Arquivo | janeiro, 2014

Globeleza | 2014

31 jan

A novidade na vinheta Globeleza de 2014 é a substituição da modelo Aline Prado por Nayara Justino, escolhida em uma competição organizada e exibida pelo Fantástico.

De resto, a vinheta não traz nenhum elemento novo. O conceito é inclusive bastante semelhante ao utilizado à dois anos atrás, que apresentava a marca ao fundo como cenário. Este ano o painel é digital, que enfatiza a nova assinatura apresentada ano passado.

Talvez com todas as mudanças vistas em torno da identidade da Rede Globo e com a chegada da nova representante, esperava-se algo mais criativo ou inovador. Mas optou-se pelo de sempre. Em tempos de renovação, Nayara chega mantendo as tradições.

Ficha Técnica

Ano: 2014
Canal: Rede Globo
Criação e direção: Alexandre Pit e Roberto Stein
Produção: Orlando Martins
Design da Pintura: Cesar Rocha
Edição: Rafael Fernandes
Modelo: Nayara Justino
Som: “Lá Vou Eu, Lá Vou Eu”, de Jorge Aragão

Creditos: Blog Televisual

Anúncios

REDE GLOBO | 2014

31 jan

Nos últimos anos as vinhetas e identidades visuais dos inúmeros programas da Rede Globo estão cada vez mais simplificados.

Algo que contraria o estilo “futurista”, exageradamente colorido e metalizado do principal nome por trás do design da emissora, o austríaco Hans Donner.

O chamado design flat (design plano) representa uma forte tendência no design contemporâneo e, entre outras características, privilegia a simplicidade e a fuga dos excessos desnecessários em logotipos e identidades visuais.

Há alguns meses circula pela Web um suposto redesenho do logotipo da Rede Globo cujo conceito é quase um retorno à primeira criação de Hans Donner para a marca, em 1975. Na nova criação foram suavizados os efeitos de brilho, luz, e gradientes mas continua o gradiente colorido da parte interna.

Apesar da emissora não confirmar a autoria, o vídeo de divulgação é criativo e bem resolvido, o que atribui veracidade ao projeto.

Morpheus – Matrix | Kia K900

29 jan

Laurence Fishburne volta à pele de seu misterioso personagem Morpheus depois de mais de 10 anos do lançamento do último filme da trilogia Matrix. Em um comercial de carro (veja abaixo), produzido para o Super Bowl (final da liga de futebol americano NFL), o ator oferece uma chave azul e outra vermelha para um homem de terno.

“Deixe-me dizer por que estão aqui. É o mundo do luxo que foi colocado diante dos seus olhos. Pegue a chave azul e volte ao luxo que você conhece. Pegue a chave vermelha e você nunca mais olhará para o luxo da mesma forma”, diz Morpheus, em referência ao seu discurso em Matrix (1999).

Assista ao comercial:

Jota Quest – Mandou Bem | Making OF

28 jan

A banda Jota Quest lançou o primeiro clipe do seu novo álbum – “Funky Funky Boom Boom”. A música escolhida foi o single “Mandou Bem”, que já está fazendo sucesso nas rádios de todo o Brasil.
Produzido pela Produtora 7 e Sony Music, a captação de imagens foi feita com a SONY F55 e Super Slow Motion | SONY FS700.
Making Of:

O vídeo foi gravado em uma pista de patinação no bairro da Mooca, em São Paulo, e revive a moda dos patins dos anos 1970, que faziam sucesso em boates de disco music.

Dirigido por Pietro Sargentelli e com fotografia de Fernando Young, o clipe teve a participação especial de Nile Rodgers, guitarrista do histórico grupo Chic, que também toca no álbum. O músico gravou sua participação em sua casa em Nova York, cantando, tocando e também patinando.

O vídeoclipe contou ainda com atletas da equipe de patinação artística brasileira, além da atriz Michelle Batista e da modelo Bruna Tang.

Clipe:

Estúdio:

José Padilha | Diretores

28 jan

José Padilha é um cineasta, roteirista, documentarista e produtor cinematográfico brasileiro. Graduado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica, estudou Economia Política, Literatura Inglesa e Política Internacional em Oxford, Inglaterra.

Fundou em 1997, com o fotógrafo e diretor Marcos Prado, a Zazen Produções. Seu primeiro roteiro produzido foi o documentário para a televisão Os Carvoeiros, em 1999. Sua estreia como diretor de cinema foi no premiado documentário Ônibus 174, de 2002. Seu primeiro longa de ficção foi o sucesso Tropa de Elite, em 2007.

Em 2008, Padilha foi incluído na lista 10 Directors to Watch da revista Variety.
Ao lado de Fernando Meirelles, foi o primeiro diretor anunciado no projeto Rio, eu te amo, da franquia Cities of Love, que inclui títulos como Paris, eu te amo e Nova York, eu te amo.

Em uma entrevista exclusiva durante a Comic-Con 2013, Steve Weintraub conversou com José Padilha, diretor do remake de RoboCop. O diretor falou sobre a diferença entre filmar nos Estados Unidos e no Brasil, como incorporou a tecnologia atual no filme e a contratação de Michael Keaton. Padilha também fala sobre as citações do primeiro filme e do RoboCop político.


Filmografia
2014 – Robocop
2011 – Paraísos Artificiais (produtor)
2011 – Rio, Eu Te Amo (produtor)
2010 – Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro (diretor, roteirista, produtor)
2010 – Segredos da Tribo (documentário de televisão)
2009 – Garapa (documentário)
2007 – Tropa de Elite (diretor, roteirista, produtor)
2004 – Estamira (produtor)
2003 – Brazil’s Vanishing Cowboys (diretor, produtor)
2002 – Ônibus 174 (Documentário) (diretor, roteirista, produtor)
2000 – Os Carvoeiros (Documentário) (roteirista, produtor)

2 VAGAS – Estágio de Editor de Imagens

27 jan

Rede Brasil TV-SP Canal Aberto

Vagas: 02 (duas vagas) de Editor de Imagens (estágio)

Conhecimentos: FinalCut e After Effects (Básico)

Interessados:
Ivo Barreto
ivo-barreto@bol.com.br
(11) 5078 5900

Fernando Meirelles | Diretores

24 jan

Fernando Ferreira Meirelles é um cineasta, produtor e roteirista brasileiro que ganhou notoriedade internacional com o filme Cidade de Deus (2002), pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Diretor em 2004.

Posteriormente, passou a dirigir filmes estrangeiros, como O Jardineiro Fiel (2005), baseado no romance homônimo de John Le Carré e pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Diretor e ao BAFTA de Melhor Diretor; e Ensaio sobre a Cegueira (2008), baseado no romance homônimo de José Saramago.

Filmografia

2012 – 360
2011 – Brasil Animado (voz)
2008 – Blindness
2005 – The Constant Gardener
2002 – Cidade de Deus
2001 – Domésticas
2001 – Palace II (curta-metragem)
1998 – Menino Maluquinho 2 – A Aventura
1998 – E no Meio Passa um Trem (curta-metragem)
1983 – Garotos do Subúrbio (curta-metragem)
1983 – Brasília (curta-metragem)

Assista a continuação da entrevista:
Continue lendo

VAGA DE EMPREGO

15 jan


Rede Brasil TV-SP Canal Aberto

Vaga: Editor de Imagens

Conhecimentos: FinalCut e After Effects (Básico)

CLT (REGISTRADO) + Benefícios

Interessados:
Ivo Barreto
ivo-barreto@bol.com.br