Archive | Produtoras de Cinema RSS feed for this section

Utilizando a Blackmagic para expandir a Indústria Cinematográfica Brasileira

21 jul

Para um cineasta independente, a filmagem quase sempre vem acompanhada de um custo alto. Principalmente quando se trata de um cineasta Brasileiro, esses custos multiplicam-se em várias vezes. A indústria cinematográfica brasileira ainda está na fase inicial de crescimento, portanto ainda existe uma dificuldade em obter equipamentos profissionais.

IMG_3322

Além do mais, vários equipamentos precisam ser importados do exterior e estão sujeitos a taxas de importação. Não é raro um cineasta brasileiro depender de subsídios governamentais para conseguir os recursos necessários para iniciar um novo projeto, ou até mesmo utilizar o seu próprio dinheiro. Apesar disso, cineastas brasileiros independentes apostam nas novidades tecnológicas para produzir os filmes que movem a indústria.

production1

Rafael Duarte e Taísa Ennes Marques fazem parte desse movimento. Juntos, eles fundaram uma pequena empresa de produção cinematográfica no sul do Brasil, onde mantém uma produção constante de filmes de curta-metragem – sejam independentes ou financiados pelo governo. Os esforços estão valendo a pena.  Depois de receberem o Prêmio ABC de Melhor Fotografia para Curta-metragem, da respeitadíssima Associação Brasileira de Cinematografia, a empresa está encontrando um nicho de mercado promissor. Segundo Rafael, o lançamento da Blackmagic Cinema Camera alavancou sua trajetória.

“A chegada da Blackmagic Cinema Camera ao Brasil virou nosso mundo de ponta cabeça”, ele disse. “De repente, percebemos que seria possível obter resultados de qualidade cinematográfica mesmo com o orçamento limitado.”

Desde então, a produtora integrou a Blackmagic Design tão profundamente em seu fluxo de trabalho que agora a equipe utiliza várias câmeras, inclusive a Blackmagic 4K Production Camera, como também o DaVinci Resolve para a correção de cor.

6

Eles enfrentaram vários obstáculos antes de utilizar Blackmagic. “Taísa e eu nos conhecemos em um período de nossas vidas em que ambos querÍamos fazer filmes, mas não sabíamos por onde começar,” disse Rafael. “O cinema no Brasil, principalmente no sul, é difícil. Não existe uma grande indústria cinematográfica, dependemos muito de subsídios do governo. E quando éramos mais jovens, não sabíamos como lidar com isso. Então, resolvemos unir forças e começamos a fazer filmes com nosso próprio dinheiro.”

A dependência nas câmeras baratas acabou sendo uma experiência frustrante. Independentemente da câmera utilizada, os resultados ficavam aquém de um padrão de qualidade internacional. Modelos mais caros estão fora de cogitação, mas a produtora precisava de uma câmera mais adequada para a visão de Rafael e Taísa. Ao descobrir a Blackmagic, foram inspirados pelo seu potencial cinemático. Juntaram seus recursos para comprar uma Blackmagic Cinema Camera. Ao usá-la pela primeira vez nos cânions do sul do Brasil, foram surpreendidos.

“Apesar de ser uma câmera prática e com preço acessível, a forma como o obturador captura a imagem, a latitude e a quantidade de informação do arquivo DNG realmente valorizam a imagem“, disse Rafael. “O resultado superou nossas expectativas. Mesmo usando apenas a luz do sol e um rebatedor, os resultados ficaram lindos. Nunca me estresso durante as filmagens. Mesmo se estiver com pressa ou com algum problema, basta garantir que a luz esteja no lugar certo e que os claros não estejam estourando, por exemplo, que o resto é possível administrar dentro do Resolve. Sempre fica lindo.”

“Caçando” uma Hiper-realidade e o visual RAW

A Blackmagic Cinema Camera de Rafael e Taísa rapidamente tem se tornado uma peça-chave para seus filmes, programas de televisão, e outros projetos. Esse ano, o projeto-destaque da produtora foi  o filme “Caçador”. Com o orçamento baixíssimo de US$2.000, Caçador dependeu da Blackmagic Cinema Camera para seu visual particular: uma mistura de conto de fadas com Faroeste, inspirado pela figura folclórica do Gaucho. Um pedaço de híper-realidade projetado na tela.

“Nós trabalhamos em locações inóspitas de montanhas e cânions, foi algo mágico,”  disse Rafael. “Geralmente quando se captura algo assim monitorando em uma telinha de LED, parece que você perde um pouco da magia. Mas quando abrimos as imagens no Resolve e começamos a colorização, encontramos várias possibilidades lindas e esotéricas. Foi dificil escolher só uma. O formato RAW DNG da Cinema Camera oferece muita flexibilidade por não ter compressão. Eu sinto como se pudesse fazer qualquer coisa com a imagem.”

A transferência da filmagem para o DaVinci Resolve foi natural, e nele a equipe aperfeiçoou a imagem RAW como se estivessem alterando a própria Mãe Natureza, e não apenas o filme digital. O fluxo de trabalho baseado em nodes (nós) foi mais intuitivo para Rafael que o típico sistema de camadas que a maioria das ferramentas de colorização oferecem; e Rafael pôde transferir a sua visão para a filmagem e trabalhar detalhadamente com a colorização.

Por exemplo, uma das cenas mostra a paisagem de grama sob o pôr do sol. No início, Rafael pensou que ao tentar preservar o céu, poderia perder detalhes da grama nas sombras (o firmware da Cinema Camera não suportava a visualização de histogramas na época). Porém, acabou descobrindo que era só uma questão de ajuste nas curvas de cores.  Sem isso, seria impossível otimizar a exposição da imagem. Outra cena, uma imagem noturna do caçador fumando e bebendo na varanda, era pra ser filmada durante o dia, mas faltou tempo.  Foi possível filmar a cena porque Rafael havia trazido consigo uma lâmpada halógena de 1000 watts, apenas por precaução. No entanto, a lâmpada emitia um tom alaranjado na imagem que jamais seria convincente para cenas noturnas.  Após o upload no Resolve, ele trabalhou com o balanço de brancos do RAW para criar um efeito realístico de luar.

production4

“Já me perguntaram se eu tive uma equipe grande trabalharam naquela cena, mas a realidade é que foram só cinco pessoas,” ele disse.  “Foi tudo filmado no estilo de cinema guerrilha. Tirando essa cena em particular, a maior parte do meu trabalho como diretor de fotografia do Caçador era conciliar as tomadas com o horário certo do dia para garantir a melhor iluminação natural para cada cena. A regra era que não podíamos filmar entre as 11h e 13h, quando o sol estava a pino.”

Apesar do baixo orçamento, o filme independente foi bem sucedido: receberam um dos prêmios mais respeitados do mundo cinematográfico brasileiro, o Prêmio ABC de Cinematografia de Melhor Direção de Fotografia para Curta-Metragem. A cerimônia foi prestigiada também por outros homenageados, como Lula Carvalho (Tropa de Elite, Robocop, e As Tartarugas Ninja), que ganhou o Prêmio Melhor Direção de Fotografia no evento.abctrophy

“Fomos para a cerimônia sem pensar que podíamos ganhar. Era como se estivéssemos em uma festa com vários famosos,” disse o Rafael. “Ficamos tipo, ‘Poxa, o que estamos fazendo aqui?’ A Blackmagic Cinema Camera foi um salto tecnológico tão grande em relação às cameras que usávamos antigamente que às vezes ate me sinto como se estivesse trapaceando. Como se não fosse eu, mas a camera que fez todo o trabalho duro. Ela é perfeita!”

production5

Avançando na cena cinematográfica Brasileira com confiança

“A Blackmagic nos dá a confiança que precisamos para competir com produções maiores,  ou quando participamos de festivais de cinema e premiações grandes como a ABC,” diz Rafael. “Às vezes aqui no Brasil ficamos com um pouco de receio e achamos que não temos o orçamento para produzir imagens como em Hollywood, mas isso não é verdade. Se você tiver apenas o sol e uma câmera da Blackmagic, o resultado irá superar suas expectativas.”

“Prova de Coragem” é o novo projeto finalizado pela O2 Pós

17 jun

Adaptado do livro Mãos de Cavalo, de Daniel Galera, o filme, uma produção de Monica Schmiedt, é dirigido por Roberto Gervitz e foi rodado em Porto Alegre.

provadecoragem_site-crop

Prova de Coragem conta a história de Hermano (Armando Babaioff), médico bem sucedido, que prepara uma escalada de alto risco em uma montanha na Terra do Fogo, quando se vê às voltas com a gravidez de Adri (Mariana Ximenes). Mesmo com a perspectiva de ser pai, Hermano decide seguir com a escalada. Esta é a prova de coragem que Hermano deve a si mesmo, ele carrega a culpa de nada ter feito para evitar a morte de seu melhor amigo de adolescência.

No filme, duas questões se combinam: O que é ser livre – navegar ao sabor de desejos ou escolher seus compromissos? Para responder, é preciso coragem. “Há um espírito de sintonia da equipe, que está relacionado à atitude rigorosa e artesanal desta produção”, comenta Roberto Gervitz.

A pós-produção de imagem desse Longa acontece em São Paulo, a cargo da equipe da O2 Pós, que está criando os efeitos e tratando a imagem do filme.

Na última semana o diretor esteve na capital gaúcha para definir a estética do som do filme. Pra isso ele conta com equipe do estúdio de Kiko Ferraz. “Como o filme teve uma ótima captação de som direto, o foco do trabalho de áudio está na criação”.

A estreia será no dia 05 de novembro, com 60 salas digitais nas principais capitais brasileiras.

Transmissão ao vivo do set do filme Malasartes e o Duelo com a Morte neste domingo pelo Periscope

7 jun

A O2 Filmes será a primeira produtora nacional a usar o aplicativo Periscope, do Twitter, para transmitir um set de filmagens em tempo real.

1o._dia_malasartes_site-crop

Neste domingo, 7 de junho, por volta das 18h, o diretor Paulo Morelli e parte do elenco do filme Malasartes e o Duelo com a Morte, que está sendo filmado nos estúdios da produtora em Cotia, mostrarão o cenário fantástico criado para este longa metragem.

Para participar basta ter o aplicativo Periscope instalado e/ou acompanhar o nosso perfil no Twitter. Não conhece o aplicativo? Clique aqui!

Malasartes e o Duelo com a Morte é uma comédia dirigida por Paulo Morelli e conta no elenco com Jesuíta Barbosa no papel título, Isis Valverde, Leandro Hassum, Vera Holtz e Julio Andrade, no papel da Morte.

O2 Filmes | DaVinci Blackmagic Design

30 set

O grupo de profissionais de pós-produção da Produtora O2 Filmes passou a utilizar o novo corretor de cor DaVinci Blackmagic Design e participou de um curso de aprimoramento e capacitação na produtora em 2014.
01-da-vinci-19-03
Com aulas diárias de 4 horas de duração, o grupo conheceu as várias possibilidades oferecidas pelo Software de última geração.
02-da-vinci-19-03
O supervisor de efeitos Carlo Vecchi, que agora também está responsável pelo departamento de cor, implementou um novo workflow para a otimização do processo de correção de cor.
Screen Shot 2014-09-30 at 12.18.16 PM

O2 Filmes | Montadores

30 set

A Produtora O2 Filmes tem um novo sistema de edição centralizado que integra suas 30 ilhas de montagem em um único servidor.
img_5148_edit_peq
Para atender a série Felizes para Sempre, quatro ilhas acessam toda o material produzido simultaneamente. Esse processo pode ser expandido para quantas ilhas a mais forem necessárias instantaneamente. O método agiliza o processo de montagem que passa a funcionar como uma linha de produção. Todos os montadores tem acesso a todas as mídias instantaneamente.
img_5149edit_peq
Felizes Para Sempre tem direção geral de Fernando Meirelles e seus dez episódios são dirigidos por Fernando, Paulo Morelli, Luciano Moura e Rodrigo Meirelles.
img_5154_edit_peq
img_5155_peq
As fotos são dos montadores: Deo Teixeira, Fernando Stutz, Gustavo Gianni e Marcelo Junqueira.
Fonte: O2 Filmes

Quero trabalhar com vídeo. Como, quando e onde?

12 jun

Se você é do Rio de Janeiro ou toparia passar uma manhã sábado na cidade maravilhosa fazendo um curso; está aqui uma ótima oportunidade. Sábado, 15 de junho, no Rio de Janeiro. Videografismo e Efeitos Visuais, com Uno de Oliveira, Editor de Videografismo na TV Globo.

Esse curso é destinado às pessoas que queiram conhecer a área de videografismo e efeitos visuais. Muito se fala sobre este mercado que é relativamente novo e está em alto crescimento.

Se você quer trabalhar com motion ou está procurando uma alternativa dentro do universo do design, essa é uma boa oportunidade para entender melhor quais as ramificações e possibilidades dentro da área.

No curso serão abordados os principais softwares e processos utilizados, análise de making ofs e do mercado internacional que está numa fase crucial na indústria do cinema.

Serão abordados os seguintes temas:

Entendimento das áreas e subdivisões:
Motion Design
Composição de Efeitos
3D
Animação 2D
Produção/Supervisão
Áreas paralelas

Mercado nacional e internacional de VFX e Motion Design:
Cinema
Televisão
Shows
Internet e novas mídias

O curso será ministrado por Uno de Oliveira; que é formado em Design Gráfico pela ESPM-Rio. Atualmente é um dos realizadores do Insert e trabalha como Editor de Videografismo no núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento para efeitos visuais da TV Globo. Já participou como compositor de efeitos para TV em projetos como “Cordel Encantado”, “Avenida Brasil”, “Afinal o que querem as mulheres?” entre muitos outros. Trabalhou na Conspiração Filmes para a realização do filme “O Homem do Futuro”


Mais informações:
www.easyaula.com.br

Perfis Verdes no Facebook?? || Rhythm & Hues Studios (Life of Pi)

27 fev

LifePi
Talvez você já tenha visto um perfil com uma foto verde, como um chroma key. Para aqueles que não sabem o que está acontecendo, vou tentar explicar.
jfh_20130224_VFXunite_7403

Na 85th Cerimonia do Oscar mais de 500 pessoas manifestaram contra a indústria do cinema, na qual os filmes arrecadam bilhões de dólares e as empresas de efeitos especiais recebem apenas 5% desta renda; isso em um ano “bom”. O protesto é para que tenham novas leis e incentivos em nossa profissão.
A grande ironia foi que a empresa Rhythm & Hues Studios declarou falência recentemente, e mais de 250 empregados foram demitidos. A empresa foi responsável por 3/4 do filme ganhador do Oscar por Efeitos Visuais: “A Vida de Pi”, no qual fizeram especialmente as cenas do tigre e as de água; as quais estudaram e levaram mais de 1 ano para produzir.
Outra grande empresa que está prestes a demitir 350 empregados (15% dos funcinários) é a Dreamworks.

Para colaborar com o protesto, muitos editores e finalizadores de todo o mundo, se sensibilizaram com a causa e resolveram mudar a foto de seus perfis no facebook para uma foto verde (chroma key). Participe também.

O que seria do cinema sem os efeitos especiais?
Vfx

Vídeo no qual a equipe de efeitos visuais da Rhythm & Hues deram uma entrevista nos bastidores do Oscar (inglês).

E mais um curto vídeo sobre os efeitos especiais do filme.

Mais sobre o protesto: VFX Solidarity International

Hollywood Reporter
Site da Rhythm-Hues-Studios: http://www.rhythm.com/home

#VEMSEANPENN

8 fev

Uma história emocionante!! Um excelente exemplo de uma edição bem feita!!
Essa é a história de um ator com sindrome de down chamado Ariel.
Muitos já ouviram falar dele, e em breve será muito mais falado depois da estréia de seu longa chamado: “Os Colegas”.
E com ele é muito fã do Sean Penn, e acredita que seus sonhos podem se realizar, seus amigos editaram esse vídeo para que fosse compartilhado por todo mundo!
Vamos colaborar e compartilhar!

Assista, se emocione e compartilhe!!

Especial: “O Hobbit”

2 fev

Peter Jackson despontou para o mundo ao encarar o desafio de levar o universo que o sul-africano J. R. R. Tolkien criou durante sua vida para os cinemas. Antes do primeiro “O Senhor dos Anéis” chegar às telas, a obra fantástica do autor não tinha tanto impacto na cultura pop, mas hoje as coisas são diferentes.

Boa parte da aceitação do trabalho de Jackson vem da preocupação que ele tem com a relação filme X fãs, que é grande. O diretor sempre fez questão de trazer as pessoas mais próximas de seus projetos, como a trilogia do anel e “King Kong”.

Jackson está repetindo a dose e vem compartilhando como tem sido a experiência de fazer o longa desde o início. Diversas vezes, a pré-produção do longa passou por diversas dificuldades, mas, desde que Peter falou a famosa máxima: “luz, câmera, ação”, ele vem disponibilizando materiais sobre a produção.

O primeiro filme de “O Hobbit” chegará aos cinemas em 14 de dezembro. Já a segunda parte está prevista para sair no ano seguinte.

Confira o Trailer e os vídeos da produção:

Estes diários em vídeo já estão disponíveis na rede há algum tempo, mas achamos que seria um boa ideia reuni-los em um único lugar, para o conforto de todos os interessados.

 

 

The Cutting Edge: The Magic of Movie Editing

13 abr

Se você é editor de video ou cinema; ou pretende se tornar um… aqui vai uma dica! Ou melhor, uma obrigação!!
Você tem a obrigação, necessidade, dever e direito de assistir a este incrivel documentário sobre a incrível profissão: Editor!!!!

The Cutting Edge: The Magic of Movie Editing conta a história da edição de uma forma muito interessante. Conta com entrevistas de grandes editores e diretores de Hollywood. Fala também sobre os estilos de edição e as formas de se editar.

Achei um trecho na net… não tem legendas em português… Eu aconselho procurar na locadora!!

EXCELENTE!!!!

Disney completa 50 animações lançadas

25 nov

Quando Enrolados (Tangled), a nova versão do clássico conto de fadas de Rapunzel, estrear amanhã nos Estados Unidos, a Walt Disney Pictures completará 50 longas-metragens lançados. O estúdio fez um vídeo para celebrar a efeméride.

Relembre os clássicos da era de ouro de Walt Disney (como Branca de Neve e os Sete Anões e Dumbo), da fase problemática nos anos 70 após a morte do criador (de animações feitas com a mesma base, como Mogli e Aristogatas), do renascimento na era do CEO Michael Eisner (A Pequena Sereia, A Bela e a Fera, O Rei Leão), até os mais recentes, em computação gráfica, como O Galinho Chicken Little e o 3-D A Família do Futuro.

Voltando a Enrolados, a produção da Disney, adaptação do clássico dos irmãos Grimm, começa mostrando a princesa, famosa por suas madeixas louras de 22 metros, na torre sem portas ou escadas em que foi aprisionada depois de ter sido sequestrada quando criança do castelo de seus pais. Agora ela é uma adolescente que resolve fugir – e captura um príncipe para ajudá-la.

Byron Howard, codiretor de Bolt, dirige a comédia musical ao lado do estreante em cinema Nathan Greno. Enrolados chega ao Brasil em 7 de janeiro de 2011.

Veja o trailer:

D.Miori

O Sucesso da Animação Brasileira

21 jul

Você é editor de imagens, um montador?
Pretende investir em você? Quer ser um animador? Trabalhar com 3d?
O Festival “Anima Mundi” de animação, mostra a qualidade dos trabalhos brasileiros.
Assista!

O Anima Mundi é um dos maiores festivais de animação do mundo. O evento vai até o dia 25/07.

Continue lendo e veja outra máteria interessante:
Continuar lendo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.731 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: