VFX Breakdown | Game of Thrones

2 set

Game of Thrones é uma série de televisão norte-americana criada por David Benioff e D. B. Weiss para a HBO. A série é baseada na série de livros A Song of Ice and Fire, escritos por George R. R. Martin, com seu título sendo derivado do primeiro livro.

A série está sendo filmada principalmente no Paint Hall Studios, em Belfast, e em outras localizações na Irlanda do Norte, Espanha, Marrocos, Malta, Croácia e Islândia.

No vídeo abaixo podemos ver a grandiosidade da produção e dos efeitos especiais, com cenas da 4ª temporada, ainda em gravação:

A assinatura é da empresa Rodeo FX

Sugestão: Ricardo Henrique
ricardo@oeditor.com

The Bear | Autodesk Maya

2 set

A empresa de publicidade francesa Mikrós produziu um comercial digno de premiação, o The Bear (O Urso).  A campanha teve como personagem principal um pouco diferente do comum, um urso na forma de um tapete, que assume o papel de um diretor de cinema apaixonado trabalhando para trazer sua visão cinematográfica para a vida.

Na produção desafiante feita para o Canal +, a empresa Mikrós utilizou os softwares Autodesk Flame, Autodesk Maya e Autodesk Lustre como o conjunto de ferramentas criativas para ajudar a trazer o urso para a vida real e para estabelecer a aparência geral durante toda a produção.

O comercial começa com uma cena de batalha cheia de ação e logo em seguida vai para um momento “por trás das cenas” que mostra o dia-a-dia  de um diretor que quer permanecer fiel à sua arte.

Tal como os seus homólogos humanos, o diretor peludo orienta as performances dos atores, colabora com as equipes de efeitos especiais, e defende ferozmente suas ideias de uma maneira ora calorosa, ora engraçada.

Screen Shot 2014-09-02 at 10.21.33 AM

O Desafio

Para entregar o projeto dentro de um período de três meses, a Mikrós precisava contar com talentosos membros de sua equipe, além de ferramentas criativas. Os desafios artísticos foram focados principalmente na criação de emoções humanas para o urso, enquanto os desafios técnicos eram alcançar a aparência fotorrealista de um tapete peludo.

O diretor do comercial, Matthijs Van Heijningen, tinha uma visão clara para o projeto do início ao fim. Van Heijningen queria capturar emoções humanas em um urso marrom fotorrealista, mantendo forma tapete-como o urso. Além disso, ele queria evitar um efeito no estilo de animação, já que temeria que isso pudesse desumanizar o urso e diminuir as características emocionais do animal.

“Um dos nossos maiores desafios foi a criação de expressões faciais durante as cenas da entrevista”, diz Guillaume Ho, que trabalhou  na produção. Para orientar o processo de animação, o diretor rodou várias cenas com atores reais para capturar as expressões faciais como um ponto de referência para a animação de personagens 3D no Maya. Segundo ele, “com atores reais e dublagens de áudio como um ponto de referência, fomos capazes de recriar todos os gestos, movimentos e referências emocionais para um resultado mais realista”.

Screen Shot 2014-09-02 at 10.22.14 AM

A solução e o resultado

Junto com o software de animação Maya 3D, a Mikrós usou o Autodesk Flame como uma parte essencial do seu fluxo de trabalho de composição e para todos os acabamentos. Embora a maioria das imagens foi criada usando Maya, algumas também foram criadas diretamente no Flame.

Screen Shot 2014-09-02 at 10.24.23 AM

A criação de um urso com um corpo tão flexível e macia como um tapete, preservando as características de uma intensa e enérgica criatura viva não foi fácil. Um componente-chave de sucesso do projeto foi a pré-visualização durante o processo de pré-produção. Vários testes de animação foram conduzidos para orientar a equipe da Mikrós antes de começar as filmagens.

Assista o resultado final:

Curso de Final Cut Pro X | Merlin Cursos

1 set

Não é apenas uma versão diferente. É uma produção totalmente nova.



Edição de vídeo revolucionária. Organização de mídia poderosa. Desempenho incrível de vídeo 4K. O futuro da pós-produção está aqui.

Screen Shot 2014-09-01 at 18.18.43

Recriado a partir do zero para atender às necessidades dos editores de criação, o Final Cut X acaba com as restrições das trilhas convencionais presas à linha do tempo. Uma nova interface de edição dinâmica permite que você faça várias experiências, sempre com incrível velocidade e precisão.

PROFESSOR
Kleber Bustamante é formado em Engenharia Eletrônica, trabalhou em emissora de TV e produtoras de vídeo, tendo uma maior afinidade pela área de produção e edição, onde já atuou como cameraman e editor.

Atualmente, em suas horas vagas, atua como editor de imagens. “Além de editar, posso por em prática conceitos que aprendi no decorrer de minha carreira e na Engenharia em minhas gravações e edições”, diz Kleber.

PRÉ-REQUISITO
Domínio do sistema operacional Mac OS X ou superior.

INTRODUÇÃO
Configuração do equipamento: Hardware e Software
Otimização do sistema operacional
Noções de Hardware
Processador
Memória RAM
HD
Break Out Box

IMPORTAÇÃO E ANÁLISE DE MÍDIAS
Importação de Mídias através de:
Pastas (Keyword Collections)
Finder
Câmeras
Outros Aplicativos
final-cut-pro-x-merlin-cursos
INTERFACE
Explorando a Nova Interface
Workflow
Criação e gerenciamento de projetos
Visualizando, organizando e classificando Eventos
Atalhos de teclado

MÍDIAS
Organização de mídias através de:
Trabalhando com clipes na biblioteca de eventos
Primary Storyline
Magnetic Timeline
Inserção de Clips na Storyline Primária
Ferramentas de edição: Trim, Select, Position, Blade
Multicamera
Audio Mix / Audio Sync
Aplicação de Efeitos, Transições e Geradores de Títulos
Aplicação de Efeitos/filtros
Chroma Key
Looks
Ajuste Primário de Correção de Cor: Exposição

OUTPUT – DISTRIBUIÇÃO DE MÍDIAS
Exportação de arquivos para:
QuickTime
DVD
Blu Ray
Share
Compressor

PRÓXIMAS TURMAS
SETEMBRO 2014

INVESTIMENTO
R$ 450,00 a vista
R$ 490,00 em 3x de R$ 167,00 no cartão

DURAÇÃO
Carga horária de 8 horas.
Horario: 09h às 17h30 com intervalo para almoço
(almoço não incluso)

LOCAL
Merlin Video em Campinas/SP
Rua Padre Almeida Garret, 505
Jd N. Sra. Auxiliadora
CEP: 13087-290
Campinas – SP
(19) 3741-4488
(11) 3508-8009

Screen Shot 2014-09-01 at 18.18.43

ProAC Editais apoia produções com R$ 2,2 milhões

1 set

Estimativa é de que o investimento total ao segmento chegue a R$ 11 milhões; Secretaria da Cultura também mantém outros incentivos.

proac

Três editais do programa de incentivo à cultura do Governo do Estado de São Paulo (ProAC) acabam de ser lançados pela Secretaria de Cultura de São Paulo para produção de filmes, séries de TV e de web. Somados, os editais constituem investimento de R$ 2,28 milhões na área. Os editais estão disponíveis, na íntegra, no site da Secretaria de Estado da Cultura.

As ações de fomento na área audiovisual no Estado de São Paulo contemplarão 10 projetos, no valor de R$ 60 mil cada. Esses projetos deverão envolver pesquisa, formação, capacitação de profissionais, produção de obras e difusão nos diferentes meios disponíveis na manutenção e criação de trabalhos continuados na área de cinema, vídeo, TV e WEB.

Projetos de longa-metragem receberão apoio em diferentes etapas previstas para o planejamento da obra audiovisual, incluindo roteiro completo, previsão do orçamento de produção, desenho de produção e inscrição na Agência Nacional de Cinema (Ancine).

Pensando na produção destinada à televisão, a Secretaria de Estado da Cultura pretende oferecer subsídios para produtoras independentes que desejam desenvolver projetos para TV Paga. O apoio ao desenvolvimento de série TV inédito será destinado Produções de ficção, documentário, animação ou misto e contemplará 12 obras.

Os projetos para TV serão divididos em dois módulos diferentes: seleção de seis projetos de série TV, com formatos ficção ou animação, com prêmio de R$ 100 mil cada e o segundo módulo, que será a seleção de seis projetos que contemplem o desenvolvimento de série TV, com formato documentário, com prêmio de R$ 80 mil cada.

De acordo com a Secretaria de Cultura, profissionais do segmento também podem pleitear apoio por meio do Programa de Fomento ao Cinema Paulista, Prêmio Estímulo ao Curta Metragem e ProAC ICMS, que tem base na renúncia fiscal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Confira abaixo os valores dos programas de incentivo à cultura do Governo do Estado de São Paulo Investimentos 2014:

ProAC ICMS R$ 135.240.000,00
ProAC Editais R$ 40.000.000,00

Prêmio Estímulo ao Curta Metragem R$ 1.200.000,00
Programa de Fomento ao Cinema Paulista R$ 8.000.000,00

TOTAL R$ 184.440.000,00

DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL
10 projetos com prêmio de R$ 60.000,00 cada.
Total de R$ 600.000,00

DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE LONGA-METRAGEM NO ESTADO DE SÃO PAULO

10 projetos com prêmio de R$ 60.000,00 cada.
Total de R$ 600.000,00

DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE
SÉRIE DE TV

12 projetos divididos em 02 módulos:

Módulo 01: Seleção de 06 (seis) projetos que contemplem o desenvolvimento de série TV, com formatos ficção ou animação, com prêmio de R$ 100.000,00 (cem mil reais) cada.

Módulo 02: Seleção de 06 (seis) projetos que contemplem o desenvolvimento de série TV, com formato documentário, prêmio de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) cada.
Valor total: R$ 1.080.000,00

 

Fonte: Panorama Audiovisual

Cinemasters | Evento gratuito e online para cinegrafistas

1 set

Imagine um evento totalmente gratuito, que você pode se inscrever também gratuitamente e assistir a nove palestras com profissionais internacionais, diretamente da sua casa, via internet? Parece bom demais para ser verdade, mas é exatamente assim que funciona o Congresso Internacional de cinema Cinemasters, dedicado especialmente para os cinegrafistas e aspirantes a cinegrafistas do Brasil. O evento foca nas técnicas e ferramentas de cinematografia importantes para quem quer se especializar e dar um salto na curva de aprendizado. Não tem desculpa e é uma ótima oportunidade para colocar a mão na massa de casa mesmo!

Para este grande evento online, participam:

MATT WORKMAN, que traz dicas de iluminação, equipamento, posicionamento e uma técnica específica usada em cinematografia de comerciais onde se usa modelos para aquele visual de beleza.

DAVID WRIGHT vai dar dicas de iluminação para diferentes estações e horas do dia e para criar sensações.

AUGUST BRADLEY vai desconstruir o processo que usa para criar iluminação dramática e vai mostrar o passo a passo o processo usado enquanto detalha os instrumentos e técnicas cruciais para atingir imagens dramáticas.

PHILLIP BRIGGS mostra como usar gelatinas para colorir a iluminação e dar looks diferentes às produções, mostrando suas preferências e escolhas.

PETER SZEWCZYK já trabalhou em Avatar, Thor, Harry Potter vai te ajudar a criar peças de efeitos visuais, com dicas de elementos que são cruciais para o conhecimento de um diretor de fotografia para um projeto de sucesso.

RYAN WALTERS vai mostrar opções de filtros que podem melhorar o material em vários cenários.

JORDAN CUSHING vai ensinar o passo a passo para filmar uma cena de luta. Ele traz um guia cinematográfico e vai mostrar como usar diferentes lentes, ângulos de câmera, coreografia e muito mais nas filmagens.

ART ADAMS vai explicar porque as câmeras de vídeo não criam imagens semelhantes à película e vai revelar alguns segredos para transformar seu vídeo e deixá-lo com visual de filme.

ARDEN TSE vai mostrar como conseguir tons de preto ricos e reais que vão deixar seu vídeo mais cinematográfico.

De acordo com os organizadores Rafael Perez e Ivan Oliveira, como muitos brasileiros da área, o caminho até o nível profissional sempre é marcado por muita dificuldade: “Grande parte do conhecimento sobre cinematografia está concentrado no exterior, e na maioria das vezes, demoram anos até que ele seja difundido para os brasileiros. Com o Cinemasters, criamos a experiência que gostaríamos de ter tido quando ainda éramos novos na área – conhecimento de ponta, dos mais reconhecidos profissionais da área, trazidos sem escalas até nossos olhos e ouvidos. E assim, ajudar a desenvolver o cinema e TV brasileiros a um novo patamar”, afirmam. E ambos trazem um currículo respeitável; Perez é finalizador de efeitos visuais, e atualmente trabalha em Toronto (Canadá). Já trabalhou em grandes filmes, como Transformers 3, Twilight e séries de TV como Breaking Bad, Steven Spielberg’s Falling Skies e Arrow. Já Oliveira está a frente da Enzimage, produtora de vídeo na Holanda dedicada a Marketing Digital, que atualmente produz vídeo para cinco continentes. Já produziu, editou e dirigiu incontáveis comerciais para televisão no Brasil, e dirigiu diversos curtas -metragens.

No site do evento é possível ler mais sobre os palestrantes e sobre os organizadores, além de conferir a programação completa, com os horários das palestras. O evento será realizado nos dias 26 e 27 de setembro (sexta e sábado) e já é possível se registrar pelo site, de graça, vale ressaltar!  Clique aqui para se inscrever.

Município de Pontal (SP) oferece workshop de cinema e TV para jovens de 15 a 29 anos

30 ago

Será realizado no dia 30 de agosto, em Pontal (SP), promove no dia 30 de agosto o I Workshop de Cinema e TV. O workshop é destinado a jovens entre 15 e 29 anos e será realizado na Biblioteca Municipal José Pedro Carolo. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 29 de agosto, ou até o preenchimento das 30 vagas disponíveis.

Screen Shot 2014-08-27 at 1.05.15 PM

As inscrições devem ser feitas pelos telefones (16) 3953-2147 e (16) 99125-3496.

Outras informações sobre o workshop, clique aqui.

Macaé Cine recebe inscrições de curtas

29 ago

As inscrições para o Macaé Cine – Festival Nacional de Cinema de Macaé estão abertas até o dia 30 de setembro e podem ser feitas pela internet com a plataforma Festhome, ou por correio, para o endereço que consta no regulamento. Podem ser inscritos filmes de curta-metragem com até 25 minutos.

Screen Shot 2014-08-27 at 12.42.57 PM

O Festival é composto por duas mostras competitivas – Nacional e Regional Macaé e Lagos-, e duas não-competitivas – Internacional e Infantil. O evento será realizado de 17 a 22 de novembro na cidade de Macaé e região.

Outras informações acesse o site do Festival.

Inside The Edit – O que faz um editor?

28 ago

Texto: Agência aB Comunica
Tomamos a liberdade de traduzir esse belo trabalho de motion graphics na forma de infográfico animado, simples e elegante, mas que dá uma sábia e sensível contribuição na busca de respostas para uma questão: o que faz um editor?

O vídeo foi produzido e postado para o site insidetheedit.com, que, na realidade, serve de plataforma para um curso online do editor Paddy Bird, futuro parceiro do site Oeditor.com.

Ficha técnica:
Direção, Design, Animação – Dave Penn
Sound Design – James Locke-Hart
Roteiro – Paddy Bird

EBC abre inscrições para o Banco de Projetos 2014/2015

28 ago

Serão aceitas propostas para co-produção de obras audiovisuais, radiofônicas e/ou interativas digitais multimídia.
Investimeto é de R$ 2.640.000,00 em (7) sete projetos.
ebc-abre-inscricoes-para-o-banco-de-projetos-20142015--25-8-2014-8-16-57-425
Já estão abertas as inscrições para os projetos da edição 2014/2015 do Banco de Projetos 2013/2014 da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC). O Banco de Projetos 2014/2015 ficará aberto até o dia 31 de dezembro de 2014, quando será encerrado para o início do processo de avaliação das propostas cadastradas. O resultado da seleção 2014/2015 será divulgado ainda no primeiro semestre de 2015. Entre os critérios 2014/2015 foram acrescentados aos já utilizados na avaliação da seleção anterior os focos temáticos Olimpíada e Paraolimpíada.

Podem cadastrar projetos as pessoas jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos; as pessoas jurídicas de direito público; e as pessoas físicas ou jurídicas identificadas como produtoras independentes. Serão aceitas propostas para coprodução de obras audiovisuais, radiofônicas e/ou interativas digitais multimídia. As propostas serão avaliadas pelas áreas internas da EBC e encaminhadas para análise de deliberação do Comitê de Programação e Rede da EBC. As incrições podem ser feitas pelo site.

Os produtores independentes devem criar um login e senha no sistema online para cadastro de propostas, inserir os dados nos campos de identificação solicitados e submeter um arquivo em “.pdf” contendo as informações requeridas para análise de proposta.

Banco de Projetos 2013/2014

Para o Banco de Projetos 2013/2014, foram contemplados sete projetos, entre animações infantis, dramaturgia, séries documentais, além de uma série com foco em cidadania. Cada projeto vai receber da EBC um valor que corresponde até 25% das propostas originais.

A seleção das propostas levou em conta critérios como adequação à missão da empresa, modelo de negócios, possibilidades multiplataforma, caráter independente da obra, foco temático (sustentabilidade e cidadania, infanto-juvenil e história do Brasil), adequação do orçamento à proposta, ineditismo, parcerias e currículo da produtora.

No total, a EBC vai investir R$ 2.640.000,00 nos sete projetos. As obras audiovisuais são: SOS Fada Madrinha (Animação), Plano B (Documentário), Vida de Estagiário (Ficção), Guerras do Brasil.doc (Documentário), O Oráculo das Borboletas Amarelas (Ficção), Brasil Ancestral (Documentário) e O Baú do Lu (Animação).

O Banco de Projetos é um sistema online para o cadastro de propostas de conteúdos audiovisuais, radiofônicas ou multimídia para as plataformas da EBC. É uma de investimento na produção independente para a realização de conteúdos artísticos, educativos, culturais ou jornalísticos a serem vinculados na TV Brasil, da TV Brasil Internacional, TV Brasil Web, Rede Nacional de Comunicação Pública – RNCP, Portal EBC e Sistema Público de Rádios. As informações gerais sobre cada projeto contemplado estão no endereço eletrônico.

Fonte: Panorama Audiovisual

Vencedores do Prêmio Panorama Audiovisual 2014 são anunciados

27 ago

A votação para a quarta edição do Prêmio Panorama Audiovisual foi concluída, após um processo que começou em junho, quando os leitores da revista puderam indicar os três finalistas em cada uma das 48 categorias, além do vencedor do “Grande Prêmio Panorama Audiovisual de Reconhecimento Profissional”, reconhecimento máximo do mercado de produção audiovisual e broadcast. Na segunda fase, decorrida nos últimos 30 dias, os leitores puderam selecionar os vencedores em cada categoria.
thumb-vencedores-do-premio-panorama-audiovisual-2014-sao-anunciados-26-8-2014-7-54-9-930
Assim como em 2013, mais de cinco mil leitores da revista Panorama Audiovisual votaram nas empresas, tecnologias e produtos que mais se destacaram no último anos. A grande estrela foi a HBS – Host Broadcast Services, empresa responsável pela produção e operação de todas as transmissões da Copa do Mundo 2014. Os dirigentes da companhia receberão o troféu durante o IBC 2014, que será realizado em Amsterdam, no mês de setembro. Os vencedores das demais categorias receberão os seus troféus nas próximas semanas.

“O Prêmio Panorama Audiovisual é um reconhecimento a todos que movem a indústria de produção e broadcast. Os seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento são essenciais para os nossos leitores, que reconhecem através deste prêmio as tecnologias desenvolvidas para cada segmento do mercado”, afirma Victor Hugo Visval Piiroja, CEO e presidente da VP Group, empresa promotora da premiação e que edita a revista Panorama Audiovisual. “Estamos honrados em homenagear representantes das empresas vencedoras, bem como os seus distribuidores no país”, finaliza.

 
CATEGORIA: Sistema de edição de vídeo

1º Avid Media Composer

2º Adobe Premiere Pro CC

3º Autodesk Smoke

CATEGORIA: Sistema de pós-produção

1º Avid Media Composer

2º Assimilate Scratch

3º DaVinci Resolve

 

Veja a seguir todos os vencedores em cada categoria:

Continuar lendo

Autodesk tem novos recursos para obter licenças de softwares

26 ago

A versão 2015 do guia de licenciamento da Autodesk traz informações acessíveis e úteis para os usuários. O objetivo é ajudar os clientes a compreender os conceitos de licenciamento, evitando erros ao longo do caminho ao fazer download do AutoCAD, Maya e outros softwares da empresa.

autodesk-logo-cmyk-color-logo-black-text-large_highres1

O guia vem em novo formato que fornece diversas informações relacionadas a diferentes tópicos e também à Internet. Esta nova estrutura deve ser mais útil para os clientes usando pesquisa como método principal de acesso às informações de licenciamento. O guia 2015 inclui mais links diretos para tópicos de serviços e suporte que fornecem informações adicionais e detalhadas. Confira alguns tópicos específicos que contém novas informações importantes:

Licenciamento independente

Sobre licenças independentes

Novos detalhes sobre o arquivo de armazenamento confiável e como ele afeta a validação de licença.

Sobre como evitar erros de licença independente

Este novo tópico ajuda os clientes a compreender as circunstâncias em que eles devem tomar medidas especiais para evitar erros de licença.

Screen Shot 2014-08-26 at 10.32.53 AM

Licenciamento de rede

Todos os diálogos de interface de usuário licenciamento são atualizados para aprimorar a experiência do usuário.

Para consultar o Status do servidor de licença

Este novo tópico fornece comandos para consultar o status de Windows, Mac OS X e Linux servidores de licença.

Sobre a licença em cascata e compartilhamento

São fornecidas informações adicionais sobre a sequência em cascata, incluindo os links para páginas de serviços e suporte para obter mais detalhes.

Sobre a execução de versões anteriores de produtos

Este novo tópico explica como as licenças de rede são alocadas em diferentes situações quando executar vários produtos e versões. O tópico inclui links para artigos de serviços e suporte.

Guia de referência de arquivo de licença

Este novo tópico substitui um tópico anterior, “Interpretando seu arquivo de licença” e inclui novas informações sobre como utilizar o analisador de arquivo de licença para ler o arquivo de licença.

Para solicitar um arquivo de licença

Este novo tópico explica como obter um arquivo de licença da Autodesk, incluindo as informações detalhadas necessárias.

Sobre a combinação de licenças e para criar um arquivo de licença combinado

Estes novos tópicos explicam as circunstâncias em que os arquivos de licença podem ser combinados e como fazê-lo.

Solução da AD Digital transfere arquivos pela nuvem

25 ago

Desenvolvimento da solução foi baseado em uma tecnologia adotada em empresas como BBC, FOX, DISCOVERY, ESPN e NBC.

Para atender a necessidade de uma solução para o mercado de mídia e entretenimento, a AD DIGITAL lança a solução Media Fast Transfer para transferência de conteúdo. A solução dispensa grandes investimentos em hardware e licenças de software e é voltada para a rápida distribuição de conteúdo e para viabilizar a colaboração na nuvem de forma segura pela Internet e intranets privadas.
-solucao-da-ad-digital-transfere-arquivos-pela-nuvem-25-8-2014-7-49-41-600
“Toda emissora, produtora, agência de publicidade e propaganda, e demais empresas provedoras de serviço de criação, produção e pós-produção de uma maneira em geral, tem a necessidade de enviar ou receber conteúdo e hoje a maioria o fazem
ainda através do FTP, que é sabido não ser a melhor solução por não ter sido desenhada para a transferência de arquivos pesados como é o caso do vídeo”
, diz Sônia Poloni, gerente de Marketing da AD Digital.

Com a transição para um fluxo de trabalho baseado em arquivos (workflow tapeless), os agregadores e distribuidores de conteúdo precisam lidar com um volume de tráfego que se mostra crescente, gerando uma demanda para os fornecedores de hardware e software.

De acordo com Paolo Romano, arquiteto de solução da AD Digital, o desenvolvimento da solução foi baseado em uma tecnologia consolidada mundialmente com eficiência comprovada em empresas como BBC, FOX, DISCOVERY, ESPN e NBC. “Os clientes não precisam se preocupar com nada. A infraestrutura técnica, segurança, escalabilidade e a manutenção são de responsabilidade da AD Digital. “

Sonia Poloni explica que com a computação em nuvem, é possível o mercado de software oferecer também o modelo de aluguel, ou seja, fazer o fornecimento pela internet através do modelo de SaaS em que o software é contratado como serviço e a empresa paga apenas um valor fixo por mês classificado como despesa e não mais investimento em imobilizado. Assim, as emissoras e produtores ficam livres dasdificuldades e despesas de aquisição, implantação e manutenção do software. “A redução de custos acontece porque só paga para usar o software, em vez de comprá-lo.”
logo-ad
VISITE: www.ad-digital.net

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.035 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: