Arquivo | setembro, 2015

Multi-Touch | 3ds Max 2016

28 set

Autodesk 3ds Max 2016 está mais completo e muito melhor, com novas ferramentas, novos fluxos de trabalho e melhorias de recursos, uma novidade é o suporte para Multi-Touch, facilitando muito o uso do 3ds max em Tablets gráficas, mas também em equipamentos Multi-Touch com o Windows 8.

02

Junto com essa novidade exclusiva da versão 2016, também esta o recurso de pausa na renderização, os botões Remove e Remove All para remover os Missing Maps, tanto quando abre uma cena quanto no Asset Tracking, a opção de conversão de unidades quando importa um objeto com o Merge, suporte para fontes OpenType, visualização de Smooth Groups na Viewport, indicando o número do grupo diretamente nas faces igual acontece com os vértices nas linhas, o Assign Renderer foi colocado no topo da janela Render Setup para facilitar o acesso, a Viewport Nitrous está com mais qualidade e mais veloz, o Scene Explorer e o Layer Manager foram melhorados para facilitar o gerenciamento de cenas complexas e o Shader FX também ganhou mais opções e melhor organização com o Maya.

Captura de Tela 2015-09-07 às 11.07.45

Autodesk 3ds Max 2016  oferece o conjunto de ferramentas mais qualificado e variado já lançado. Personalize, colabore e crie conteúdo 3D rapidamente com o software de modelagem 3D, animação e renderização.

Captura de Tela 2015-07-23 às 15.24.44

Conheça o Desktop Subscription, acesse o site da Exectec:
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

captura-de-tela-2015-06-22-c3a0s-08-54-28

Desktop Subscription lhe dá acesso às versões e atualizações mais recentes, ao suporte individual na Web, ao suporte prioritário em fóruns, ao licenciamento flexível e muito mais.

Desktop Subscription do 3ds Max

Os benefícios incluem:

  • Custo inicial reduzido
  • Acesso às mais recentes ferramentas
  • Suporte individual na Web
  • Suporte à renderização no A360

ExecTec, soluções do começo ao fim
Telefone: (11) 5041-6966
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

Tutorial 3ds Max | Modelar um copo americano e fraturar com Rayfire

23 set

Confira este tutorial feito pela equipe do GFX Total (Novo parceiro do site Oeditor.com).

O objeto de estudos desta vídeo aula será um copo americano. Vamos usar este modelo de copo pois não é difícil encontra-lo em locais como residências, comércios, etc.

captura-de-tela-2015-07-23-c3a0s-15-24-44

Modelar um copo simples não exige muito conhecimento visto que o objeto é derivado de uma forma geometria primitiva, o cilindro. Após criar esta forma, basta apenas ajustar a cavidade e temos o copo.

Já no modelo americano de 190ml ou em outros formatos específicos, temos ondulações, cavidades, recortes, chanfros e muitos detalhes que tornam o modelo mais bonito e complexo.

copo 01copo 02

Neste tutorial, veremos como calcular a quantidade de faces a serem criadas para modelar as ondulações existentes no copo americano.

Captura de Tela 2015-06-22 às 08.54.06

Não bastando apenas modelar o copo e criar seus materiais de vidro, vamos fraturar a partir de uma simulação de queda livre usando o plugin Rayfire. Através de conceitos básicos de simulações, faremos várias configurações até obter o melhor resultado para a colisão e quebra do copo de vidro.

Para um melhor proveito das explicações, baixe os arquivos e resultado final do modelo e veja os vídeos tutoriais abaixo:

Faça o download aquiTutorial 3ds Max | Modelar um copo americano e fraturar com Rayfire – Parte 01

 Tutorial 3ds Max | Modelar um copo americano e fraturar com Rayfire – Parte 02

Professor: Daniel Leles

Daniel Leles – Designer Gráfico e Web – Formado desde 2008, trabalha na área de computação gráfica como Freelancer. Desenvolvimento de Maquetes Virtuais, Visualização de produtos, Jogos Digitais, animações, Vinhetas, sites comerciais e empresariais e todo tipo de mídia relativa a CG

captura-de-tela-2015-06-22-c3a0s-08-54-28

Desktop Subscription lhe dá acesso às versões e atualizações mais recentes, ao suporte individual na Web, ao suporte prioritário em fóruns, ao licenciamento flexível e muito mais.

Desktop Subscription do 3ds Max

Os benefícios incluem:

  • Custo inicial reduzido
  • Acesso às mais recentes ferramentas
  • Suporte individual na Web
  • Suporte à renderização no A360

ExecTec, soluções do começo ao fim
Telefone: (11) 5041-6966
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

Conheça o curso on-line e gratuito de animação da Pixar

22 set

A Pixar, estúdio que produziu animações como “Toy Story”, “Monstros S.A.”, “Carros”, “WALL-E”, “Up – Altas Aventuras” e tantos outros filmes que ficam no imaginário de adultos e crianças, é tema de curso on-line oferecido pela Khan Academy.

01

Trata-se do Pixar in a Box, um curso totalmente gratuito de animação com base nas tecnologias digitais utilizadas nos filmes da Pixar. Não precisa ter um conhecimento prévio no assunto, basta ser curioso e interessado. O site é em inglês, mas as ilustrações ajudam a conduzir os estudos.

O aluno tem acesso a vídeos, textos, exercícios práticos sobre a mecânica da animação 3D e dicas dos profissionais da Pixar. Que tal começar agora? Clique aqui e bons estudos.

Fonte e Texto: Catraca Livre

A forma de obter o software Autodesk está mudando

21 set

A opção de licenças permanentes de grande parte dos produtos individuais Autodesk não estará mais disponível após 31 de Janeiro de 2016.  Acelere e mude já para o novo modelo Desktop Subscription.

Captura de Tela 2015-09-08 às 13.34.15

Captura de Tela 2015-06-22 às 08.54.06

Suas opções de Subscription, em mais detalhes:

O licenciamento multianual está disponível para Desktop Subscription e Maintenance Subscription. Congele o custo do software por 2 ou 3 anos para controlar melhor seu orçamento e otimizar seu investimento.
Captura de Tela 2015-09-08 às 13.38.10

Agora é a melhor hora para escolher o que funciona melhor para o seu orçamento, seu pessoal e seus projetos. Tenha acesso aos últimos softwares Autodesk, direitos de licenciamento e suporte com o Autodesk Subscription. Descontos especiais disponíveis por tempo limitado.

Para saber mais sobre os benefícios e serviços do Autodesk Subscription, acesse:
Exec Technology, soluções do começo ao fim
Telefone: (11) 5041-6966
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

captura-de-tela-2015-06-22-c3a0s-08-54-28

Adobe Premiere | Chroma Key

18 set

Texto: Mateus Ferreira – Brainstorm

chroma-key-640x360

Aprenda a utilizar as ferramentas de Keying do Adobe Premiere para remover fundos monocromáticos de seus vídeos, através da técnica chamada Chroma Key!

Baixe os arquivos do tutorial através deste link.

Captura de Tela 2015-09-03 às 15.29.36

Captura de Tela 2015-09-03 às 15.31.30

O2 Filmes e realidade virtual a caminho do SXSW 2016

17 set

A O2 Filmes quer levar seu conhecimento na produção de conteúdo imersivo ao festival SXSW de 2016. E você pode ajudar.

Captura de Tela 2015-09-03 às 15.03.32

É só clicar aqui, criar uma conta e escolher o conteúdo: “Museum of Tomorrow: Immersive Storytelling“.

O case inscrito pela O2 Filmes no Festival mostrará os caminhos  percorridos pela produtora desde a concepção até a finalização do filme de 8 minutos realizado para o Museu do Amanhã e que será projetado e instalado na entrada do espaço, no Rio de Janeiro. A O2 Filmes vem trabalhando em projetos de narrativas imersivas, como a realidade virtual, há três anos. A palestra de Ricardo Laganaro, diretor do filme, terá como foco esta trajetória. “A experiência narrativa é o foco desta apresentação, vamos mostrar toda a evolução na pesquisa em tecnologia e criação em realidade virtual, até a produção final de um filme em VR (virtual reality)”, conta Ricardo.

Captura de Tela 2015-09-03 às 15.11.51

O South by Southwest é um conjunto de festivais de cinema, música e tecnologia que acontece toda primavera em Austin, Texas, Estados Unidos. Tornou-se plataforma importante e de alta visibilidade para a economia criativa mundial. Considerado o maior festival de criatividade do mundo, foi considerado a 12ª companhia mais inovadora do mundo pela revista Fast Company.

Capturando #GIRLSINTECH com a AMIRA | ARRI

16 set

Meninas inspiradoras que abraçam a ciência e a tecnologia, é uma tendência que se reflete na mídia e a diretora Lesley Chilcott teve a sorte de dirigir dois desses projetos recentemente. Ela dirigiu um spot de Cover Girl, “Girls Who Code,” e ela está atualmente em um documentário, #GIRLSINTECH, que acompanha meninas do ensino médio ao redor do mundo na competição anual Technovation Challenge.

Ambos os projetos foram filmados com AMIRA. “É um privilégio filmar em ALEXA um documentário,” diz Chilcott, que observa que a AMIRA tem o mesmo sensor 35mm da ALEXA. “Com a AMIRA, temos tudo que a ALEXA faz, com a vantagem que ela é mais rápida e mais leve.”

Captura de Tela 2015-08-13 às 10.44.26

No trabalho de Cover Girl,  a diretora de fotografia Maryse Alberti, filmou as meninas em estúdio e então facilmente mudou para modo documentário, para acompanhá-las dentro das salas de aula. “A AMIRA é útil, porque ela foi a combinação de um trabalho de estúdio e um documentário no estilo cinema vérité,” Chilcott diz. “Ter os filtros ND internos é ótimo quando você está acompanhando pessoas de dentro da locação para fora. Não incomoda e economiza não apenas tempo que você gastaria para trocar os filtros, mas também tempo de pós, pois o fotógrafo pode corrigir coisas enquanto filma.”

O documentário #GIRLSINTECH surgiu há dois anos, quando Chilcott estava fazendo um documentário sobre meninas para o Code.org e soube da Technovation, um grupo que pretende “inspirar e educar meninas e mulheres em como resolver problemas do mundo real através da tecnologia.” Technovation começou como um pequeno programa piloto para ensinar meninas de como criar um aplicativo móvel “startup” que resolve um problema em sua comunidade. Até o momento, Chilcott vem o acompanhando. A Technovation evoluiu para uma competição global.

Captura de Tela 2015-08-13 às 10.44.33

Inspirada, Chilcott pediu aos fundadores da Technovation se ela poderia fazer um documentário desta competição. “Eles ficaram emocionados porque viram o filme anterior Code.org e sabiam que tem 20 milhões de visualizações online,” ela diz. “Assim que eu ouvi que haveriam 5.500 meninas, trabalhando em pequenos times, participando, sabia que eu tinha que fazer este ano.”

O vencedor da competição do ano passado, foi um grupo da Moldávia que desenvolveu um aplicativo para relatar e testar água contaminada de poço, um grande problema na sua comunidade. Várias características da AMIRA foram perfeitas durante as filmagens. “Nós estávamos dirigindo de um lugar para o outro e eu avistei algo maravilhoso pela janela”, diz Chilcott. “Eu gosto de filmar em movimento a 40fps e com a AMIRA, meu diretor de fotografia Logan Schneider, pôde mudar imediatamente o frame rate, o que poupa muito tempo e a AMIRA vai até 200fps, o que é muito legal também.”

Em outra cena, uma menina deixa cair um balde em um poço e começou o hastear. “Logan foi capaz de pular em cima do poço, pois a câmera é leve”, diz ela. A AMIRA, acrescenta Schneider, também oferece controles de fácil acesso, incluindo filtros ND internos. Consegui uma cena geral das meninas entrando com o balde no poço, em seguida, corri sobre o poço para ver o balde com água contaminada chegando”, diz ele. “No momento em que o balde surge com água do poço, eu estava no lugar com um ajuste de ND diferente, com a exposição correta e pronto para filmar em menos de 5 segundos.”

Schneider observa outras vantagens do peso mais leve da AMIRA. “Eu posso segurá-la por mais tempo, especialmente ângulos diferentes, e ela me deixa mais a vontade”, diz ele. Ele comenta que filmaram com lentes Prime a maior parte do tempo, porque “tem uma sensação mais cinematográfica.” “Estamos tentando filmar o mais aberto possível, mas isolando as cenas mais artísticas”, diz ele. “Tendo os ajustes nas pontas dos dedos, é uma enorme vantagem em poder continuar filmando sem comprometer o que estou fazendo. Todas estas características na AMIRA, me mantem focado no que estou fazendo, ao invés dos brinquedos.”Captura de Tela 2015-08-13 às 10.44.39

Depois da Moldávia, Chilcott e Schneider estão se preparando para ir à duas cidades nos EUA, além do México ou Marrocos. Ela espera que as filmagens terminem no final de junho e planeja editar durante o verão. O objetivo é finalizá-lo no final do ano, com distribuição para estudantes do ensino médio em toda a América, com um amplo lançamento em digital. Para Chilcott, documentando o processo pelo qual as meninas se transformam de “consumidoras apaixonadas por tecnologia, para apaixonadas produtoras de tecnologia” tem sido divertido e inspirador e ela concorda com a avaliação do Schneider de que o possível foi feito. “A AMIRA é uma câmera impressionante boa”, diz ele.

Google | Filme imersivo 360º

15 set

O pessoal do Google ATAP se juntou com o diretor Justin Lin (diretor de Velozes e Furiosos) e fizeram um filme imersivo 360º chamado Help. O filme é disponível somente no app Google Spotlight Stories, um serviço que possui diversas histórias onde você pode assistir somente pelo celular. O Filme possui 1GB e é uma experiência totalmente imersiva onde você sente que está participando das cenas de ação do curta. Para fazer essa interação, foi utilizado nas gravações um sistema de câmeras que filma tudo em 360º.

Screen Shot 2015-08-18 at 6.52.51 PM

O tema do filme é meio clichê, mas o visual está muito bonito e a interação nos dá uma prévia de como vai ser quando o mercado de cinema começar a explorar a realidade virtual.

Making of:

A produção do filme ficou por conta da The Mill.

Texto: Danilo Silveira
Fonte: Dope

Renderização | Autodesk 3ds Max 2016

14 set

captura-de-tela-2015-07-23-c3a0s-15-24-44

O Autodesk 3ds Max 2016 vem com novos recursos e oferece o conjunto de ferramentas mais qualificado e variado já lançado. Crie ferramentas personalizadas, colabore com eficiência em equipe e trabalhe com mais velocidade e confiança. Na parte de renderização o 3ds Max 2016 traz as últimas versões e melhorias do Mental Ray e Iray.a360-rendering-support-large-1152x696 O sistema de LPE agora permite separar objetos e luzes em LPEs baseados nos nomes dos Layers dos elementos, aumentando a agilidade para o RealTime Relighting da imagem.
O Iray agora tem suporte ao Irradiance Renders para oferecer um efeito retroativo sobre os níveis de iluminação nos objetos, além do recurso Section Planes para renderizar cortes sem modificar o modelo e iluminação.

No Mental Ray foi acrescentado o sistema LIS, e agora dá o poder para realizar imagens complexas com alta qualidade muito mais rápido, também incluíram um novo Render Element para criar muito mais veloz o Ambient Occlusion acelerado pela GPU.

Captura de Tela 2015-08-17 às 10.20.19

A principal novidade é que agora o 3ds Max 2016 oferece integração com o A360, portanto, os usuários assinantes do Subscription podem renderizar em tempo real nos servidores da Autodesk, não apenas imagens, mas também panoramas interativos, estudos de insolação, simulações e utilizar o sistema de compartilhamento on-line.

Captura de Tela 2015-08-17 às 10.25.45

Assista estes vídeos sobre a integração do 3ds Max 2016 com o A360:


Aproveite e use essa integração, conheça o Desktop Subscription, acesse o site da Exectec:
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

captura-de-tela-2015-06-22-c3a0s-08-54-28

Desktop Subscription lhe dá acesso às versões e atualizações mais recentes, ao suporte individual na Web, ao suporte prioritário em fóruns, ao licenciamento flexível e muito mais.

Desktop Subscription do 3ds Max

Os benefícios incluem:

  • Custo inicial reduzido
  • Acesso às mais recentes ferramentas
  • Suporte individual na Web
  • Suporte à renderização no A360

ExecTec, soluções do começo ao fim
Telefone: (11) 5041-6966
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

Curso Destaque | Iluminação Criativa para Produção

14 set

A QUEM SE DESTINA: Iniciantes com base em fotografia, iluminadores em geral, técnicos envolvidos em captação de imagens e de áreas artísticas.

Captura de Tela 2015-09-14 às 09.36.17

Um curso rápido que aborda desde conceitos artísticos gráficos e teatrais, a técnicas de remontagem da luz (quadrado da luz) e continuidade artística. A fotometria é vista em sala de aula e na prática, trazendo ao aluno uma completa visão da distribuição da luz no set de gravação.

A montagem da luz é feita pelo aluno com a assistência de um eletricista profissional de cinema e equipamentos de ponta usados em produções profissionais.

ORLANDO MAGALHÃES JR – 37 anos de carreira em cinema e vídeo. Formação publicitária e cinematográfica. Diretor de cena e diretor de fotografia de cinema e vídeo. Atua na área de produções publicitárias e programas de TV para novos cenários em todo o país. Já realizou inúmeros longas metragens como técnico e se aprimorou com cursos na Itália, Áustria e Alemanha. É professor free-lancer de linguagem fílmica em universidades do Brasil. Atua também como consultor técnico em iluminação e projetos de estúdios.

Captura de Tela 2015-09-14 às 09.48.26

Captura de Tela 2015-09-14 às 09.40.38

10% DE DESCONTO PARA EX-ALUNOS EM QUALQUER CURSO

Quer se aprofundar ainda mais na sua formação profissional? Escolha seu próximo curso que nós garantimos um desconto especial pra você.

Captura de Tela 2015-09-14 às 09.40.45

Abertura | Cúmplices de Um Resgate SBT

11 set

Texto: Guilherme Alves Blog Televisual

A abertura da novela infantil Cúmplices de Um Resgate, do SBT, vai na contramão da original mexicana de 2002, bastante desleixada e visualmente amadora. Apesar de ambas narrarem a trama da novela, na versão brasileira, há uma construção videográfica muito mais elaborada e envolvente.

01

Muito interessante o uso das cores quentes e frias para separar cada ambiente e cenários que as gêmeas transitam durante as cenas, de modo a ressaltar a personalidade antagônica de cada uma delas. Há ainda um cuidado exímio na construção dos cenários em 3D e em estilo cartoon que remetem diretamente ao universo infantil. Outro ponto alto são os efeitos de transições de cenas, como a do palco virando um milk-shake. Genial!

Ficha Técnica
Ano: 2015
Canal: SBT
Design: SBT
Trilha: “Cúmplices de Um Resgate”, por Larissa Manoela

Texto: Guilherme Alves

Fonte: Blog Televisual

Fundação Autodesk chega ao Brasil

10 set

A Autodesk vai expandir as atividades da Fundação Autodesk para o Brasil, por meio do programa Impacto Tecnológico. O projeto tem como objetivo a doação de software para organizações sem fins lucrativos.

Administrado em parceria com a TechSoup, o programa já doou 3.226 licenças de software para 1.637 organizações sem fins lucrativos em todo o mundo.

01

A TechSoup é uma agência de assistência tecnológica sem fins lucrativos dos Estados Unidos que atua desde 1987 como um centro de recursos de tecnologia para apoiar entidades sem fins lucrativos e instituições sociais globalmente.

Dentre os projetos já atendidos pela Fundação Autodesk globalmente está a D-Rev, que desenvolve dispositivos e produtos para melhorar a saúde e a renda de pessoas que vivem com menos de US$ 4 por dia.

O MASS Design Group, que projeta instalações de saúde e outras infraestruturas essenciais em países em desenvolvimento, como o Haiti, também foi beneficiado.

Outro atendido é o KickStart Internacional, que projeta ferramentas simples que ajudam os agricultores africanos a iniciar negócios.

Para participar do programa, o interessado deve trabalhar em uma ONG que trabalhe questões sociais por meio do design.

As inscrições de projetos podem ser realizadas através do site da TechSoup para o Brasil.

As organizações elegíveis podem solicitar até duas licenças do AutoCAD para Mac, Building Design Suite Ultimate, Entertainment Creation Suite Ultimate, Infrastructure Design Suite Ultimate e no Product Design Suite Ultimate.

Anteriormente, a Autodesk tornou seu software de design educacional gratuito para estudantes, instrutores e instituições acadêmicas em todo o mundo.

Este modelo de negócio para o setor da educação permite que mais de 680 milhões de estudantes e educadores de mais de 800 mil escolas de ensino médio e superior em 188 países acessem gratuitamente o software para uso em salas de aula, laboratórios e em casa.

Para solicitar o acesso ao software é preciso entrar no site da iniciativa.

Texto: Júlia Merker
Fonte: Baguete

Sandro di Segni | Siggraph 2015

10 set

Sandro di Segni trabalhou nas mais importantes produtoras de efeitos especiais do mundo. Hoje, integrando a equipe de efeitos visuais da O2 Pós – braço de pós-produção da O2 Filmes, o profissional possui olhar único para o setor. Ele apresentou a mesa “VFX in Brazil – Today and Tomorrow” na Siggraph.

01

02
Sandro falou sobre a produção atual de efeitos visuais no Brasil e sua visão para a indústria brasileira. “Hoje no Brasil, a O2 Pós desenvolveu processos pelos quais atingiu uma qualidade técnica e profissional que lhe permite concorrer com qualquer país do mundo na área de efeitos visuais.”, explica Sandro. “Temos condições de ser um prestador de serviços nesta área em escala global”, finaliza ele.

Captura de Tela 2015-09-03 às 14.45.31

Sandro colaborou em alguns dos filmes mais assistidos da história recente, como Harry Potter, Thor 2, O Homem de Aço e Godzilla, entre tantos. Ele trabalhou em empresas como Double Negative e Lucasfilm, e atualmente supervisiona a produção de efeitos visuais em diversos trabalhos da O2 Pós.

Além de sua apresentação, Sandro será moderador do grupo “CG na América Latina”, um Encontro em forma de oficina que vai discutir a indústria de Computação Gráfica na América Latina.

Invista no seu futuro | ProClass

9 set

Com tantas possibilidades de produção de áudio e vídeo no computador, o fator humano se tornou mais do nunca, elemento determinante no resultado de uma produção.
unnamed

A ProClass é reconhecida pelas principais empresas do mercado audiovisual como um centro de treinamento diferenciado, com metodologia, condições e dinâmica única.
Teve dificuldades ou simplesmente quer se atualizar? Refaça o treinamento em outra turma a qualquer momento, sem questionamentos.
Participe de aulas extras de atualização gratuitamente.

Screen Shot 2015-08-03 at 6.53.39 PM
Funcionário que recebeu treinamento saiu da empresa? Envie seu substituto sem custos.

Aproveite nosso desconto de 10% para matrículas efetuadas com até 14 dias de antecedência

Próximas turmas de setembro:
Pro Tools 101: 14/9 – noite
Avid Media Composer 101: 21/9 – manhã
Avid Media Composer 101: 26/9 – noite
Em São Paulo – Avid Media Composer 101+110: 28/9 – integral
Pro Tools 101+110: 28/9 – integral
Pro Tools 110: 28/9 – noite

Últimas vagas!

Screen Shot 2015-08-03 at 6.59.20 PM

ProClass – Av. Nossa Sra. de Copacabana, 195 – Copacabana – RJ
(21) 3942-3952
(11) 3280-8321
comercial@proclass.com.br

Blackmagic atualiza firmware e anuncia retorno de mini-conversores 3G

9 set

A Blackmagic Design lançou a versão 2.6 do firmware de suas câmeras URSA. As atualizações incluem novas funcionalidades e correções de bugs. Com essa atualização as câmeras começam a suportar Viewfinder e adiciona opção para mostrar entrada de timecode tocando na tela. Clique aqui para baixar a atualização

Captura de Tela 2015-09-03 às 14.33.25

Outra novidade é o relançamento da linha de mini-conversores 3G. Segundo a Blackmagic os conversores estarão no mercado com o preço de US$195 (sem impostos).

01

Os mini-conversores podem converter entre formatos SD e HD e taxas de frames e oferece a tecnologia 3G-SDI, que o torna compatível com todos os equipamentos SD e HD existentes. Os equipamentos ainda oferecem funcionalidades como entradas SDI redundantes, AES e áudio analógico balanceado, possibilidade de atualização via USB e alguns modelos possibilitam a conversão para baixo para trabalhar com HD em equipamentos SD.

Enviado por Zazil Media Group

Fotografia de gestantes | Palestra gratuita com Lidi Lopez

8 set

01

02

Lide Lopez fotógrafa a sete anos na área de Gestantes e Newborn adotando um estilo completamente diferenciado utilizando-se de recursos artísticos surrealistas e baseados em contos de fadas. Com trabalho pioneiro na área, possui estúdio próprio com reproduções de cenários que encantam as futuras mães. Participa de workshops e palestras reunindo milhares de interessados no tema. Com ensaios fotográficos criativos induzem inusitados tem compartilhado arte e fotografia através do seu trabalho. Já clicou mais de 3000 gestantes e faz 4 anos que realiza ensaios baseados em contos de fadas.

03

04

05

06

07

Mostra em homenagem ao cineasta François Truffaut

8 set

O Museu da Imagem e do Som – SP apresenta a exposição Truffaut: Um Cineasta Apaixonado, que homenageia o cineasta francês François Truffaut.

Captura de Tela 2015-09-03 às 14.13.16 A mostra conta com desenhos, fotos, objetos, livros, roteiros com anotações, trechos de filmes e entrevistas do diretor, que é uma dos principais representantes da Nouvelle Vague francesa.Captura de Tela 2015-09-03 às 14.14.04

Além da exposição, o MIS também contam com uma mostra especial de filmes do diretor. Clique aqui para acessar a programação completa.

A primeira temporada da exposição foi realizada na Cinemateca Francesa (La Cinémathéque Française) ainda em 2014, ano de seu trigésimo aniversário de morte, e fica no MIS-SP até o dia 18 de outubro, sempre de terça a sábado, das 12h às 20h, e aos domingos, das 11h às 17h. Os ingressos custam até R$ 10 e podem ser comprados pelo site do Ingresso Rápido.Captura de Tela 2015-09-03 às 14.13.53Sobre Truffaut

François Truffaut nasceu em Paris em 6 de fevereiro de 1932. Não conheceu seu pai verdadeiro e foi criado por sua mãe, Janine e seu padrasto, Roland Truffaut. Teve uma infância difícil e rebelde, encontrando fuga nos livros – lia avidamente – e nas sessões frequentes de cinema. Sua paixão por filmes o levou a fundar um cineclube quando tinha apenas 16 anos, mas que resultou em dívidas, problemas com a polícia e distanciamento de seus pais. Alguns anos mais tarde, durante o serviço militar, desertou e passou algum tempo em uma prisão militar na Alemanha.
Com o apoio do crítico André Bazin, sua sorte mudou, e na década de 1950 começou uma carreira como um bem sucedido e controverso crítico de cinema da revista Cahiers du cinéma. Em seus artigos condenava a velha guarda do cinema francês e propôs uma nova visão, que ele e seus amigos, como Jean-Luc Godard e Claude Chabrol, entre outros, criariam: a Nouvelle Vague. Seu primeiro filme, em 1959, Os incompreendidos/Les Quatre Cents Coups, alcançou sucesso imediato e premiou Truffaut no Festival de Cannes como melhor diretor. Este e seus longas seguintes estavam em contraste marcante com a maioria dos filmes franceses da época, usando muita improvisação, edição bastante incipiente e pequenos orçamentos. Seu mais aclamado filme, Jules e Jim – Uma mulher para dois/Jules et Jim, foi lançado em 1961 e é considerado um clássico do cinema francês.
Em meados dos anos 1960, a carreira de Truffaut desacelerou enquanto ele lutava para iniciar a filmagem de Fahrenheit 451 (1966), adaptação cinematográfica do romance homônimo de Ray Bradbury, e ao mesmo tempo trabalhava na biografia de seu herói, Alfred Hitchcock. Sua carreira como diretor deslanchou no final da década de 1960 e início de 1970 com uma série de filmes de sucesso, incluindo Beijos proibidos/Baisers volés (1968), As duas inglesas e o amor/Les deux anglaises et le continente (1971) e A noite americana/La nuit américaine (1973), pelo qual ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro. Seus últimos filmes da década de 1980 foram menos bem sucedidos que os das décadas anteriores, mas ainda demonstravam sua capacidade em criar movimentos e filmes impressionantes.
Captura de Tela 2015-09-03 às 14.13.36
Além de diretor, Truffaut era também um ator respeitável, aparecendo em vários de seus próprios filmes (principalmente em O garoto selvagem). Ele também estrelou, em 1977, o aclamado Contatos imediatos do terceiro grau, de Steven Spielberg.
A maioria dos filmes de Truffaut tinha um elemento semibiográfico, refletindo sua vida e seus humores. Um homem apaixonado e sincero, ele foi fortemente atraído pelas mulheres, e teve relacionamentos com muitas atrizes que participaram de seus filmes, particularmente Jeanne Moreau, Catherine Deneuve e Fanny Ardant (que finalmente lhe deu um filho).
Pouco depois de completar seu último filme, De repente num domingo/Vivement dimanche! (1983), Truffaut foi diagnosticado com um tumor no cérebro em 1983 e, depois de um declínio lento, morreu em um hospital em Neuilly, na França, em 21 de outubro de 1984, aos 52 anos.

TIM Beta | Making Of

7 set

“Ser beta é inovar, fazer diferente e experimentar”.

Screen Shot 2015-08-18 at 6.42.54 PM

O filme da TIM “Beta” cria projeções pela cidade explorando esse conceito. O filme foi criado pela R-GA e produzida pelo Bando Studio, as projeções foram feitas pela dupla VJ Suave, de Ygor Marotta e Ceci Soloaga.

Making of:

Texto: Danilo Silveira
Fonte: Dope

AU BRASIL 2015 | Autodesk

4 set

Aconteceu ontem, quinta-feira (03) em São Paulo/SP, o maior encontro de profissionais de design, projeto e engenharia do Brasil. Mais de 50 palestras foram realizadas com especialistas da Autodesk e de empresas líderes em diversas indústrias. Um evento completo de atualização profissional networking e difusão de ideias.

10655219_10153180179382831_4775007478124836615_o

11225479_10153180809467831_3287025356832053014_o Além do conteúdo e material oferecido, os participantes contaram com a Certificação Autodesk gratuita no local e participaram do sorteio para o AU Vegas com tudo pago, e os felizardos foram: Bruno Girardi e Eduardo Souza.

02

A indústria vive uma nova revolução na forma de capturar, analisar, aprimorar e transformar a realidade.
A tecnologia está por trás de tudo isso e você precisa ficar à frente. Aprender, conectar-se, explorar. Esse é o espírito do Autodesk University.

11908898_10153180568847831_4404282798302119292_o

Exec Technology, soluções do começo ao fim
Telefone: (11) 5041-6966
Site: www.exectec.com.br
Facebook: www.facebook.com/ExecTechnology

captura-de-tela-2015-06-22-c3a0s-08-54-28

Festival de Audiovisual de Belém recebe inscrições até 11 de setembro

4 set

Estão abertas até dia 11 de setembro as inscrições para as mostras não-competitivas do Festival Audiovisual de Belém, que será realizado de 29 de outubro a 1º de novembro, no Cinema Olympia, em Belém (PA).

Captura de Tela 2015-09-03 às 14.07.57

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet ou pelo correio, por meio da ficha de inscrição, disponível no site do Festival. Podem ser inscritos vídeos nas categorias: Curta-metragem; Videoclipe;Propaganda Publicitária Audiovisual; Videoarte; Vídeo-minuto, Vídeos de Bolso e Crítica de Audiovisual Brasileiro.

Cada pessoa pode inscrever no máximo três obras, em uma mesma categoria ou em diferentes categorias do evento.

Clique aqui para acessar informações, como endereços para envio de material, formato dos arquivos e documentação necessária.

Nas últimas edições do festival, aproximadamente 130 obras de 14 estados brasileiros e também de países como Cuba, EUA e França, foram inscritas.
Outras informações, acesse o site do Festival de Audiovisual de Belém ou envie um e-mail para falecomfab@gmail.com.

Belo Horizonte recebe o Festival INDIE de 03 a 09 de setembro

3 set

A partir de hoje, quinta-feira (03) Belo Horizonte recebe o festival INDIE, que comemora 15 anos de criação.  Ao todo, serão exibidos gratuitamente 65 filmes de 21 países, em sua maioria, inéditos; entre eles o longa Trago seu Amor, do brasileiro Dellani Lima, com sessão gratuita seguida de bate-papo com o público.

Captura de Tela 2015-09-03 às 14.19.14

Entre os destaques da programação, está a mostra Indie Brasil, que exibe seis filmes do cinema contemporâneo nacional e recebe todos os diretores para bate-papo com o público após as sessões de seus filmes.

O festival vai até quarta-feira (9) e conta também com a Mostra Mundial, com filmes inéditos na capital mineira, e a mostra As invenções de Jairo Ferreira, retrospectiva dedicada ao crítico de cinema e cineasta paulista que completaria 70 anos este ano.

A programação completa está disponível no site do festival INDIE.

Belas Artes

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1581 – Lourdes, Belo Horizonte – MG

Tel: (31) 3252-7232

 Cine Humberto Mauro

Endereço: Avenida Afonso Pena, 1537. Centro – Belo Horizonte – MG
Tel: (31) 3236-7333

SESC Palladium

Endereço: Rua Tupinambás, 956 – Centro – Belo Horizonte – MG

Tel: (31) 3270-8100

Semi-Permanent | Making Of

3 set

Raoul Marks foi chamado para desenvolver o Open Titles do Semi-Permanent deste ano. O resultado foi, segundo suas palavras, uma viagem surreal através do espaço, uma viagem no processo criativo e no desenvolvimento e crescimento do indivíduo. Do nascimento, até encontrar o seu próprio espaço criativo.

Screen Shot 2015-08-18 at 6.36.11 PM

O visual é lindo e a sensação de grandeza dos elementos que o astronauta encontra é incrível.

Raoul Marks também trabalhou em aberturas de séries como True Detective, The Man in the High Castle, Blacklist e outros clientes como Wired e MTV.

Making of:

Texto: Danilo Silveira
Fonte: Dope

Cristian Dimitrius e AMIRA na água | ARRI

2 set

Cristian Dimitrius é um vencedor do Prêmio Emmy como diretor de fotografia da vida selvagem, do quais incluem trabalhos para a BBC, National Geographic, Discovery Channel, TV Globo, History Channel e Animal Planet. Os projetos de Dimitrius o levou em locações remotas por toda a parte do mundo para filmar espécies ameaçadas da terra ou da água. Seu objetivo é expor ao público a beleza da natureza e inspirar o respeito e a conservação dos recursos da terra. Recentemente, ele filmou com AMIRA o SIRENS OF THE CRYSTAL RIVER; Dimitrius levou a ARRI AMIRA para debaixo d’água para filmar os peixes-boi selvagens na Flórida. Ele falou conosco sobre como é trabalhar com a câmera projetada para trabalhos ágeis e rápidos.Captura de Tela 2015-08-13 às 11.01.06 Por favor, descreva o filme e o que você pretendia capturar.
Para este trabalho eu precisava imagens do comportamento do peixe-boi nas águas do Crystal River, na Flórida. Anualmente, peixes-boi se agrupam durante o inverno e isso traz grandes oportunidades para fotografar esses animais carismáticos. Minha ideia era capturar o comportamento natural, algumas interações com a mãe e o filhote, o nado, imagens gerais e algumas surpresas, que geralmente acontecem quando fazemos filmagens da vida selvagem.

Como você descreveria o look que você estava buscando?
O mais natural possível, mas muito cinematográfico. Meu objetivo é combinar sempre imagens da vida selvagem e uma imagem cinematográfica, para provocar uma resposta emocional do público. No entanto, profundidade de campo não era a melhor opção para este filme, pois nós precisamos garantir foco em todo o animal, foi um pouco maior do habitual, mas ainda menor para os padrões subaquáticos regulares.Captura de Tela 2015-08-13 às 11.01.11Porque decidiu filmar com a AMIRA?
Nos últimos anos tive a oportunidade de trabalhar em uma grande produção da história natural no Brasil e a câmera principal foi a ARRI ALEXA. Eu me apaixonei por ela e no seu sensor, agora queria expandir a experiência que tive em terra para algumas filmagens subaquáticas, mantendo a mesma qualidade e look. Assim, para isso, não há nada melhor do que a irmãzinha da ALEXA, a AMIRA. Além disso, acredito que AMIRA foi a escolha certa, não apenas pela qualidade, mas pela eletrônica selada que poderiam trazer uma proteção extra contra umidade e eventuais respingos, que são comuns quando você está trabalhando em barcos e para o eficiente sistema de refrigeração, que é sempre muito bem-vindo no interior de uma caixa estanque. Tamanho e peso também foram considerados, então, eu acredito que esta foi a escolha certa.

Que tipo de caixa-estanque você está usando? Lentes? Workflow?
Eu usei a Hydroflex MK5 da ARRI Rental e uma lente Prime 20mm. Debaixo d’água, sempre usamos lentes abertas para minimizar a distância entre o sensor e o objeto. Isto é a perfeita escolha para diferentes tipos de filmagens (aberta, média e fechada), sem qualquer distorção. O workflow não foi fácil, pois tive que analisar as condições e ajustar a câmera antes de submergi-la. Para isso, tive um grande suporte da Debora e do Robert da equipe da ARRI de Fort Lauderdale. Uma vez que a câmera estava pronta, eu filmava até o cartão acabar. Por sorte, encontramos uma grande área onde alguns peixes-boi estavam somente para nós, portanto tive bastante tempo de conseguir as cenas que precisava.

O que você acha do tamanho e ergonomia da AMIRA?
Acredito que o tamanho, ergonomia e peso são ótimos para um único operador ou uma equipe pequena. Na terra, gosto de usar em ângulos baixos, fora do tripé, no ombro, e em um tripé se necessário. Debaixo d’água, dentro de uma caixa-estanque, pude manuseá-la facilmente por mim mesmo e tive a ajuda de outra pessoa apenas para colocá-la na água e trazê-la de volta ao barco. Esta é uma ótima câmera para produções da vida selvagem, pois nestes ambientes, precisamos trabalhar com uma equipe reduzida. A AMIRA se encaixa perfeitamente nesse mundo.Captura de Tela 2015-08-13 às 11.01.19Como as imagens saíram?
As imagens estavam maravilhosas considerando o pouco tempo que eu gastava dentro d’água. Tivemos mãe incrível e sua interação com seu filhote, bocejando, um agradável movimento do nado, cochilos engraçados e muitos peixes ao redor do peixe-boi. A visibilidade não era das melhores, mas conseguimos look natural do rio, que às vezes funciona muito bem em algumas produções. Como esperado, a textura, a cor e os detalhes eram ótimos e respeitadas as normas exigidas para um documentário high-end da vida selvagem. Isso é extremamente importante porque, como eu disse antes, as pessoas reagem a isso, mesmo sem perceber. Um look de vídeo não provoca a mesma ligação emocional à cena como um look cinematográfico. Quando filmamos a vida selvagem, quero que as pessoas assistam, se conectem e começam a se preocupar mais com a natureza, nós definitivamente precisamos desse look que esta câmera pode produzir.

Quais os tipos de produções que seria ideal em filmar com a AMIRA?
Acredito que ela seja uma ótima câmera para qualquer tipo de documentário especialmente quando o fotógrafo faz a fotografia sozinho ou não tem, ou não pode ter, uma equipe grande no set ou em grandes orçamentos. É mais fácil usar um único operador de câmera e combinar com uma excelente qualidade de imagem de uma construção robusta.
No mundo do documentário subaquático, a habilidade de filmar a 200fps pode fazer uma enorme diferença e como eu disse antes, os eletrônicos selados provêm uma proteção extra contra sujeira e umidade que fazem a diferença em ambientes agressivos. Eu me sentiria confortável tendo esta câmera nos Polos, em florestas tropicais, ilhas e até mesmo em caixas-estanques, sabendo que este sistema não me deixaria na mão.

Quais os próximos projetos que você tem?
Este ano, temos
muitas aventuras para filmar para o meu programa de TV, incluindo morcegos, baleias assassinas, crocodilos, macacos, cães da neve e hipopótamos. Além disso, há uma nova  série para a televisão a cabo, mas isto é topsecret (risos), e um grande projeto no Pantanal brasileiro para a TV canadense. Então, será muito tempo no campo! Apesar do trabalho de campo, estou trabalhando também com exposições e projetos educacionais no Brasil e em breve nos EUA, mostrando a natureza em shopping centers, locais públicos e escolas. Minha missão ao longo da vida é inspirar as pessoasa se apaixonarem pelo nosso planeta através de minhas imagens, despertando o desejo do conhecimento e conservaçãodo lugar e tudo o que podemos chamar de lar. Esta missão não termina nunca e ainda há muito o que fazer. A AMIRA é apenas uma grande parceira para me ajudar a conseguir isso.