Tributo Ray Harryhausen

9 maio

Morreu aos 92 anos, o pioneiro dos efeitos visuais no cinema Ray Harryhausen, que trabalhou em filmes como “Fúria de titãs” (1981), “As viagens de Gulliver” (1960) e “Jasão e o velo de ouro” (1963).

Harryhausen, que nasceu em 29 de junho de 1920 em Los Angeles, começou a carreira no início da década de 1940. Em 1992, ele recebeu um Oscar honorário. O site da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood explica que o prêmio é destinado a “indivíduos cujas contribuições tecnológicas trouxeram crédito à indústria”.

O comunicado oficial da morte de Ray Harryhausen cita frases ditas por personalidades do cinema em tributo ao técnico de efeitos especiais, que usava a técnica stop-motion

“Sem Ray Harryhausen, possivelmente não teria havido ‘Star wars'”, comentou George Lucas, sobre a influência do pioneiro em “Guerra nas estrelas”. O neozelandês Peter Jackson afirmou, segundo a nota: “‘O senhor dos anéis’ é meu ‘filme Ray Harryhausen’. Sem seu amor eterno por imagens e narrativas maravilhosas, ‘O senhor dos anéis’ nunca teria sido feito – não por mim, ao menos”.

Steven Spielberg acrescentou: “Ray, sua inspiração permanecerá conosco para sempre”. James Cameron também elogiou o pioneirismo de Harryhausen: “Eu acho que todos nós que fazemos filmes de ficção científica e fantasia agora sentimos que estamos apoiados nos ombros de um gigante. Se não fosse a contribuição de Ray, não seríamos o que somos”.

Fonte: G1 e Site Omelete

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s