HOLLYWOOD COSTUME brilham com a Série-L | ARRI

6 fev

A ARRI esta orgulhosa em apoiar a inovadora exposição FIGURINOS DE HOLLYWOOD da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em Los Angeles com mais de 25 fresneis de LED da Série-L. Com a curadoria pelos projetos de figurinos Deborah Nadoolman, a mostra leva os visitantes a uma jornada que conta a história dos figurinos desde Charlie Chaplin até O HOMEM DE FERRO. O designer de iluminação Trevor Stirlin Burk foi escolhido para realçar a exposição iluminando os figurinos e o ambiente. Assista o vídeo de FIGURINOS DE HOLLYWOOD e ouça o Burke explicando como foi iluminar com a Série-L da ARRI.

Screen Shot 2015-01-27 at 17.28.27

“Uma das partes mais legais para mim sobre a exibição, é que a Deborah colocou esses personagens em movimento e em ação. Estamos ensinando e conversando sobre como esse processo funciona” diz Burk.

Mais de 170 trajes estão em exposição, incluindo a roupa de Jared Leto de DALLAS BUYERS CLUB, bem como os figurinos dos lançamentos mais recentes, tais como:  JOGOS VORAZES (THE HUNGER GAMES), DJANGO LIVRE (DJANGO UNCHAINED),  TRAPAÇA (AMERICAN HUSTLE) e O GRANDE GATSBY (THE GREAT GATSBY). Além disso, o FIGURINOS DE HOLLYWOOD exibe os pares de sapatos mais famosos do mundo da Academia: os originais sapatos de rubi do O MÁGICO DE OZ (THE WIZARD OF OZ).

Os refletores fornecidos pela ARRI incluíram diversos L7-C, L5-C, L7-TT e L7-T. Estes premiados fresneis de LED que oferecem baixo consumo e ajuste de cor.

“A reprodução das cores pela Série-L, foi o que realmente me atraiu para esse refletor,” diz Burke. “Eu sabia que faríamos uma luz isolada para todas aquelas variedades de roupas onde contaríamos a história agrupadas por local ou gênero do filme ou pelo designer. Eu queria algo de cores grandiosas, macias e bonitas, tudo isso junto. Em um pedestal, se estamos contando cinco ou seis histórias, eu poderia usar a cor da Série-L para unificar aquela ideia.”

FIGURINOS DE HOLLYWOOD inclui animação, clipes de filmes e  projeções apoiadas pelo compositor Julian Scott. Roupas são exibidas ao lado de citações e entrevistas com designers de figurinos, diretores e atores, discutindo qual o papel que aquele figurino desempenharia na criação do personagem na tela.

Burk aprecia a durabilidade, consistência e o baixo consumo de energia oferecido por essas luzes. “Acredito que usamos cerca de 60 a 90 amperes no total. Foi muito útil. O azul que determinamos foi mantido exatamente o mesmo azul por seis meses, oito  horas por dia, todos os dias, e foi mantido exatamente como ele era.”

No geral, Burk está contente com seu trabalho e como a Série-L foi implementada. “…Eu não sacrifiquei a pureza das sombras, não usei algo onde não pudesse controlar a luz. Não coloquei nada que pudesse queimar. Usei 100% LED, não importa o quê. Com todas aquelas coisas, não havia outra opção. Foi isso (Série-L) ou nada.”

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s