em Batman Returns.

Ganhador de 4 Oscars por seus trabalhos e um freqüente colaborador de James Cameron, proprietário de vários estúdios de efeitos especiais, incluindo Stan Winston Digital.

No site de sua escola é possível adquirir vários tutoriais com preços interessantes, como por exemplo este que ensina a modelar o personagem da Marvel VENOM por $39.99 para comprar o DVD da aula ou $19.99 para assistir por Stream, e você pode assistir quantas vezes precisar.

Veja todos os tutoriais disponíveis aqui

Oscars
• 1982: Indicação por Melhor Maquiagem: Heartbeeps
• 1987: Oscar por Melhores Efeitos Visuais: Aliens
• 1988: Indicação para Melhores Efeitos Visuais: Predator
• 1991: Indicação para Melhor Maquiagem: Edward Scissorhands
• 1992: Ganhou 2 Oscars – Melhores Efeitos Visuais & Melhor Maquiagem: Terminator 2: Judgment Day
• 1993: Indicação para Melhor Maquiagem: Batman Returns
• 1994: Oscar por Melhores Efeitos Visuais: Jurassic Park
• 1998: Indicação para Melhores Efeitos Visuais: The Lost World: Jurassic Park
• 2002: Indicação para Melhores Efeitos Visuais: A.I.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.709 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: