AVID – Parte 1 | Marcello Caldin

29 ago

00

Sejam todos bem-vindos à esta nova série de matérias sobre o tema: AVID. Vamos falar sobre este universo maravilhoso e desafiador, que a AVID nos proporciona, mas sempre sobre o ponto de vista do usuário final. Vamos em frente!!!

site_nexis_pro

Todos nós já ouvimos falar sobre ambiente colaborativo em vídeo, certo? Basicamente, é a utilização de um servidor de mídia compartilhada entre diversas estações de edição, áudio e finalização. Ou seja, é o sonho de consumo de toda a produtora de filmes e vídeos. Hoje eu gostaria de falar justamente sobre esse assunto, que envolve um investimento escalonável e um desafio na organização do fluxo de trabalho. Hoje o tema é: AVID Nexis Pro!!!

Primeiro, vamos fazer uma simples reflexão: Quantos discos rígidos externos existem conectados à sua estação de trabalho? Muitos, certo? E quanto de investimento você já empatou nisso? Acredito que você nem saberia ao certo quantificar… Pois bem, está é a realidade da maioria de empresas de filmes e vídeos no Brasil.

Segundo, responda a apenas mais uma pergunta: Esse seu investimento em discos rígidos externos ainda será funcional nos próximos anos? Provavelmente não, pois você terá discos rígidos com conexões antigas e lentas. A questão de se fazer um investimento programado, talvez fosse uma escolha mais produtiva.

site_nexis_pro02

Uma informação que poucos conhecem aqui no Brasil, é que a AVID além de produzir e desenvolver programas como o Media Composer e o Pro Tools, fabrica também servidores de mídia de alta performance e confiabilidade. Ao redor do mundo, as emissoras de televisão, produtoras de filmes e de vídeo, que necessitam de um equipamento funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana, escolhem  um servidor AVID.

O Nexis Pro chega com a proposta de ser o seu primeiro servidor de mídia compartilhada e com um custo muito acessível e dentro da realidade econômica do país. Você pode conectar até 24 estações de trabalho através da sua rede. E o mais importante, não faz diferença se você utiliza uma estação Windows ou Mac. Vamos observar com mais atenção tudo o que o Nexis Pro pode fazer por você:

Hoje, talvez falar de um servidor com capacidade de 20 TB possa parecer um exagero, mas acredite, que em pouco tempo, você necessitará de mais espaço ainda em seu servidor. O Nexis Pro pode ser facilmente ampliado com a adição de até 3 novas unidades. Assim, você terá uma capacidade máxima de 80 TB e com uma taxa de dados de 1.200 MB por segundo!!!

site_nexis_pro03

Mas acreditem, não é apenas de investimento, que se desenvolve um fluxo de trabalho funcional. É fundamental, que se crie uma mentalidade de colaboração!!! Eu já passei por diversas experiências trabalhando nesse assunto e sim, é uma mudança que acontece através do treinamento de cada profissional em sua estação de trabalho.

Cada empresário precisa entender, que a sua produtora é um universo paralelo e têm as suas regras e leis. E sobretudo, precisa determinar como esse fluxo de trabalho será aplicado na prática. Desde o tipo de formato escolhido para a captação das cenas, até o CODEC para a masterização dos materiais aprovados pelos clientes. Tudo isso envolve o uso correto da capacidade do servidor de mídia compartilhada. Se você conseguir entender, que através do Nexis Pro, a sua empresa se transforma em uma pequena emissora de televisão, então os meus esforços de informação terão êxito.

Serão muitos profissionais acessando as mesmas mídias, gerando novos projetos de edição de vídeo, de áudio, de color grading, etc, mas centralizados no mesmo equipamento. É praticamente um organismo vivo, respirando e se multiplicando a uma velocidade incrível.

Certa ocasião eu estava desenvolvendo o novo fluxo de trabalho em uma das emissoras da Rede Globo e tínhamos a seguinte realidade: duas novas câmeras RED 4K, uma estação AVID Media Composer e outra Symphony. O nosso objetivo era o de criar o novo departamento de Cinema Digital e a equipe de editores e coloristas, ainda não tinha trabalhado com esses programas de edição não-linear e o esforço foi bastante recompensador. Claro que no início encontrei uma ressistência diante das mudanças no fluxo de trabalho, mas a cada dia de treinamento, a organização que a AVID proporcionava à equipe, comprovava que os novos protocolos técnicos estavam se transformando em uma excelente realidade.

Tenha sempre em mente, que o seu fluxo de trabalho é desenvolvido através de investimento, treinamento e organização. E o mais importante, a organização é implantada através da criação de novos protocolos técnicos, que determinam os corretos procedimentos em cada estação de trabalho. Todos os profissionais precisam falar a mesma língua, ou seja, precisa haver um consenso.

Eu sempre aprendo muito, quando estou  desenvolvendo um novo fluxo de trabalho dentro de uma produtora ou emissora, porque a dinâmica é incrível diante das colaborações de cada profissional. Novas idéias são propostas. Novos caminhos são experimentados. E assim, novos resultados são alcançados. E vamos em frente!!!

Sobre Marcello Caldin:

  • Editor e Colorista de filmes e comerciais desde 1989.
  • Instrutor de AVID Media Composer e Symphony.
  • Instrutor de Blackmagic Design DaVinci Resolve.
  • Consultor Técnico para emissoras de televisão e produtoras (Rede Globo).
  • Repórter Fotográfico (Pastoral da Criança e Instituto GRPCOM).
  • Criador do Workshop: “O Fluxo de Trabalho – Uma reflexão sobre o uso inteligente da tecnologia.”

Contato: marcellocaldin@marcellocaldin.com

Matérias antigas:

https://oeditor.com/category/marcello-caldin/

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s