Arquivo | janeiro, 2015

Coca-Cola mira nos trolls da internet em campanha para o Super Bowl

31 jan

Em 2014, a Coca-Cola se arriscou no intervalo do Super Bowl com um It’s Beautiful, um comercial muito bacana que se propôs a mostrar a pluralidade da nação norte-americana em sua mais bela forma. Para quem não se lembra, o que se seguiu de imediato foi uma enxurrada de comentários, alguns positivos, outros negativos – e, neste caso, algumas das reações mais xenófobas que se pode imaginar – e aqui entra a dica para a incrível análise de Ivan Mizanzuk sobre o assunto.

Screen Shot 2015-01-27 at 18.38.54

Este ano, a marca dá pistas de estar mirando diretamente nos trolls da internet, com teasers que prometem que a rede poderá não ser mais a mesma após a exibição de seu comercial no intervalo da grande final da NFL, no próximo dia 1º de fevereiro.

Sob a hashtag #MakeItHappy, a Coca-Cola contará com a ajuda de algumas celebridades da internet – como o Garoto Presidente (Kid President) para combater o ódio.

É claro que, no final das contas, haters gonna hate. Mas estamos curiosos para ver o que vem por aí.



Fonte: Brainstorm9

Anúncios

Merlin Road Show » Congresso Gratuito de Foto e Vídeo em Natal/RN

30 jan
Venha conferir os últimos lançamentos em equipamentos e acessórios para foto e vídeo produção, dia 17 de Março das 09:00 às 18:00 no Pestana Natal Resort.
Além da exposição de produtos teremos palestras e oficinas gratuitas durante o dia todo.
Para participar é fácil, acesse www.merlinroadshow.com.br e inscreva-se!

Captura de Tela 2014-10-17 às 17.44.00

Banda faz os próprios clipes com cenas de filmes famosos

30 jan

Todo mundo que tem uma banda sonha em fazer um clipe legal para suas músicas, não é?

Screen Shot 2015-01-17 at 12.19.22

O problema é que toda a produção pode sair muito mais cara do que uma banda ainda desconhecida pode pagar. Pois os californianos da DUM contornaram essa limitação inserindo seus rostos nos personagens de filmes como A História Sem Fim e Star Wars para criar clipes engraçados que se encaixam perfeitamente nos temas das canções.

O mais recente deles usa cenas de Esqueceram de Mim para a música Get Back. O resultado é um tanto tosco, mas não dá pra negar que o uso criativo de efeitos de edição e o funkeado da canção deixa tudo muito divertido. Aposto que você vai ver esse e os outros clipes um monte de vezes!

 

Texto: Flavio Serpa

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 9.48.04 AM

NBA mergulha em sua história para mostrar como mantém vivo o sonho de Martin Luther King Jr.

29 jan

Nos Estados Unidos, a terceira segunda-feira do mês de janeiro é um dia dedicado a Martin Luther King Jr., um pastor defensor dos direitos civis dos negros. MLK foi assassinado em Memphis, no dia 4 de abril de 1968, afinal, pregar a não-violência e o amor ao próximo pode ser algo bastante perigoso.

jordan

Fato é que seu nome e sua luta não foram esquecidos e ainda são celebrados até hoje.

É aí que chegamos ao emocionante filme da NBA, criado pela agênciaTranslation. Ao som de um trecho do discurso I Have a Dream, de MLK, mergulhamos na história da liga de basquete norte-americana para vermos sua participação na quebra de barreiras raciais. Isso inclui a participação deChuck Cooper, o primeiro jogador negro do campeonato, em 1950, e segue até a indignação que tomou conta dos fãs no ano passado com as declarações racistas de Donald Sterling, então proprietário do Los Angeles Clippers.

nba

O filme é bem legal, principalmente para quem curte basquete e provavelmente vai se lembrar de alguns momentos bem marcantes ali retratados. Mas vale também uma reflexão a partir do discurso de Martin Luther King Jr. (o link acima direciona para uma versão em português do texto), que continua mais atual do que nunca, seja em torno de questões étnicas ou religiosas.

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 9.48.04 AM

I Congresso Nacional de Audiovisual Online | CONAAV

29 jan

Está chegando o maior congresso de audiovisual online do Brasil. O I Conaav – 2015, que contará com vários especialistas renomados e atuantes das mais diversas áreas.

Captura de Tela 2015-01-22 às 22.07.28

No mundo tridimensional,  Quem nunca ficou extasiado com as animações da Pixar, Dreamworks, Bluesky dentre outros grandes estúdios. No Congresso você aprenderá todos os passos para criar personagens 3d carismáticos que saltam aos olhos.

Na pós-produção teremos palestras fantásticas, será mostrado o breakdown de filmes publicitários, que alguns de nossos palestrantes participaram na finalização, que certamente você já deve ter visto, como por exemplo vinhetas para o BBB, Globo Esporte, Vivo, Dentre Outros.

No cinema teremos palestras sobre as etapas de produções de vídeos no gênero documentários. Roteiro, luz, enquadramento, captação de áudio, enfim tudo que você precisa saber para criar um filme documental de qualidade.

Na área de VideoMaker, aprenderá como utilizar as câmeras que simplesmente revolucionaram as produções de baixos orçamentos, estamos falando das hdslr, essas belezinhas além de apresentarem valores acessíveis, entregam imagens sem comparação. Você Saber o que é, ISO, obturador, diafragma, não, então não se preocupe iremos te ensinar.

Isso é apenas um pequeno overview do que teremos. No nosso site você poderá conferir mais acerca do Congresso. Então se você é apaixonado por produção e pós produção, não pode perder. Serão 07 dias incríveis. Você se tornará um especialista.

O Congresso acontecerá do dia 16 à 22 de Março, as palestras serão transmitidas Online, ao vivo e de forma gratuita. Porém as vagas são limitadas.

Faça sua inscrição para garantir sua vaga.

Texto: Magno Veloso Ceo I Conaav

phpPNE9X3

Tutorial After Effects: Rigging de Personagens 2D com Jardeson Rocha

28 jan
Texto: Adriano Dorow Darosi
Captura de Tela 2015-01-19 às 1.04.11 PM
Hoje iremos apresentar uma série de videoaulas preparadas por Jardeson Rocha, um motion designer de Fortaleza. O Jardeson vai falar sobre o seu processo de animação de personagens 2D.

Nestes tutoriais você vai ter dicas de como criar personagens no Illustrator, como preparar seu personagem 2D (Rigging) e como criar os controles com o script Duik. Confiram ai o processo de animação de um personagem com este script.

Fala galera, se precisarem de um template de After Effects entre no link ai embaixo. Você será redirecionado para a página do Videohive, um dos sites da Envato. Saiba mais no artigo do AEdicas sobre o assunto: Templates do After Effects no Videohive.

O que é preciso para fazer?

 

Como animar um personagem usando o Duik

Para melhorar a experiência com o tutorial, o Jardeson dividiu a videoaula em 03 partes, assim se você já souber como funciona uma das partes do processo, pode avançar diretamente para a próxima. As 03 partes são:

  • Parte 01: Dicas de como criar personagens para animação no Illustrator.
  • Parte 02: Como preparar seu personagem 2D para criar os controles de animação – Rigging
  • Parte 03: Como criar os controles para animar esse personagem com Duik

Confiram as videoaulas:

Captura de Tela 2014-10-30 às 13.46.52

SpCine é inaugurada em São Paulo

28 jan

Nesta quarta-feira, 28, a Prefeitura de São Paulo e o Governo do Estado de São Paulo inauguram a Spcine a partir das 18h30 na Praça das Artes (Avenida São João, 281). Para participar, é preciso mandar um email rsvp.spcine@gmail.com, mas os lugares estão sujeitos à lotação.

-spcine-e-inaugurada-em-sao-paulo-27-1-2015-12-1-38-144

Empresa de cinema e audiovisual de São Paulo, a Spcine atua como um escritório de desenvolvimento, financiamento e implementação de programas e políticas para os setores de cinema, TV, games e web. Segundo a Spcine, o objetivo é reconhecer e estimular o potencial econômico e criativo do audiovisual paulista e seu impacto em âmbito cultural e social.

A empresa é uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo, pela da Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e o Ministério da Cultura, por meio da ANCINE (Agência Nacional do Cinema).

Fonte: Panorama Audiovisual

Tutorial After Effects – Aprenda a usar vetores como partículas

27 jan
Texto: Adriano Dorow Darosi
Captura de Tela 2015-01-19 às 1.14.22 PM
Mais um tutorial em português e desta vez o assunto são partículas. Vamos utilizar o plug-in Trapcode Particular 2.0 para produzir uma intro no Adobe After Effects.

Para fazer esta vinheta, veremos 2 formas de utilizar as partículas. Na primeira e mais importante delas, aprenderemos a usar vetores como partículas, que no nosso caso são as árvores desenhadas no Illustrator. Para completar o tutorial, veremos como simular neve usando o Particular 2.0. Quer aprender tudo isso e muito mais? Então entre aí e assista a nossa videoaula.

Resultado final do projeto AEdicas – Vetores e Partículas

O que é preciso para fazer?

  • Adobe After Effects (Tutorial foi feito no CS5.5)
  • Adobe Illustrator (Para desenhar as partículas)
  • Plug-in Trapcode Particular 2.0
  • Optical Flares (Opcional)

 

Download do projeto AEdicas – Vetores e Partículas (After Effects CS5.5)

Caso sinta dificuldades ou queira apenas estudar o projeto, aqui estão os arquivos para download.

Projeto AEdicas: Vetores e Partículas

Acompanhe o passo-a-passo do projeto

Muito bem, aqui está o passo-a-passo. O tutorial está dividido em 2 partes, uma no Illustrator e outra no After Effects. Na primeira parte, desenharemos os 3 tipos de árvores diferentes e, na segunda parte, aprenderemos a usar estes vetores dentro do Particular 2.0, gerando partículas. Com estas partículas, criaremos uma floresta no After Effects, onde também vamos inserir um texto no ambiente 3D e animar esta cena com uma câmera. Se preferir, pule para a parte do After Effects que começar em 5: 45 do vídeo. Assista agora ao tutorial.

Captura de Tela 2014-10-30 às 13.46.52

Pro Tools 12 reforça colaboração | AVID

27 jan

Avid apresentou Pro Tools 12, a próxima geração de software de áudio digital padrão da indústria. Com novas opções de licenças flexíveis, Pro Tools 12 cumpre com o compromisso de Avid de dar opções a seus clientes, elemento chave de Avid EveryWhere. A companhia também anunciou outras inovações para suportar a colaboração entre os artistas e a distribuição de conteúdos com o serviço Avid Cloud Collaboration, assim como novos serviços no Avid Marketplace.

Screen Shot 2015-01-27 at 17.57.07

Pro Tools 12 oferece novas opções de licenças flexíveis que permitem aos clientes increver-se por tarifas a partir dos US$ 29,99 ao mês, assim como a opção de comprar a aplicação. Com estas novas opções, os usuários podem manter-se atualizados como futuras inovações e atualizações de software, justo quando estas estejam disponíveis na nuvem, sem nenhum encargo adicional. Agora, estas licenças flexíveis permitem aos artistas acessar as mesmas ferramentas que usam os profissionais de maior renome da indústria, a um preço acessível.

Screen Shot 2015-01-27 at 17.56.50

Colaboração na nuvem

O serviço de Avid Cloud Collaboration – acessíve incialmente para os usuários de Pro Tools para que depois outros usuários de Pro Tools para que depois outros usuários convidados entrem – é um conjunto de funções inovadoras de colaboração que permite aos artistas compor, gravar, editar e mixar sessões trabalhando com outros usuários de Pro Tools na nuvem, tal como se estivessem todos em reunião no mesmo estúdio. Eles simplesmente convidam outros artistas a colaborar em uma sessão usando um serviço de chat integrado ou encontram novos colaboradores por meio da nova Comunidade de artistas de Avid Marketplace.

Screen Shot 2015-01-27 at 17.54.57

Se a pessoa com a que querem trabalhar não conta com Pro Tools, ela pode baixar Pro Tools | First para começar a trabalhar juntos imediatamente.

Avid_Technology_Inc._-_Logo

Fonte: Panorama Audiovisual

Vídeo reverso de malabares com fogo é um espetáculo de pirotecnia

27 jan

Técnica de edição transforma malabarismo em mágica.

Screen Shot 2015-01-17 at 12.23.15

Palha de aço, fogo e uma malabarista em uma clareira na floresta. Esses elementos já seriam suficientes para fazer um belo vídeo, mas quando tudo isso é mostrado em câmera lenta reversa o resultado é simplesmente impressionante! O que vemos é quase mágica, como se a mulher estivesse atraindo as chamas com seus malabares.

(E não se preocupem: segundo o diretor Richie Johnston, todas as precauções foram tomadas para não causar nenhum incêndio.)

Texto: Flavio Serpa

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 9.48.04 AM

HISTÓRIAS QUE MUDAM O MUNDO | Pond5

26 jan

O Pond5, líder mundial no mercado de mídias criativas e vídeos royalty free, anunciou o lançamento mundial do Projeto Pond5 Domínio Público, a primeira biblioteca de conteúdo em domínio público gratuita feita especialmente para profissionais do audiovisual.

Captura de Tela 2015-01-26 às 11.57.50 AM

A coleção inicial reúne 10 mil clipes de vídeo, 65 mil fotos e centenas de gravações em áudio e imagens em 3D.

Captura de Tela 2015-01-26 às 11.59.08 AM

Confira o vídeo em parceria com o Gustavo Horn sobre o Projeto Pond5 Domínio Público:

pond5-logo

Estúdios SOAK mergulham na AMIRA ARRI

26 jan

Estúdios SOAK é uma produtora localizada em Toronto que cria conteúdo desde séries para internet à comerciais, filmes, entre outros. Recentemente a empresa adquiriu a câmera de estilo documentário ARRI AMIRA para oferecer aos seus clientes um visual mais cinematográfico. Matt Marek e Jamie Tiernay imediatamente colocaram a câmera em teste de latitude, qualidade de imagem e workflow.

Screen Shot 2015-01-17 at 12.02.53

 

Assista ao vídeo abaixo do teste deles e leia as primeiras impressões sobre a filmagem, desde a produção à pós-produção.

Estúdios SOAK – teste da AMIRA (sem correção de cor)

Escolher uma câmera é uma tarefa quase impossível, podemos dizer que batemos a cabeça durante meses antes de puxarmos o gatilho. Olhamos todas as marcas e modelos disponíveis e mesmo quando fizemos o depósito para a compra da AMIRA, tínhamos dúvidas. Mas depois de usarmos duas vezes, nossas mentes clarearam: esta é a melhor câmera que já usamos.

Estúdios SOAK – teste da AMIRA (com correção de cor e preto e branco)

No SOAK e Ron Piano Productions precisávamos de uma câmera na casa que nos desse imagens com qualidade de cinema, mas que também nos permitisse ser usada em qualquer tipo de produção, “corre e grava”. Para nós, a AMIRA é a mistura perfeita. Não achávamos que seria a câmera principal para vídeo clips, curta-metragens e mesmo filmes de baixo orçamento. Nosso primeiro teste com a AMIRA tinha somente eu, Matt Marek e a nossa linda atriz Sara Soligo. Não havia tripé, equipe ou luz, apenas a câmera, uma lente Fujinon Cabrio e nossa modelo. Dentro de duas horas filmamos o teste de câmera, que abriu nossa mente para a qualidade de imagem e foi incrivelmente fácil de filmar e pudemos editar em praticamente qualquer sistema.

Simplesmente não há nada no mercado que chegue perto. Sabemos que isso soa como uma propaganda, mas não temos qualquer relação com a AMIRA (ARRI), além de amarmos esta câmera. Desde o projeto do corpo à qualidade de imagem, esta câmera elevou nossas filmagens para outro patamar. Nós literalmente podemos levar uma câmera com qualidade de cinema numa única bolsa, tirá-la e estar filmando em segundos. É muito fácil de filmar com ela, ND’s internos e chaves de mudança rápida de controle, que nos faz repensar no que é possível fazer em filmes ou em comerciais. Com um simples botão, podemos mudar de 24fps para 200fps e as mudanças dos ND’s da mesma maneira. Tudo, desde os controles rápidos até a simplicidade do menu, são próximos da perfeição.

Nós não apenas editamos em um MacBook Pro de 15”, mas usamos o FCPX e o Adobe Premiere apenas para ver como eles trabalhariam juntos. Sem exagero, câmera lenta reproduz movimentos lentos, cenas estão prontas para cortar, sem travar; aplicar LUTs e correção de cor foi fácil e é algo milagroso quando você vê o que pode ser feito com a imagem.

Para a maior parte, a AMIRA põe toda a tecnologia para fora do caminho.

Trabalhamos tanto em entretenimento como em comerciais, portanto, ter uma câmera na casa nos permite trabalhar de cima para baixo eliminando problemas da produção. Recentemente finalizamos um filme para a Universidade Carleton em Ottawa (capital do Canada), a AMIRA nos permitiu rodar com uma equipe reduzida enquanto parecia um filme de uma grande equipe. Por outro lado, estaremos filmando um longa-metragem muito em breve e não temos dúvidas que ela lidará com facilidade.

Portanto, enquanto a ARRI chama a câmera de estilo documentário, estamos vendo fazer muito mais e não posso esperar em usá-la em cada oportunidade que aparecer.

Captura de Tela 2014-10-20 às 14.56.59

Tutorial After Effects – Animação com Offset Time Displacement

25 jan
Texto: Adriano Dorow Darosi
Captura de Tela 2015-01-19 às 1.23.25 PM
Em mais um tutorial de Adobe After Effects, aprenderemos como criar uma animação com o efeito Offset Time Displacement. É bem fácil de fazer e não vai demorar muito pra você aprender.

O legal é que não é preciso ter plugins adicionais. A técnica se baseia no plugin nativo do After Effects o Time Displacement, poucas coisas pra ajustar mas muita coisa legal pra fazer com ele. Não se assuste, apesar do nome em inglês, esta videoaula é em português. Não perca este tutorial.

Veja o resultado final do projeto Offset Time Displacement

O que é preciso para fazer?

  • Adobe After Effects.
  • Cerca de 25 minutos disponíveis.

 

Download do projeto Offset Time Displacement (After Effects CS5.5)

Caso sinta dificuldades ou queira apenas estudar o projeto, aqui estão os arquivos para download.

Projeto Offset Time Displacement

 

Acompanhe o passo-a-passo do projeto

Assista ao tutorial. Nele você aprenderá como utilizar o efeito Time Displacement do After Effects. Depois de fazer este tutorial, faça seus próprios experimentos e crie outros tipos de transições com o efeito. Divirta-se e aprenda com mais este tutorial aqui do AEdicas.

Captura de Tela 2014-10-30 às 13.46.52

JVC apresenta novidades para captar em 4K

25 jan

Durante a CES 2015, a JVC mostrou suas câmeras profissionais 4K GY-LS300 y GY-HM200. Dave Walton, vice-presidente de Marketing e Comunicação da JVC, destacou que “com seu exclusivo sensor de imagem Super 35, a nova câmera 4K GY-LS300 marca a entrada oficial da JVC no exigente mercado das câmeras para aplicações cinematográficas com sensores de imagem de grande tamanho. Além disso, temos apresentado também a GY-HM200, que é o nosso sistema mais acessível para produção e difusão de conteúdos em streaming incorporando múltiplas funcionalidades profissionais para seu uso com ENG”.

Screen Shot 2015-01-17 at 11.55.49

A GY-LS 300 incorpora múltiplas possibilidades para decidir o formato de gravação de 4K, Ultra HD, Full HD com 4:2:2 e SD, até formatos amigáveis para web, utilizando os universais cartões de memória SDHC e SDXC. O bloco óptico integra o novo sensor CMOS Super 35 4K da JVC, adaptado a lentes de montagem MFT (Micro Four Thirds). A também exclusiva tecnologia de Mapping da JVC com exploração variável mantém o ângulo de visão nativo mesmo que se mudem as lentes, incluindo as clássicas Super 35, ou as próprias MFT, assim como as Super16.

GY-HM200

Por outro lado, e com um potente conjunto de funções profissionais, a câmara GY-HM200 é um exemplo de versatilidade. Captura imagens 4K Ultra HD, ou Full HD 4:2:2 (50 Mbps), e também em SD com um sensor CMOS BSI de 1/2,3”. Seu zoom integrado de 12x com estabilizador óptico de imagem conta com uma margem de zoom dinâmico 24x em modo HD.

Tanto a GY-HM200 com a GY-LS300 incluem um gerador de streaming HD com conectividade Wi-Fi e LTE/4 para transmissões ao vivo de material HD sobre decodificadores de hardware como Ustream, Wowza Streaming Engine ou o próprio servidor ProHD Broadcaster desenvolvido por Zixi em colaboração com JVC. As câmeras suportam vários protocolos de streaming, incluindo RTMP.

 

 

Screen Shot 2014-10-04 at 09.46.57

Fonte: Panorama Audiovisual

Descubra como Marcus Tenchella usou DaVinci Resolve para alcançar o sucesso | Blackmagic Design

23 jan

Screen Shot 2015-01-23 at 17.44.35Marcus Tenchella é um jovem colorista com costeletas à moda antiga. Graduado em Comunicação pela universidade brasileira UNESP, foi um projeto para a universidade que cativou um dos mais famosos coloristas do Brasil. Vejo isso desta forma: minha carreira me escolheu, reflete Marcus, hoje um colorista sênior da Casablanca, uma das principais instalações criativas do Brasil. “Um amigo da faculdade me convidou para trabalhar em seu projeto de filme para a escola. Naquela época, ele trabalhava nos Estúdios Mega e sabia muito sobre o processo de cores. Me envolvi profundamente com o projeto desde o início e sabia que essa era a direção que precisava seguir”.

Pouco depois, em 2006, este mesmo amigo atraiu Marcus para o departamento de telecine como assistente de colorista, trabalhando no sistema de cores 2K e Renaissance do DaVinci original. 

A reputação de Marcus como uma estrela em ascensão lhe valeu notoriedade no mercado de pós-produção do Brasil e logo as estrelas da Casablanca o atrairiam para uma das vagas de assistente na equipe de coloristas. Ele comenta, Estava muito focado e determinado, trabalhando, às vezes, 18 horas por dia. Ao final daquele ano, Marcus foi promovido a colorista júnior. 

Screen Shot 2015-01-23 at 18.14.14

A Casablanca presta serviços de produção e pós-produção de filmes, programas de TV e comerciais para emissoras, cineastas e agências nacionais. “Fazemos muito trabalho de produção e pós-produção para grupos como a Fox e a HBO, que preferem trabalhar com produtoras brasileiras, como a Casablanca, para produzir seriados, bem como emissoras gigantescas como a TV Globo, que atualmente conta com a Casablanca para a produção de um de seus novos programas infantis”.

Embora a maior parte do trabalho da Casablanca com cores ser feito em uma de suas três salas de cores totalmente equipadas com Blackmagic DaVinci Resolve, a primeira experiência de Marcus com a versão digital intermediária do Blackmagic DaVinci Resolve foi no set. “Normalmente trabalhamos após um projeto concluir as gravações, no entanto, tivemos um projeto de filme,‘Crô’,onde fizemos sua correção de cores no set. Foi a primeira vez que usei a versão digital do sistema Resolve e, graças a sua abordagem lógica, funcionou muito, muito bem, Marcus foi convencido. 

Além de corrigir o filme no Resolve, Marcus aprendeu como fazer algumas edições rápidas, podendo montar sequências corrigidas e revisá-las com o diretor, melhorando a colaboração entre o diretor de fotografia, a pós-produção e o diretor do filme. “O Resolve foi incrível. Pude facilmente exportar e enviar fotos por e-mail para o diretor de fotografia, para que ele revisasse quando tivesse tempo. Sem a necessidade dele vir até o sistema ou esperar pela minha disponibilidade. O diretor de fotografia podia nos dizer imediatamente o que gostou e o que não. Era rápido e ajudou muito a evoluir o visual do filme”.

Screen Shot 2015-01-23 at 18.14.25

A correção de cor mais apurada no set também ajudou a criar um pacote para patrocinadores, o que ajudaria a vender o filme. No Brasil, você precisa de patrocínio para fazer seu filme. É lei. No caso de‘Crô’,corrigir as cores das filmagens dramaticamente melhorou o seu apelo aos potenciais patrocinadores e ajudou a ser patrocinado muito rapidamente. A facilidade de uso e a velocidade com que pude corrigir o projeto realmente me convenceu sobre o Resolve. Adoro usar este sistema de cores.

Marcus também gosta do contínuo desenvolvimento e evolução do Resolve e sua ampla adoção pela indústria. “Comecei a trabalhar com o Resolve na versão 9, depois atualizei para a 10 e agora estou trabalhando com a versão 11”, comenta Marcus. O bom é que o software evolui continuamente e que todos podem ter o Resolve em seu desktop. Por isso ele incentiva muitas pessoas a usarem o sistema. Às vezes, simplesmente envio o projeto para que outra pessoa possa revincular facilmente os arquivos. Isso facilita muito ao trabalhar remotamente ou colaborar com outra organização, porque o Resolve foi projetado para incentivar as pessoas a trabalharem com um workflow aberto.

Marcus cita os numerosos formatos de arquivo suportados e a interface intuitiva do Resolve, permitindo que os usuários carreguem projetos e interajam com ele facilmente, mesmo sendo iniciante com o aplicativo. “Mesmo que você não domine o programa, pode olhar para a interface e, com o mínimo de conhecimento, estar pronto para trabalhar”.

BMD_logo

Continue lendo

Festival de Verão de Salvador | Avid VENUE S3L-X

23 jan

Com presença garantida nos palcos e no backstage do Festival de Verão de Salvador, a Quanta Live abre as portas do “Espaço dos Técnicos” com test drive do sistema VENUE S3L-X.

Contando com mais de 10 sistemas VENUE da Avid nos palcos do Festival e um lounge no backstage para confraternização e teste do sistema VENUE S3L-X, as empresas começam 2015 a todo vapor.

Screen Shot 2015-01-23 at 16.12.50

Durante a 17a edição do Festival de Verão de Salvador, que acontece nos dias 22, 23 e 24 de janeiro, os palcos vão contar com sistemas para mixagem de som ao vivo VENUE da Avid e os técnicos das bandas e artistas, poderão testar o mais recente lançamento da empresa, o sistema VENUE S3L-X, no já conhecido “Espaço dos Técnicos”, criado pela Quanta Live.

Screen Shot 2015-01-23 at 16.13.02

Durante os três dias de Festival, os técnicos de som terão um espaço reservado para reencontrar amigos de estrada, estar em contato direto com a equipe da Avid e da Quanta Live e ainda tirar dúvidas e conhecer de perto as funcionalidades do sistema VENUE S3L-X.

Screen Shot 2015-01-23 at 16.13.24

Para acompanhar informações sobre a Avid e Quanta Live no Festival de Verão de Salvador  acesse https://www.facebook.com/QuantaLive

Screen Shot 2015-01-23 at 16.13.34

Sobre a Quanta Live

Focada em atender as necessidades dos clientes que atuam nos mercados de som ao vivo e de som instalado, a QUANTA LIVE oferece soluções adequadas e sob medida, com produtos e serviços de marcas de prestígio nacional e internacional pela tradição de qualidade e garantia. Seu som, nossa solução.

QUANTA LIVE – Uma unidade Quanta Brasil.

Sobre a Avid

Através da visão Avid Everywhere, a Avid oferece a plataforma de mídia mais aberta, abrangente e inovadora da indústria que une a criação de conteúdo à colaboração, proteção de recursos, distribuição e consumo das mídias mais ouvidas, mais assistidas e mais cultuadas do mundo – dos mais prestigiosos e premiados filmes e gravações musicais, à programas televisivos, shows de música ao vivo e noticiários. As soluções líderes da indústria são Pro Tools®, Media Composer®, ISIS®, Interplay® e Sibelius®.

Avid_Technology_Inc._-_Logo

Tutorial After Effects – Fire Intro – Mattes, Fractal Noise & Displacement

22 jan
Texto: Adriano Dorow Darosi
Captura de Tela 2015-01-19 às 1.08.18 PM
Fazer testes no After Effects é um dos meus passatempos preferidos. Foi em um destes momentos que criei o projeto deste tutorial e resolvi compartilhá-lo. O projeto usa apenas efeitos e coisas do After Effects, como por exemplo, Fractal Noise, Turbulent Displacement, Mattes e Blending Modes.

O projeto é complexo em termos organização, pode ficar um pouco confuso para muitos, mas é bem legal pra perceber como mesclar efeitos para descobrir novas possibilidades. Confira aí mais este tutorial do AEdicas.

Resultado final do projeto AEdicas – Fire Intro

O que é preciso para fazer?

  • Adobe After Effects (Tutorial foi feito no CS5.5).
  • 40 minutos do seu precioso tempo.

 

Download do projeto AEdicas – Fire Intro (After Effects CS5.5)

Caso sinta dificuldades ou queira apenas estudar o projeto, aqui estão os arquivos para download. Você será redirecionado para o site Gumroad, não se assuste.

Download do Projeto – Fire Intro

 

Acompanhe o passo-a-passo do projeto

Neste tutorial aconselho prestar bastante atenção e parar o vídeo sempre que necessário. Teremos várias layers sendo usadas e reutilizadas de formas diferentes, dificultando um pouco o entendimento da ordem das coisas. Sei que não será problemas para vocês! Vamos ao tutorial.

Captura de Tela 2014-10-30 às 13.46.52

FOX Play será exibido pela SKY

22 jan

O serviço de vídeo sob demanda FOX Play estará disponível na SKY a partir de 19 de janeiro. Com isso, a FOX International Channels (FIC) Brasil estima dobrar o número de assinantes.

Screen Shot 2015-01-17 at 11.51.16

As séries e programas dos canais FOX, FX, Nat Geo, FOX Life, FOX Sports e FOX Sports 2 estão disponíveis no FOX Play que possui dois modelos de consumo: o gratuito, que oferece clipes, making-of e episódios de séries selecionados e completos; e o autenticado, com a biblioteca completa disponível para os usuários da TV paga.

Lançada há seis meses, a plataforma traz conteúdo nos segmentos de séries, filmes, esportes, documentários, estilo de vida e especiais, e pode ser acessada pelo computador, tablet e smartphone.

Além dos modelos de consumo tradicionais, os fãs dos eventos esportivos do FOX Sports têm um grande espaço no FOX Play que traz transmissões ao vivo de jogos de futebol, lutas e programas exclusivos. O FOX Play também está disponível para os assinantes das operadoras Claro hdtv, GVT e Vivo.

 

 

Screen Shot 2014-10-04 at 09.46.57

Fonte: Panorama Audiovisual

Pond5 lança o Projeto Domínio Público com 75 mil arquivos para uso gratuito

21 jan

O Pond5, líder mundial no mercado de mídias criativas e vídeos royalty free, anunciou hoje o lançamento mundial do Projeto Pond5 Domínio Público, a primeira biblioteca de conteúdo em domínio público gratuita feita especialmente para profissionais do audiovisual. A coleção inicial reúne 10 mil clipes de vídeo, 65 mil fotos e centenas de gravações em áudio e imagens em 3D.

pond5-logo

“Por muitos anos, todo esse conteúdo incrível de domínio público esteve trancado e inacessível para o produtor médio de conteúdo”, disse o co­fundador e CEO do Pond5, Tom Bennett. “Eles merecem mais. Nosso projeto de Domínio Público dá poder aos criadores de conteúdo para utilizar este incrível e rico arquivo que é, por direito, deles também.” A coleção conta com 5 mil clipes inéditos, digitalizados diretamente da Biblioteca Nacional de Washington D.C. Outros destaques da coleção são as imagens do filme “Le Voyage dans la Lune” de George Meliés de 1902, Jogos Olímpicos de Helsinki de 1952, Guerras Mundiais, lançamento de foguetes da Nasa, de estações espaciais, discursos de personagens históricos como Winston Churchill e John Kennedy, performances completas de obras de compositores como Beethoven ou Chopin.

tela_01

Desenvolvida especialmente para os criadores de mídia, os metadados padronizados e aprimorados da biblioteca permitem que os usuários procurem conteúdo com facilidade, por qualidades estéticas e técnicas. Além disso, as sequências foram divididas em clipes
individuais, economizando incontáveis horas de trabalho dos editores de vídeo e pesquisadores. Tudo o conteúdo esta disponível para download imediato, para o compartilhamento em redes sociais e na web.

Sobre o Pond5
Com sede em New York, e escritórios em Genebra na Suíça e Praga na República Tcheca, o Pond5 recebeu recentemente um investimento de US$ 61 milhões da Accel Partners e Stripes Group. E emprega aproximadamente 80 pessoas em todo mundo.

Pond5 é um espaço para artistas e criadores de mídia comercializarem seu conteúdo, oferecendo o maior acervo de vídeo royalty free do mercado, além de mais de 19 milhões de mídias criativas como: fotos, ilustrações, músicas, efeitos sonoros, after effects e 3D.

Criado em 2006, o site Pond5 funciona como um mercado aberto de mídia criativa, com mais de 35 mil artistas em sua rede mundial, a página surge em língua portuguesa com o objetivo de auxiliar a comunidade audiovisual brasileira na comercialização de conteúdo licenciado, tanto para quem procura mídias para suas produções, quanto para quem precisa de um espaço para vender o seu material.
“A versão em português é um passo fundamental para o Pond5”, diz o CEO e cofundador, Tom Bennett. “Há muita procura por conteúdo brasileiro no mercado internacional, pois a criatividade dos produtores nacionais é bastante reconhecida lá fora”, completa.

tela_02

Com um modelo comercial único, que valoriza e apóia o artista, e o deixa livre para estipular o preço de venda de seu trabalho. O site Pond5 é o único no mundo que paga a metade do valor em cada venda, a melhor taxa aplicada no mercado. O resultado, diz Bennett, é o crescimento rápido da coleção, com conteúdos que possuem os preços mais acessíveis do mercado. “Nos últimos 12 meses, o acervo de vídeos, por exemplo, duplicou, alcançando a marca de 3 milhões de clipes de vídeo. Mantemos a qualidade das produções com uma equipe de curadores que visualiza e aprova as novas mídias inseridas na página.” Todo o conteúdo é licenciado com uma licença simples e livre de royalties que proporciona aos clientes o direito de uso mundial, para sempre, em todos os tipos de mídia.

Quanta DGT/AAM distribui 581 kits de digitalização no País

20 jan

Mais 581 kits de digitalização estão sendo distribuídos pelo país, beneficiando de grandes redes a exibidores de médio e pequeno porte. Os kits são compostos por projetor, lente, lâmpada, pedestal, servidor e processador de áudio. A informação é da Quanta DGT/AAM, principal integradora para a digitalização de salas de cinema no Brasil, que começa 2015 com boas notícias para os exibidores. A distruição acontece após a liberação da primeira parcela do financiamento do BNDES e a resolução dos últimos entraves burocráticos.

foto-Refrescante-2014-10-28-713669_1

De acordo com Suzana Lobo, diretora de Operações da Quanta DGT, a distribuição inicia no dia 19, será realizadas por região e deve durar um mês. “Estamos ampliando as equipes para trabalhar nessa logística. Nosso pessoal no Rio de Janeiro recebeu reforço de São Paulo e montamos três times, que estão atuando em tempo integral desde a semana passada. Estamos trabalhando também com três transportadoras.”

Rumo a digitalização integral

Essa remessa entrega os kits que faltavam para finalizar a digitalização das salas. Esse é o caso da GNC Cinemas, que receberá os cinco restantes. “Com isso, imaginamos que em fevereiro estaremos 100% digitalizados. Os benefícios estão sendo muitos em termos de programação, questão de legendado ou não, há maior flexibilidade. E a qualidade da projeção aparece como se fosse a primeira de um filme em 35 mm, mesmo na 50ª vez da digital. Sem dúvida melhora muito com relação ao que podemos entregar aos clientes em termos de imagem e som”, afirma  Ricardo Difini Leite, sócio da rede, que atua em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

A Rede Cinesercla tem 90% de suas salas digitalizadas em oito estados. As últimas começarão o processo agora, com a chegada de kits que vão para Aracajú e Fortaleza. “A digitalização completa das salas é um projeto para o qual os diversos setores da empresa têm se preparado ao longo do último ano. Melhorar a qualidade das imagens exibidas e transformar o som analógico em digital 7.1 é uma meta idealizada pela diretoria da rede”, explica o diretor do grupo Luciano Bonato. “A digitalização, além de trazer um upgrade de qualidade nas nossas exibições, também facilitará o acesso dos nossos clientes aos lançamentos existentes no mercado, aumentando a possibilidade de filmes que possuem distribuição restrita entrarem em cartaz nos cinemas do Brasil”, completa.

A Cinematográfica Araújo, uma das maiores redes de cinema do país, receberá kits para digitalizar suas 55 salas ainda não modernizadas. “A digitalização, a nosso ver, inaugura uma nova fase no ramo da exibição, que é a democratização do conteúdo para os cinemas, onde todos, pequenos médios e grandes, terão a mesma oportunidade. Isso vai proporcionar um crescimento significativo dos expectadores e, consequentemente, do público a nível Brasil, com aumento muito grande na qualidade de exibição e na diversidade de conteúdo. Sem dúvida iremos viver um novo momento, que possibilitará a todos maiores receitas, o que é muito saudável”, conclui Marcos Araújo.

Suzana Lobo diz que todos os equipamentos, além do benefício fiscal do Recine, tiveram também exoneração de ICMS via Estado do Rio de Janeiro.

Screen Shot 2014-10-04 at 09.46.57

Fonte: Panorama Audiovisual

Merlin Cursos | Adobe Premiere

19 jan

Este curso tem como objetivo a formação de editores de vídeo, onde o aluno aprenderá o conceito de edição linear e não linear e como utilizar os recursos disponíveis para edição profissional de vídeo. O curso abrange desde o processo de captura, passando por técnicas de edição, efeitos, transições, e exportação de vídeo. Você vai conhecer todos os recursos que o Adobe Premiere Pro tem a oferecer, todas as questões técnicas na prática. Inscreva-se

Captura de Tela 2015-01-13 às 10.25.10 AM

PRÉ-REQUISITO

Conhecimento básico do sistema operacional Windows.

A QUEM SE DESTINA

Profissionais ou interessados na área de vídeo, multimídia, web e comunicação.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Novo projeto e nova sequência
  • Preferências e atalhos
  • Transição padrão (Preset)
  • Interface e janelas
  • Camadas de vídeo
  • Múltiplas sequências
  • Captura (configuração)
  • Importar arquivos
  • Edição corte seco e com transição
  • Render
  • Alpha channel
  • Picture in Picture (Keyframes)
  • Chroma Key
  • Multicam
  • Exportação de DVD e BD
  • Gerador de caracteres (título, modelo, rolo, rastreamento)
  • Ajuste de áudio (ganho, preencher esquerda e direita)
  • Velocidade e duração (lento, rápido, reverso)
  • Automatizar a sequência (PSD)

unnamed (1)

Intel e Dell convocam público para ajudar na criação de personagens para “What Lives Inside”

18 jan

Com direção de Robert Stromberg, social film tem a participação de Colin Hanks, J.K. Simmons e Catherine O’Hara.

Screen Shot 2015-01-17 at 12.27.11

Um reconhecido manipulador de bonecos morre, deixando para trás um mundo repleto de criaturas curiosas que ele criou ao longo de sua vida. Mas enquanto a vida profissional foi bastante produtiva, a vida pessoal foi marcada pela relação fracassada com seu filho, que agora terá a oportunidade de descobrir quem era o pai em What Lives Inside.

Com direção de Robert Stromberg, o social film da Intel e Dell tem a participação de Colin Hanks, J.K. Simmons e Catherine O’Hara, e tem estreia prevista para 25 de março no Hulu. Até o dia 9 de março, entretanto, o público terá a oportunidade de ajudar na criação de personagens para o filme, que viverão no mundo fantástico do manipulador de bonecos. Para participar, os interessados devem enviar seus desenhos no site oficial. Por lá também é possível ver alguns dos projetos enviados pelo público.

Não vou mentir: pelo menos pela sinopse do filme – e as poucas cenas que os vídeos mostram – What Lives Inside parece ser uma mistura de Peixe Grande com Os Fantásticos Livros Voadores do Sr. Morris Lessmore, seja no roteiro, seja na estética. No final, melhor mesmo é esperar para ver e torcer para que seja um projeto bacana.

A criação é da Pereira O’Dell.

 

Texto: Amanda de Almeida

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 9.48.04 AM

Blackmagic Design oferece download gratuito do Fusion 7

17 jan

Blackmagic Design está oferecendo o  Fusion 7 gratuitamente, software de solução para Visual Effects avançado e Motion Graphics.
Screen Shot 2015-01-06 at 11.02.27 AM

Fusion 7 para Windows pode ser baixado do site da Blackmagic Design.

Screen Shot 2015-01-06 at 11.02.43 AM

 

Também foi anunciado um pacote completo de soluções de VFX e Motion Graphics com ferramentas de colaboração e rede ilimitada de renderização de equipes criativas e instalações maiores. Fusion 7 Studio reduz drasticamente o custo da criação de estúdios multi-usuário.

Screen Shot 2015-01-06 at 10.59.19 AM

O Fusion 7 gratuito não é limitado em recursos. Ele conta com um grande pacote de efeitos visuais e motion graphics e com um conjunto de ferramentas que pode ser usado tanto para o trabalho pessoal quanto o comercial.

BMD_logo

Netflix e Kudelski firmam a paz na guerra de patentes

17 jan

Depois de dois anos de litígios por uma suposta infração de patentes por parte da Netflix a respeito de desenvolvimentos da campanha suíça Kudelski Group. Agora ambas empresas decidiram pôr fim a esta batalha alcançado um acordo.

netflix-e-kudelski-firma-a-paz-na-guerra-de-patentes-16-1-2015-10-29-32-193
Netflix y Kudelski firmaram um acordo de relação de produto em favor da segunda, já que a popular plataforma de distribuição de vídeo online integrará a proteção de conteúdos Nagra Anycast assim como outros produtos em na linha OpenTv em seu serviço.

Em virtude do acordo, as partes colocaram de lado todos os litígios de patentes pendentes nos EUA, deixando em standby todos os litígios pendentes nos Países Baixos.

A batalha começou em dezembro de 2013 quando OpenTV, filial de Kudelski, apresentou uma demanda por infração de patente contra Netflix alegando que não houve êxito de chegar a um acordo de licença com respeito a várias patentes. A demanda incluía indenizações por danos e prejuízos, cuja quantidade não transcendeu a proibição imediata de utilizar suas patentes por parte da Netflix.

Screen Shot 2014-10-04 at 09.46.57

Fonte: Panorama Audiovisual

 

Melin Cursos | Operação de Câmeras Blackmagic

14 jan

Curso de Operação de Câmeras Blackmagic Cinema 4K ou 2.5K. Com base no menu e recursos da câmera, os profissionais irão descobrir a melhor configuração para cada tipo de ambiente, o passo a passo de cada função, tudo na prática. Inscreva-se

Captura de Tela 2015-01-13 às 10.10.27 AM

No curso serão apresentadas técnicas de iluminação, correção de temperatura de cores, filtros de efeito, adaptadores de lente e também enquadramentos de cena para produções diversas.

PRÉ-REQUISITO

Conhecimento básico na operação do formato escolhido.
É necessário que o aluno possua e traga a câmera para o curso.

A QUEM SE DESTINA

Destina-se a operadores e assistentes de câmeras, profissionais da área de vídeo e interessados.

CONTEÚDO DO CURSO

  • Vantagens da tecnologia
  • Apresentação de câmera
  • Menu Operacional
  • Picture profile
  • Softwares de edição não linear
  • Work Flow da produção
  • Story board, roteiro e decupagem
  • Escala de Cinza
  • Conceitos básicos de Iluminação
  • Temperatura e Correção de Cores
  • Filtros de Lente
  • Adaptadores de Lente

unnamed (1)

Final Cut Pro X 10.1.4 traz suporte para formato MXF nativo

14 jan

Depois do lançamento da versão anterior, surge o Final Cut Pro X 10.1.4. Não se trata de uma daquelas atualizações repletas de recursos novos, mas de manutenção e correção de bugs. Mas, por um detalhe, a nova versão ganha relevância.

FCPX1014

O FCPX 10.1.4 traz o suporte para fluxo de trabalho nativo a partir do formato “wrapper” MXF (Material Exchange Format), cada vez mais popular na captação e também na distribuição, adotado como formato de entrega para televisões na Europa, especialmente na Inglaterra, com o padrão AS-11 (MXF OP1A).

Agora, portanto, não há mais necessidade de transcodificação de arquivos MXF na importação de mídia original e também na exportação de material editado, mesmo não sendo originalmente constituído de clipes nesse formato.

Aparentemente, a nova funcionalidade resulta da comentada aquisição pela Apple de parte da tecnologia desenvolvida pela empresa alemã Hamburg Pro Media, que, sintomaticamente, em setembro desse ano, parou de vender de forma repentina sua solução para uso nativo de arquivos MXF no FCPX.

Na realidade, a novidade não se restringe ao FCPX. O fluxo nativo em MXF também foi parcialmente incorporado ao Motion e ao Compressor, através da atualização do componente de sistema operacional Pro Video Formats 2.0, lançado juntamente com o novo FCPX, e que está disponível para download pela App Store.

É claro que a chegada do MXF nativo é motivode satisfação para os usuários do programa de edição da Apple, mas fica uma ponta de frustração porque esperava-se, talvez, uma nova versão mais robusta que, pelo jeito, deve ficar para o início de 2015. Provavelmente, ela virá casada com a primeira atualização da linha Mac Pro.

Confira abaixo a lista de melhorias do FCPX 10.1.4:

• MXF nativo, na importação, edição e exportação com atualização de software Pro Video Formats 2.0;
• Opção para exportar arquivos AVC-Intra MXF;
• Suporte para importação e edição com mídia Panasonic AVC-LongG;
• Corrige problemas com backups automáticos de bibliotecas;
• Corrige um problema em que clipes de cameras Canon e Sanyo com certas cadências não eram importados corretamente;
• Resolve problemas que poderiam interromper importações longas quando App Nap está habilitado;
• Estabilização e redução de Roling Shutter funciona corretamente com vídeo 240fps.

E abaixo, segue a pequena lista de novidades da atualização do Pro Video Formats 2.0:

• Importação, edição e compartilhamento nativo de arquivos MXF com o Final Cut Pro e Motion X;
• Presets de compartilhamento em MXF para o Compressor;
• Exportação em MXF OP1A.

Assista abaixo uma rápida demonstração do fluxo de trabalho com material MXF no novo FCPX, apresentada por Steve Martin, do site Ripple Training e da série MacBreak Studio. Atente para a facilidade como agora se pode dispor de informações de metadados próprias do formato, um dos aspectos mais importantes e que impulsionam a adoção do MXF por inúmeros fabricantes.

Texto: João Velho

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 2.12.30 PM

Merlin Cursos | Produção 360º

13 jan

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA OPERAR E GERENCIAR UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL.

Aperfeiçoar o conhecimento em todo o processo de uma produção audiovisual de alta definição. Com inicio na captação e configuração do setup para as mais diversas situações da produção, passando pelos princípios e técnicas de iluminação, sendo abordada também latitude de vídeo, conceitos técnicos para iluminação de chroma-key, finalizando com tratamento de imagens, edição e finalização de produção.

unnamed

Esse curso tem como foco ensinar na prática, para desenvolver com mais credibilidade a capacidade de cada aluno.

PRÉ-REQUISITOS

Conhecimento básico em produção de vídeo

A QUEM SE DESTINA

Pessoas que tenham o mínimo de conhecimento nos processos de uma produção audiovisual.

unnamed (1)

Boris FX adquire desenvolvedora do Mocha

12 jan

As aquisições na área de efeitos visuais estão em voga. Depois da Blackmagic anunciar que havia adquirido o programa de composição e efeitos Fusion, agora foi a vez da Boris FX comunicar que comprou a Imagineer Systems, desenvolvedora do excepcional Mocha.

A notícia tem impacto no mercado, na medida em que provavelmente veremos mais produtos se utilizando da premiada tecnologia proprietária de rastreamento de movimento que funciona como a base do Mocha.

mocha_Slate2

O carro chefe da Boris FX é o conhecido e já tradicional pacote de efeitos Continuum Complete, que com mais de 200 filtros. A chegada do Mocha abre espaço para arejar e renovar os recursos presentes nessa coleção e em outros produtos da empresa, que agregarão partes da tecnologia desenvolvida originalmente pela Imagineer.

Ao mesmo tempo, a Boris FX afirma que o próprio Mocha também se beneficiará da aquisição, recebendo tecnologia dos filtros da Boris FX, especialmente para permitir maior e melhor integração do uso dos recursos originais do Mocha com programas de composição e edição.

No mais, a Imagineer seguirá operando como uma subsidiária da Boris FX, mas mantendo sua equipe e CEO, Jonh-Paul Smith, agora como Diretor de Operações.

boris_mocha-700x352

A princípio, os produtos SliceX e TrackX, da Coremelt, que licenciam a tecnologia do Mocha, não serão afetados, segundo fontes da Boris FX e da Coremelt. Outros licenciamentos para produtos como After Effects, da Adobe, e para produtos de outros desenvolvedores como a Quantão, Silhouette e FXhome, também não devem ser alterados.

É impressionante ver a Boris FX, fundada em 1995, fazendo novos movimentos estratégicos de aquisição dessa monta. A empresa tem tradição nisso, afinal, ela cresceu justamente adquirindo coleções de filtros de terceiros e até mesmo o famoso e pioneiro programa de edição Media 100.

Esperamos que, com a aquisição, a Boris FX consiga incrementar o desenvolvimento do Mocha e seus recursos, mantendo-o na posição de liderança que ocupa há anos na área de rastreamento de movimento.

Texto: João Velho

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 2.12.30 PM

Melin Cursos | Adobe After Effects

10 jan

Nesse curso você vai aprender a trabalhar com uma das mais poderosas ferramentas para animação, composição de imagens, produção de gráficos com movimento e efeitos visuais para filmes, vídeo, multimídia e WEB. Além de diversos recursos na criação de vinhetas em diferentes estilos. Inscreva-se

Captura de Tela 2015-01-13 às 10.18.59 AM

PRÉ-REQUISITO

Conhecimento básico do sistema operacional Windows, edição de vídeo e photoshop.

A QUEM SE DESTINA

Destina-se a pessoas interessadas em trabalhar com recursos de animação e composição de imagens.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Informações teóricas sobre vídeo digital: padrões, formatos, codecs e mídias utilizadas
  • Trabalhando com Bridge
  • Ferramentas de edição, efeitos de áudio e vídeo
  • Conceitos básicos de animação
  • Composições
  • Utilização de áudio e imagens estáticas para compor o vídeo
  • Integração entre os programas Premiere Pro e After Effects
  • Alterando propriedade de camadas
  • Trabalhando com arquivos externos
  • Trabalhando com máscaras
  • Inserindo textos
  • Trabalho com Presets
  • Render Settings
  • Desfoque em movimento
  • Animação com hierarquia e utilização de parente
  • Animação de Path
  • Animação com Puppet Pin
  • Utilizar arquivos bitmap e vetoriais otimizando as técnicas de composição para animação de elementos

unnamed (1)

Dicas para turbinar as operações “replace” no Final Cut Pro X

10 jan

Certos recursos do Final Cut Pro 7 ainda não encontram paralelo no Final Cut Pro X. Um deles tem a ver com a operação de edição “Replace”.Final-Cut-X

No FCPX é possível fazer operações desse tipo com a referência do primeiro ou do último frame de um clipe editado no painel Timeline.

No entanto, não há ainda a opção de usar a posição da cabeça leitora da Timeline como referência, tal como fazíamos no FCP7.

Por conta disso, os usuários começam a imaginar soluções que podem quebrar um galho enquanto a Apple não repõe esse recurso.

Quem dá as dicas para isso é Steve Martin, em novo episódio do MacBreak Studio, sempre ao lado de Mark Spencer.

Screen Shot 2015-01-05 at 2.18.05 PM

O caminho passa pelo uso de gap clips, marcadores e a operação de trimming do tipo Slip. A solução pode ser um quebra-galho, mas não deixa de ser engenhosa. Confira você mesmo.


final-cut-pro-x

Screen Shot 2015-01-05 at 2.18.05 PM

Texto: João Velho

Fonte:
Screen Shot 2015-01-05 at 2.12.30 PM