AMIRA ao vivo com o modo Multicam na China | ARRI

14 jul

O popular programa de talentos da TV chinesa chamado I AM A SINGER, produzido por Hunan Television, recentemente terminou a quarta temporada com uma grande final, contando com inúmeros convidados, cantores internacionais, vencedores das temporadas anteriores, assim como 25 das estrelas pop chinesa mais influente. A equipe de produção utilizou 23 câmeras AMIRA para a quarta temporada com a transmissão broadcast ao vivo da grande final, utilizando o modo Multicam lançado com o SUP 3.0 e melhorado com o SUP 4.0 e ainda gravando em ProRes 422, Log C. Vários membros da equipe técnica por trás do I AM A SINGER, dividem aqui as suas experiências em trabalhar neste programa.post_01
Por que você começou filmando com AMIRA a terceira temporada de I AM A SINGER?
Lihong Zhou (diretor técnico, chefe do centro de controle de produção):
Principalmente pelo look cinematográfico. Preferimos o grande sensor da AMIRA, alta resolução e obviamente sua latitude, além disso eu esperava trazer algo a mais para o show com as novas mudanças destes pontos fortes da AMIRA. Depois de filmar com a câmera por duas temporadas, ganhamos uma experiência valiosa, a qual tem nos ajudado a direcionar a Hunan Television daqui para frente.post_03

Liang He (gerente de equipamento, chefe da seção de equipamentos de pré-produção): Compramos as câmeras AMIRA principalmente para gravar I AM A SINGER, mas para o nosso canal de TV é mais do que isso. Poderíamos ter locado apenas para esse programa, mas a consideração mais importante é que a Hunan Television pode se beneficiar desta tecnologia atualizada. No início tivemos algumas opiniões divididas sobre fazer esse grande investimento em novas câmeras, mas o sucesso da terceira temporada foi reconhecido pelo pessoal da indústria, que foram muito positivos com a alta qualidade de imagem e latitude para uma produção de TV. Um ano usando AMIRA, tornou evidente que esta é a tendência para a TV, temos que ter a coragem de abraçar o avanço tecnológico.

Também vale a pena mencionar que AMIRA está sendo constantemente atualizada e adaptada para diferentes ambientes de produção. Em 2014 tivemos o SUP 1.0 e o 1.1 da AMIRA; no ano passado, evoluiu através de 2.0 e 3.0 e agora, em 2016, estamos caminhando para o 4.0. Com a final do I AM A SINGER da quarta temporada, a AMIRA foi totalmente adaptada para gravar reality shows. É uma câmera tão versátil que podemos usá-la para programas ao vivo, vídeos promocionais ou como uma câmera de estúdio, por isso acaba sendo muito rentável.

Shichuan Huang (diretor da seção de câmera do show): Com um investimento tão grande, tivemos que passar por uma avaliação rigorosa, por isso, fizemos vários testes com câmeras do mercado. Após a comparação de imagem e correção de cor, sentimos que as imagens ARRI tiveram a melhor qualidade em geral e uma sensação cinematográfica. Nossos operadores de câmera que operaram a AMIRA, sentiram que houve um ligeiro aumento de peso, mas todo o restante senti como se estivesse com câmeras broadcast tradicionais e, claro, a qualidade da imagem era muito melhor.post_02O workflow foi eficiente?
Lihong Zhou:
Quando estávamos gravando a terceira temporada, a AMIRA era a recém-chegada na nossa produção. Filmamos em Log C e fizemos a correção de cor na pós, e no geral foi bem sucedida, mas houve algumas falhas com a integração em nosso sistema. Com o auxílio da ARRI, a quarta temporada trouxe grandes melhorias, especialmente no ajuste de cor, na configuração da câmera e no balanceamento entre elas. Isto pode parecer trivial, mas importa muito para uma transmissão ao vivo. Ao resolver uma série de questões técnicas, estabelecemos, um workflow flexível e confiável.

Li Jiang (visual designer): Na terceira temporada, usamos apenas um sinal HD básico da AMIRA, mas este ano conseguimos integrar a AMIRA com o nosso sistema Sokong EFP, o que nos permitiu controlar íris em lentes que vão desde zooms de cinema a lentes broadcast HD grande angulares, além de lentes box. Ela se integrou muito bem em nosso workflow tradicional de TV ao vivo e até agora estamos muito satisfeitos com a AMIRA.post_04Chao Zhang (engenheiro de vídeo): O sinal de saída das câmeras ia para o Sokong CCU para ajustar a íris, temperatura de cor, gama e o look, e depois, eles retornavam ao diretor para fazer o corte e depois para a transmissão. No ano passado, contratamos operadores para esses ajustes, mas neste ano conseguimos controlar a íris e exposição com nossa dedicada equipe técnica. Ela libertou os operadores e simplificou muito o workflow. Usando câmeras de estilo cinema para a TV ao vivo, foi uma grande inovação e estabeleceu um exemplo para a indústria. Acredito que vale a pena o esforço e que vai ser muito proveitoso.

Comparando com câmeras broadcast tradicionais, qual a diferença de filmar com a AMIRA?
Shichuan Huang:
A diferença foi marcante: a AMIRA tem muito mais sensibilidade e qualidade geral de imagem, e, portanto, não temos que usar um monte de luz. Com uma maior tolerância para a exposição, podemos equilibrar facilmente as imagens na pós, permitindo nos concentrar mais na criação.

Jiabei Peng (operador de câmera): A AMIRA tem bela reprodução de cores e alta sensibilidade. A iluminação era bastante fraca quando estávamos fazendo ensaios gerais, tivemos que aumentar o ISO para 3200, mas tudo parecia bem. Para um programa de TV, a qualidade da imagem foi um grande passo graças a AMIRA. Na pós, o material foi bem flexível e tinha uma maior latitude para manipular do que outras câmeras, e o novo EVF com a nova ótica, fez o foco manual, muito mais fácil.post_05Linxuan Zhou (operador da grua studio 400): A lente Canon 17-120mm tem um campo de visão diferente na AMIRA em comparação com câmeras broadcast tradicionais. Eu, principalmente, usei lentes broadcast com o adaptador B4. A profundidade de campo era menor, então, tinha que tomar um cuidado extra com o foco. As imagens de AMIRA no modo Rec 709 parecia mais viva, com mais detalhes nos highlights e nas sombras. O sistema de menus da câmera é o mais intuitivo que já usei. Às vezes, quando estávamos seguindo um assunto e tínhamos que se mover para trás, ocasionalmente batíamos com a câmera na parede, mas a AMIRA é tão robusta, que nunca tivemos qualquer problema.

Como e onde foram usadas as 23 AMIRAS?
Shichuan Huang:
A configuração variou, mas durante transmissão ao vivo, usamos sete AMIRAs para acompanhar os cantores e outras sete com os seus agentes. Além disso, também tínhamos duas salas de entrevista, cada uma com uma AMIRA em um dolly e outra fixa. Os juízes tinham uma AMIRA sobre eles e as outras foram usadas na grua studio 400 ou na área do público ou para cortes.

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s