Documentário imersivo em VR “Into the Now” filmado com Blackmagic Micro Studio Camera 4K

1 out

Contado através da jornada pessoal de Muller com a sua própria superação do medo de tubarões, o filme aborda as questões urgentes enfrentadas pelos nossos oceanos, como a mudança climática, a poluição e a pesca predatória, ao mesmo tempo que serve como uma ferramenta educacional para que o público possa vivenciar os oceanos em primeira mão através do VR. Produzido pela RSA VR e a Vanishing Oceans, LLC, o filme estreou no Festival de Cinema de Tribeca este ano e também foi exibido no Festival de Cannes e no Sandbox Immersive Festival, como parte da Semana Internacional de VR de Qingdao.Além disso, o filme é parte de um projeto de pesquisa em curso com o departamento de neurologia da Universidade de Stanford sobre os benefícios do VR para pessoas sofrendo de TEPT e outros transtornos de estresse. Muller e Andrew Huberman, chefe do departamento de neurologia da Universidade de Stanford, juntos de uma equipe com cinco cientistas da universidade, inicialmente gravaram um vídeo comercial, o que fez com que Muller percebesse a necessidade de um sistema de câmera de melhor qualidade para realizar o tipo de filme que desejava.

“O desafio era que eu só tinha dois meses e meio para angariar fundos para viajar pelo mundo e precisava de um sistema de câmera que ainda não existia. Os animais são migratórios, então o relógio tinha começado a correr”, disse Muller. “Precisava da resolução 4K em um fator de forma compacto, com genlock e um encaixe de lente intercambiável, entre outras coisas. Por sorte, conheci Casey Sapp e Matt DeJohn da VRTUL, e eles construíram uma solução: o rig VRTUL 1 usando as câmeras Micro Studio 4K da Blackmagic Design.”A VRTUL (www.VRTUL.co), baseada em San Diego, é uma empresa de produção e soluções VR de ação real. Criados e construídos em apenas oito semanas, cada um dos dois rigs VRTUL 1 consistia de nove câmeras Micro Studio 4K, juntas de um Mini Converter SDI Distribution, um Mini Converter Sync Generator e um Blackmagic 3G-SDI Shield for Arduino. Ambos os rigs foram utilizados simultaneamente como sistemas primários e de backup.

“A Micro Studio Camera 4K era a melhor solução por muitas razões”, explicou Muller. “O genlock garantiu que as câmeras mantivessem um sincronismo perfeito, principalmente porque as configuramos em pares nativos de 3D estereoscópico. O fator de forma também foi fundamental, já que o tamanho pequeno da câmera permitiu que simulássemos a distância interpupilar humana para um efeito 3D realista, com as câmeras giradas a 90 graus. Além disso, a resolução 4K em combinação com as nossas escolhas de lente nos ofereceu a densidade de pixels necessária para que conseguíssemos costurar a imagem final em uma resolução de até 6K. Para completar, o sinal 422 permitiu que capturássemos um arquivo ProRes de alta qualidade via um gravador externo, que oferecia melhor flexibilidade com as cores na pós em comparação com outras câmeras VR que dependem da compactação H.264.”

Adicionalmente, o Blackmagic 3G-SDI Shield for Arduino, a porta de expansão da Micro Studio Camera 4K e o Blackmagic SDI Control Protocol unificaram todos os controles de câmera, assim Muller e sua equipe puderam controlar todas as câmeras simultaneamente através de um teclado personalizado. O Mini Converter SDI Distribution permitiu que a equipe duplicasse o sinal do Mini Converter Sync Generator, e o Mini Converter Sync Generator garantiu o sincronismo dos obturadores entre todas as câmeras.

A filmagem foi realizada ao longo de um ano e levou Muller e sua equipe por todo o mundo. “Obviamente, eu poderia ter continuado e tinha planejado isso em algum momento, mas para a primeira série de filmes, eu tinha que me limitar a nove expedições voltadas para as coisas mais legais de se ver nos oceanos. Da África aos Galápagos, nós realmente cruzamos o planeta, gravando sem parar para conseguir terminar em tempo para o lançamento em 2018,” contou.

Anúncios

Divulgue! www.oeditor.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.