Quantel | Pablo Rio

15 jul

Cada dia crescem as pós-produtoras japonesas que dão um passo para a Ultra Alta Definição escolhendo as tecnologias de Quantel para agilizar fluxos de trabalho em altas resoluções.

O 4K está ganhando terreno no Japão a passos agigantados tanto para a produção e pós-produção de filmes, programas de televisão de alta qualidade e exibições públicas em telas gigantes. Para enfrentar a mudança, são numerosas as pós-produtoras japonesas que adaptaram suas instalações à Ultra Alta Definição graças à tecnologia da Quantel com Pablo Rio como solução padrão.

A decidida aposta do governo japonês pela UHDTV, com o objetivo de dispor das primeiras emissões regulares de 4K coincidindo com os Jogos Olímpicos do Brasil em 2016, está acelerando a rápida adoção de produções de alta resolução.

Por este motivo, as pós-produtoras do País puseram mãos à obra para ser capazes de oferecer a seus clientes um fluxo de trabalho 4K mais rápido e criativo. Neste ambiente de migração, são numerosas as pós-produtoras japonesas que optaram pela solução para correção de cor e acabamento da Pablo Rio 4K, e em alguns casos, sistemas de espaço compartilhado de trabalho com tecnologia Genetic Engineering 2 desenvolvida também pelo fabricante inglês.

Daisuke Matsuo, diretor da Azabu Plaza (Tóquio), assegurou que “a potência de Pablo Rio é muito superior, revolucionando o fluxo de trabalho tradicional em HD. Agora, nossos editores que já estão familiarizados com a interface de Quantel em nossos sistemas iQ de Quantel existentes imediatamente optaram por Pablo Rio para o novo ambiente 4K HFR”.

Rintaro Doke, diretor de serviços técnicos de pós-produção em Omnibus Japão (Tóquio), reconhece que “temos adotado Pablo Rio para lidar com todos os aspectos dos projetos 4K que fazemos. Se faz essencial contar com reprodução 60p 4K sem redução para nossos postos de trabalho. Atualmente estamos utilizando Pablo Rio para terminar o filme 4K Patlabor, a próxima geração, produzida pelo Grupo de Omnibus”.

Por sua parte, Yasuteru Oda, diretor geral da Divisão de Engenharia em Onkio Haus (Tóquio), defende que “nós mudamos o sistema Quantel eQ para Pablo Rio 4K HFR, já que e o único sistema disponível no mercado que dá suporte para a continuidade em tempo real de 4Kk 60p durante a edição”.

Do Studio Rec em Fukushima, seu diretor geral, Takayuki Ishige, assegura que “nosso negócio principal é a produção de spots de televisão no norte do Japão, e temos melhorado nossos sistemas de Quantel eQ adquirindo quatro Pablo rio com um espaço de trabalho compartilhado Genetic Engineering 2 ganhando importantes melhoras na eficiência, em particular com o tempo de alta resolução”.

Toshihiro Shiota, diretor de pós-produção de Toei Lab Tech (Tóquio), sublinha que “produzimos muitos programas de televisão todos os dias e a edição integrada de Pablo Rio, seu acabamento e correção de cor nos oferece um conjunto de ferramentas que nos libera de uma enorme quantidade de tempo. Cremos que Quantel desenvolveu uma tecnologia de pós-produção única e muito avançada na qual confiamos e utilizamos ao máximo”.

No Tokyo Laboratoy, uma companhia especializada em escaneamento e intermediação digital, seu diretor geral, Katsuji Nishino, afirma que “fomos a primeira companhia no Japão que adotou Pablo Rio. Temos elegido Pablo Rio 4K HFR para fazer frente à demanda cada vez maior de 4K. Sua administração de arquivos é rápida e fácil, e além disso, conta com todas as ferramentas criativas que necessitamos”.

Sei Takahashi, diretor de Vendas em Tokio Som, também destaca as características dos sistemas da Quantel, admitindo que “Pablo Rio 4K para o trabalho de pós-produção de cinema devido a sua edição integrada, correção de cor e conjunto de ferramentas de acabamento”.

Por último, Martin Mulligan, diretor de vendas de Quantel, resumiu que “Japão está avançando rapidamente em 4K, com as primeiras emissões regulares 4K do mundo já acontecendo e uma crescente demanda de 4K em pós-produção de filmes e programas de televisão. Contudo, a manipulação de material 60p 4K em tempo real segue sendo um desafio para muitos sistemas… mas não para Pablo Rio, porque foi o sistema eleito no Japão e no resto do mundo para a pós-produção 4K HFR.”

www.panoramaaudiovisual.com.br

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s