Arquivo | dezembro, 2018

Blackmagic Design Impulsiona Streaming de Orbital Redux, Seriado de Sci-Fi do Project Alpha

13 dez

Orbital Redux foi criada pelo roteirista/diretor Steven Calcote do Butcher Bird Studios. Sua paixão pela ficção e fatos científicos o motivou a idealizar uma história que combinasse ambos. “Meu trabalho como diretor muitas vezes se concentrou na interseção entre a tecnologia de ponta e a humanidade”, disse Calcote. “No entanto, depois de uma década de telas planas interativas e sistemas pervasivos autônomos, comecei a questionar o que aconteceria se hackers e vírus de computador com inteligência artificial começassem a criar sistemas computadorizados nos quais não pudéssemos confiar.” “Orbital Redux” representa um retorno ao conceito das missões espaciais da época da Apollo: milhares de botões, controles e dials, tudo devido à falha da tecnologia de ponta. A história, contada em oito episódios interpretados e transmitidos ao vivo, gira em torno de dois pilotos encarregados de transportar um recurso crítico imprescindível da Lua até a Terra: Hélio-3. Apesar da falha da tecnologia, a Terra ainda necessita desse recurso que só pode ser obtido através de missões espaciais. “Orbital Redux” segue Zachery “Max” Levodolinksy, um ex-astronauta seguindo sua vida depois que a verba da NASA se esgota, colocando um ponto final em todos os projetos empolgantes e heróicos da agência. A história se desenvolve quando Max é encarregado de treinar um novo piloto do programa espacial. Depois de se estranharem em um primeiro momento, uma vez que o novato é contratado para substituir Max, os dois precisam unir forças para sobreviver mais tarde quando uma viagem de retorno à Terra dá errado.

No entanto, Calcote e seus colaboradores da Butcher Bird não queriam fazer um seriado de sci-fi comum. Eles se perguntaram: “de que maneira podemos diferenciar essa história de todas as outras séries de ficção científica por aí?” A resposta? Fazer ao vivo. Calcote, com apoio do produtor associado Griffin Davis, recorreu à Blackmagic Design para ajudar a solucionar praticamente todos os desafios técnicos envolvidos em um projeto como esse.

“Os equipamentos Blackmagic tiveram um papel fundamental na nossa produção. Sem eles, não conseguiríamos realizar o nosso programa”, disse Davis. “Usamos as câmeras Blackmagic URSA Mini, URSA Mini Pro e Micro Studio Camera, além de vários switchers ATEM. Com tantos equipamentos tecnológicos diferentes sendo roteados através da nossa central de controle, queríamos ter certeza de que a comunicação entre eles ocorreria de maneira fluida. Como vínhamos usando equipamentos Blackmagic Design no nosso programa ao vivo ‘Butcher Bird Presents’ desde o ano passado, a decisão de realizar ‘Orbital Redux’ somente com produtos Blackmagic Design veio naturalmente.”A produção usou dez câmeras, incluindo os modelos URSA Mini Pro, URSA Mini 4.6K e Micro Studio Camera, todas alimentando HyperDecks para gravar as alimentações isoladas, que depois eram roteadas via um ATEM 2 M/E Production Studio 4K para a edição ao vivo. Todas as câmeras eram controladas através do ATEM 1 M/E Advanced Panel. Um Blackmagic ATEM Television Studio Pro 4K adicional transmitia as alimentações aos monitores internos, para que os atores pudessem reagir no set e serem captados pelas câmeras ao vivo.

“Organizamos nosso controle de missão em termos de vídeo interno e vídeo externo”, disse Davis. “Quando dizemos vídeo interno, nos referimos às imagens do interior da nave, gerenciado pelo Adam Fair. O vídeo externo é aquele transmitido ao vivo para o público, pelo qual eu sou responsável. Adam também gerenciou dois HyperDeck Studio Mini carregados com centenas de gráficos que podiam ser utilizados para customizar as sobreposições exibidas nos monitores do set.”Para o cinegrafista Steven Moreno, o planejamento das posições de câmera foi um dos maiores desafios. O set foi desenvolvido de maneira criativa para acomodar ângulos de câmera opostos pelo cenário com ajuda de painéis, monitores e paredes que giravam silenciosamente, permitindo que os operadores posicionassem as câmeras para determinados ângulos no set e depois saíssem discretamente do campo de visão para outra câmera.

“Houve uma longa discussão sobre o posicionamento de câmera, pois tivemos que ensaiar as marcações de cada episódio no casco vazio da Tsiolkovsky (o cenário da nave) assim que ele começou a ser construído”, disse Moreno. “Conforme nos movimentávamos pelo cenário, determinamos de onde seria feita a cobertura de câmera e onde precisaríamos de portas e janelas para as câmeras. Os responsáveis pela construção da nave e o departamento de arte tiveram que encontrar uma maneira de esconder os painéis e projetar como eles abririam, fechariam e desapareceriam no cenário.”

Continue lendo

Anúncios

Curso Direção Cinematográfica Online | AIC

11 dez

Fala galera, tudo bem? Acabei de fazer minha inscrição no curso Direção Cinematográfica Online, uma ótima oportunidade de dominar as ferramentas básicas para pensar a direção de uma cena ou de um filme.

Através de análises e da feitura de exercícios práticos, você desenvolve e apreende a gramática do cinema clássico. Com aulas semanais ao vivo pela internet, o Curso de Direção Online da Academia Internacional de Cinema (AIC) traz as ferramentas básicas de direção cinematográfica para que o aluno aprenda a dirigir projetos a partir da linguagem cinematográfica clássica.

O aluno aprende as diferenças entre tipos de direção, trabalho de câmera, diferentes estilos e planos, trabalho de direção com os atores, além de aprender a planejar o seu trabalho desde o início do projeto audiovisual até a pós-produção. A dinâmica do curso passa por exercícios práticos semanais e analises de cenas. Ao todo são 8 aulas ao vivo pela internet, uma por semana, (caso não consiga comparecer na hora agendada, a aula fica gravada e disponível na plataforma para ser acessada depois), além de conteúdo textual, exercícios de engajamento para fixação do conteúdo e um exercício prático por semana. Ou seja, a dinâmica semanal de estudo no curso online é a mesma toda semana.

Começa com uma aula ao vivo, seguida da leitura de matérias complementares e exercícios de engajamento, download de materiais, vídeos e modelos, realização de parte do projeto final, envio da atividade para revisão e feedback do professor.

Próxima turma: Início 11 de Fevereiro de 2019.
48h | 8 semanas. Término previsto: 14/04/2019.
Aula ao vivo: Segundas-Feiras 21:00 às 22:00.
Entrega dos exercícios: Quinta até 21:00
Correção e devolutiva: Domingo até 21:00.

Walter Salles, Fernanda Montenegro e Vinícius de Oliveira são os entrevistados da semana no “Cinejornal”

7 dez

No “Cinejornal” deste sábado, dia 8, o repórter Kiko Mollica entrevista Walter Salles, Fernanda Montenegro e Vinícius de Oliveira. O diretor e os protagonistas de “Central do Brasil” falaram sobre o filme que em 2018 está comemorando 20 anos e voltou aos cinemas em importantes festivais. Exibido em cópia restaurada em 4k e com uma nova edição em DVD, o longa é um dos responsáveis pela retomada da produção do cinema brasileiro após a sua interrupção durante o governo Collor.

“Eu acho que o filme faz parte de um movimento maior que é de todos os filmes da Retomada que buscam um reflexo de um país que não se via na tela por muito tempo. Eu acho que nós fomos em busca desse reflexo e, ao mesmo tempo, o público também estava interessado em se reencontrar, em se ver de novo numa tela grande de cinema”, analisa Walter Salles.

Uma das produções brasileiras mais premiadas da história, o filme recebeu mais de 50 prêmios internacionais. Merecem destaque o Urso de Ouro no Festival de Berlim e o Urso de Prata de Melhor Atriz para Fernanda Montenegro e a consagração como Melhor Filme Estrangeiro no BAFTA, em Londres, e no Globo de Ouro, em Los Angeles. Também vale lembrar que foi com “Central do Brasil” que os brasileiros concorreram ao Oscar pela última vez. Numa edição em que também emplacou Fernanda Montenegro entre as indicadas a melhor atriz.

A conversa, gravada em um hotel na capital paulista durante a Mostra Internacional de Cinema, resgata motivações, encontros e lembranças das filmagens. Traz os três entrevistados satisfeitos com a possibilidade de dividir com o público a trajetória de afeto que foi realização deste clássico do cinema brasileiro.

Chegou meu presente de Natal | Duplic Vídeo

6 dez

Acabei de receber meu presente de Natal da Duplic Video! E que presente lindo, funcional e incrível !!! Um Zhiyun Smooth 4, super recomendo você ter um!!!

A Duplic Vídeo para quem não conhece, é uma empresa especializada em locação e venda de equipamentos profissionais para produção audiovisual. Atende emissoras de TV, produtoras de vídeo, agências de publicidade, igrejas, universidades, entre outros segmentos. Obrigado pelo presente Duplic Video e Mauro Pereira, vocês são incríveis!!

O Estabilizador de Smartphone Zhiyun Smooth-4 foi projetado para fornecer funções de estilo cine para criadores de conteúdo usando seus telefones celulares para captura de vídeo.

Ligue ou faça uma visita para o Mauro Pereira!

Rua Quatá, 52, Jardim do Trevo, Campinas/SP • CEP 13040-013

Site: www.duplicvideo.com.br

Telefones: (19) 3238-6010 | 3238-7261 | 3241-3319

Whatsapp: (19) 97125-5544

E-mail: vendas@duplicvideo.com.br 

Christie fará projeção da maior tela laser RGB da América Latina na CCXP

6 dez
A Christie®, líder em criação e compartilhamento das melhores experiências visuais e de áudio no mundo, tem o prazer de anunciar que seu projetor laser RGB – Christie CP42LH será utilizado na CCXP, o maior festival de cultura pop do planeta, que acontecerá de 6 a 9 de dezembro em São Paulo, no Brasil, para dar vida à maior projeção a laser RGB da América Latina.
A tela gigante terá 25 metros de largura por 10 metros de altura e ficará localizada em um espaço externo ao Auditório Cinemark XD, que terá capacidade para 3500 pessoas. A tela gigante será usada para mostrar a transmissão ao vivo de todo o programa do Omelete focado apenas na CCXP, bem como vídeos promocionais e entrevistas. “Um festival que recebe as maiores marcas do entretenimento do mundo e grandes nomes da indústria, precisa de uma projeção à altura. Ter a inovadora Christie como parceira é ter a certeza absoluta de que a qualidade estará garantida também nesse aspecto”, diz Erico Borgo, Chief Geek Officer da Omelete Company, a empresa que organiza o evento juntamente com Chiaroscuro Studios e PiziiToys.
O projetor laser RGB CP42LH que será usado para iluminar esta tela possui tecnologia 3DLP®, alta resolução de 4K (4096 x 2160 pixels) e um total de 60.000 lumens. É uma solução para grandes telas que produz um espectro de cores que vai além do espaço de cor DCI P3 e até mesmo o Rec. 2020.
Para o gerenciamento de todo o conteúdo, será utilizado também o processador Christie Spyder X80, vencedor do prêmio de Melhor Produto/Display do Live Events InfoComm 2017. Este é o único processador de vídeo com capacidade para gerenciar 4K a uma taxa de atualização de 60Hz em um único canal.

Continue lendo