Panavision Millennium DXL 8K | Review

7 nov

site_panavision

As novidades não param de me surpreender… Imagine se você unisse em uma única câmera a Panavision, a RED e a Light Iron? Pois então, você teria a nova Millennium DXL 8K. Vamos em frente!!!

 

  • Millennium DXL 8K
  • Sensor CMOS 35 Megapixel (8.192 x 4.320)
  • 16 bit profundidade de cor
  • 15 escalas de alcance dinâmico
  • 60 quadros/segundo em 8K  (8.192 x 4.320)
  • 75 quadros/segundo em 8K (8.192 x 3.456)
  • Arquivo 8K RAW .R3D
  • Arquivo 4K Proxy em ProRes e DNxHR
  • Perfil de cor Light Iron Color
  • Controle sem fio de lentes Primo 70
  • Código de tempo sem fio
  • Seis saídas de vídeo

Quando se faz uma transição tão intensa no tamanho final das imagens, neste caso falo especificamente do 8K, tudo deve ser repensado, inclusive pelas lentes utilizadas. Por isso, a Panavision desenvolveu uma linha de lentes para formatos grandes como o 8K e também é a primeira fabricante desenvolvendo lentes anamórficas, destinadas ao cinema digital.

Mas isso não é o suficiente… Uma nova ciência de cores também precisa ser desenvolvida e aplicada a essa tecnologia. A Light Iron Color é a resposta da Panavision para essa nova maneira de se trabalhar formatos grandes, mas com uma ciência de cores adequada.

Já é o suficiente? Não, pois ainda falta o sensor 8K, que foi desenvolvido pela RED. Por isso, avalie dessa maneira:

  • Lentes Panavison
  • Sensor RED 8K
  • Light Iron Color (Panavison)

Cada um desses fabricantes estão unidos em um único propósito… Fazer Cinema Digital!!! Vale ressaltar, que a Light Iron é uma empresa criada pela Panavion e mesmo eu citando que são três empresas distintas, ainda assim, para falar de uma maneira bem simples, é a união entre a Panavision e a RED, que desdobra-se em Millennium DXL 8K.

 

Quando se pensa em tecnologia, então se pensa em desenvolvimento de múltiplas áreas. Não é o suficiente criar novos e maiores sensores, se a ciência de cores não evolui e não temos lentes com a capacidade de registrar imagens nessa escala. Percebam, que tudo evolui simultaneamente, apesar que as vezes em velocidades distintas. Ainda espero por avanços mais significativos em relação à gravação de mídia e repenso, se não estamos à beira de uma nova tecnologia de cartões de memória.

Mesmo estando diante de uma câmera destinada apenas às grandes produções do cinema americano, ainda assim, você deve estar sempre observando as direções que a tecnologia está tomando, pois isso meus amigos, chegará ao seu tempo a todos nós. Acostume-se a esta insana escala de desenvolvimento tecnológico, pois isso, é um fator definitivo na indústria de imagens e estude sempre como absorver isso ao seu fluxo de trabalho. E vamos em frente!!!

00

Sobre Marcello Caldin:

  • Editor e Colorista de filmes e comerciais desde 1989.
  • Instrutor de AVID Media Composer e Symphony.
  • Instrutor de Blackmagic Design DaVinci Resolve.
  • Consultor Técnico para emissoras de televisão e produtoras (Rede Globo).
  • Repórter Fotográfico (Pastoral da Criança e Instituto GRPCOM).

Workshop PixelCor & DaVinci (19 Novembro). Clique aqui

Workshop O Fluxo de Trabalho (On-line e Presencial) Clique aqui.

Matérias antigas: Clique aqui

Contato: marcellocaldin@marcellocaldin.com

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s