Arquivo | fevereiro, 2019

“Blackmagic Design” faz parceria com Faculdade de Artes Cinematográficas

13 fev

A Blackmagic Design fez uma parceria estratégica com a Faculdade de Artes Cinematográficas da Universidade do Sul da Califórnia (USC) para fornecer hardware e software Blackmagic à faculdade por três anos. Os produtos serão usados pelos alunos estudando produção e pós-produção cinematográfica, e os alunos do curso de produção broadcast agora terão a oportunidade de trabalhar com Ultra HD na estação televisiva da faculdade, Trojan Vision.Durante a parceria, a Blackmagic Design fornecerá câmeras URSA Broadcast e URSA Mini Pro Cinema, switchers ATEM 4 M/E Broadcast Studio 4K, painéis ATEM Camera Control, gravadores HyperDeck Studio Pro e painéis Resolve Micro e Resolve Mini.

“A Blackmagic é conhecida por oferecer equipamentos de alta qualidade considerados bem acessíveis pelos cineastas e criadores de conteúdo”, disse Elizabeth Daley, diretora da Faculdade de Artes Cinematográficas. “Estamos muito animados por nossos alunos poderem usar ferramentas da Blackmagic Design, pois sabemos que eles estarão mais bem preparados para os ambientes de trabalho que encontrarão após a graduação.”

A parceria com a Blackmagic Design fornecerá um upgrade significante aos equipamentos usados pelos alunos da universidade que criam a programação da Trojan Vision, a estação televisiva premiada da Faculdade de Artes Cinematográficas transmitida online e aos moradores de Los Angeles.Greg Vannoy, que supervisiona a Trojan Vision, comentou: “Apesar de transmitirmos em HD, o upgrade nos dá a capacidade completa do Ultra HD, o que acreditamos criar um ambiente melhor de aprendizagem para nossos alunos.” O estúdio, que fica localizado no Robert Zemeckis Center for Digital Arts, agora contará com câmeras URSA Broadcast, switchers ATEM 4 M/E Broadcast Studio 4K, painéis ATEM 1 M/E Advanced e ATEM Camera Control, uma gama enorme de componentes de roteamento e gravadores HyperDeck Studio Pro, transformando a instalação em um ambiente de ensino moderno.

“Estamos empolgados, pois alguns dos criadores mais jovens e talentosos da indústria de mídia estarão consistentemente aprendendo e usando nossos produtos e estamos ansiosos para ver o que acabarão criando”, disse Grant Petty, diretor executivo da Blackmagic Design.

Além dos equipamentos broadcast, a parceria viabiliza painéis DaVinci Resolve Micro aos estudantes de tratamento de cor. Os alunos terão acesso ao DaVinci Resolve Studio e os instrutores terão os painéis DaVinci Resolve Mini para uso nas suas aulas. Várias câmeras URSA Mini Pro serão usadas para as produções dos alunos.

“É importante que nossos alunos aprendam em um ambiente bem semelhante ao da indústria”, disse Meri Weingarten, diretora da divisão de Tecnologia e Mídias Digitais na faculdade. “Sabemos que isto aprimorará as suas competências.”

“Mal podemos esperar para oferecer a URSA Mini Pro aos nossos alunos. A Blackmagic fez um trabalho excelente criando uma câmera compacta e multifuncional que capta imagens lindas”, disse Vannoy. “Estamos sempre interessados nas melhores e mais recentes ferramentas usadas na indústria e estamos animados para ver o que nossos alunos farão com a URSA Mini Pro.”

Anúncios

Cinegrafista Roy Wagner ASC filma “Stand!” somente com câmeras Blackmagic Design

5 fev

O enredo de “Stand!” é baseado na greve geral ocorrida em Winnipeg em 1919, um evento que inspirou movimentos atuais como o “Occupy” e inúmeras lutas sindicais ao longo da história. Dirigido por Robert Adetuyi (“O Poder do Ritmo”, “Febre Urbana”), o filme adota um formato musical para contar uma história de amor no estilo Romeu & Julieta, utilizando as manifestações violentas da época como pano de fundo. Estrelado por Gregg Henry (“Guardiões da Galáxia”), Laura Wiggins (“Shameless”), Marshall Williams (“Glee”) e Hayley Sales (“Deadpool 2”), “Stand!” estreia nos cinemas em 2019.

Slide

Para filmar em locação em Winnipeg, Roy precisava de um sistema de câmera confiável, capaz de lidar com as condições rigorosas inerentes às filmagens ao ar livre, mas que fosse fácil de usar. “Fiz vários testes com esta câmera e concluí que ela é extremamente competitiva quando comparada à maioria dos sistemas de câmera mais caros. A equipe de câmera nunca havia usado a URSA Mini Pro, e mesmo assim conseguiu tirá-la da caixa e deixá-la totalmente pronta para a ação em menos de três dias.”

O estilo de fotografia exigia um contraste na iluminação dinâmica, sombras bem detalhadas e realces brilhantes, portanto era necessário utilizar uma câmera com enorme latitude de exposição. “O que me surpreendeu ao filmar com a Blackmagic URSA Mini Pro foi que, apesar das condições de baixa luminosidade, conseguimos captar pretos densos e ricos. Optamos por um estilo bastante agressivo, e as imagens nos deram bastante flexibilidade para interpretação na pós-produção”, disse Adetuyi. Wagner ficou extremamente satisfeito com o nível de detalhes nas sombras. “A resolução, a nitidez e o alcance dinâmico irão agradar os cinegrafistas mais exigentes. Nós filmamos com gelo seco, filmamos por trás de camadas de renda e tecidos trançados, o que teria causado serrilhamento com outras câmeras.”

Ao longo de sua obra, Wagner desenvolveu um estilo singular, sem medo de contrastes, que abraça a trama e a fotografia. Ele foi responsável pelo visual de seriados diversificados e inovadores como “CSI”, “House” e “Elementar”. Vencedor de múltiplos prêmios Emmy, Wagner também é membro da Sociedade Americana de Cinegrafistas (ASC) e membro honorário da Real Sociedade de Fotografia do Reino Unido (RPS).

Além disso, ele testemunhou a transição do processo químico para digital e participou ativamente do desenvolvimento inicial das imagens em alta definição, fotografando o primeiro episódio de “Pasadena”, a primeira série televisiva de alta resolução. Embora seja um entusiasta de novas tecnologias, nem sempre fica satisfeito com os resultados. “Realizei vários testes com a URSA Mini Pro e notei que era possível deixar os realces superexpostos para atenuá-los posteriormente durante a pós-produção”, disse Wagner. “Pude controlar o contraste conforme fazia na época do processo químico de revelar negativos. Fiquei impressionado com a qualidade dos tons de pele. Não foi necessário usar filtro de gel Cosmetic Rouge na luz principal como tive que fazer com praticamente todas as outras câmeras digitais.”

A Christie tem a pré-visualização do Christie View no ISE 2019: uma maneira totalmente nova de ver conteúdo

5 fev
A Christie®líder na criação e fornecimento das melhores experiências visuais e de áudio do mundo, está oferecendo aos participantes do ISE 2019 a chance de ver uma prévia tecnológica do Christie View no estande 1-H70.
O Christie View representa uma maneira totalmente nova de ver o conteúdo, permitindo que até quatro usuários visualizem conteúdos diferentes na mesma tela ao mesmo tempo. O sistema exibe até quatro entradas de um único projetor simultaneamente, para que cada usuário possa ter uma experiência diferente. A olho nu, o display da Christie View parece confuso, mas cada saída é claramente visualizada por cada usuário através de óculos 3D ativos.

O Christie View é pré-visualizado com um projetor Christie Mirage 304K de alta performance, configurado para rodar a 240Hz e dividido em quatro entradas mono a 60Hz cada. Cada usuário visualiza uma única saída de 60Hz por meio de óculos 3D fechados que se conectam a um emissor e retornam ao projetor.
“O Christie View é uma nova maneira de visualizar quatro saídas de conteúdo 2K ou duas saídas de conteúdo 3D simultanamente”, diz Mike Garrido, gerente sênior de produtos da Christie. “Acreditamos que nossos clientes verão aplicações para o Christie View em avaliações de design de fabricação, atrações temáticas de entretenimento, legendas para museus ou cinemas e conteúdo interativo para várias pessoas, como videogames.”
O Christie View é compatível com projetores Christie 4K com a eletrônica Christie TruLife ™. A eletrônica TruLife é a base para a última geração de projetores capazes de fornecer vídeo com alta taxa de quadros e alta resolução com fidelidade de imagem sem precedentes. O Christie TruLife suporta um pipeline de processamento de vídeo de até 1.2 gigapixels por segundo, permitindo o primeiro 4K DLP comercial do mundo com desempenho de 120Hz. O Christie View é compatível com o Christie Mirage 304K, o Christie D4K40-RGB, o Mirage SST e um caminho de atualização está disponível para os projetores Christie Boxer 4K20 e Boxer 4K30.

Blackmagic Design Anuncia Atualização Blackmagic Cameras 6.1

5 fev

A Blackmagic Design anunciou hoje a nova atualização Blackmagic Cameras 6.1 para a Blackmagic Pocket Cinema Camera 4K. Esta versão inclui gravação de áudio mais silenciosa, um novo recurso de remapeamento de pixels, novas guias de enquadramento 2:1 para monitoramento, melhorias no desempenho da bateria e muito mais.

Slide

A atualização Blackmagic Cameras 6.1 está disponível agora como um download gratuito no site da Blackmagic Design.

A nova versão Blackmagic Cameras 6.1 melhora consideravelmente a gravação de áudio com os microfones internos da Blackmagic Pocket Cinema Camera 4K. O novo processamento agora analisa o sinal de áudio proveniente de ambos os microfones para diminuir o piso de ruído significativamente, resultando em gravações mais cristalinas do que nunca. Os usuários também dispõem de monitoramento de áudio com latência reduzida, sincronização de áudio e vídeo aprimorada e interface da seleção de entrada de áudio de 3.5 mm mais intuitiva, facilitando o uso da câmera.

A Blackmagic Cameras 6.1 também melhora o desempenho do foco automático, diminuindo o tempo de resposta e aumentando a precisão, de maneira que a lente se ajusta muito mais rapidamente quando a câmera foca em um objeto. Também há uma nova interface de formatação de mídia, que evita a formatação acidental de cartões de mídia. Uma vez que a câmera estiver atualizada, é necessário pressionar e manter pressionado o botão de confirmação durante 3 segundos para reformatar um cartão.

Slide

“A Blackmagic Pocket Cinema Camera 4K é um grande sucesso, e tem sido muito legal observar um número cada vez maior de usuários adotando fluxos de trabalho de cinema digital”, disse Grant Petty, diretor executivo da Blackmagic Design. “Esta atualização é interessante porque adiciona ainda mais recursos à câmera, e também é a nossa forma de agradecer aos clientes que adquiriram uma Blackmagic Pocket Cinema Camera 4K e se deram ao trabalho de trocar ideias sobre o futuro conosco. Mal podemos esperar para ver os novos projetos dos nossos clientes!”

Principais Novidades da Atualização Blackmagic Cameras 6.1

  • Adiciona suporte para calibração de pixels na câmera.
  • Aprimora o desempenho do foco automático.
  • Aprimora a relação sinal/ruído do microfone interno.
  • Aprimora o consumo de energia para estender a duração da bateria.
  • Adiciona guias de enquadramento 2:1 para monitoramento.
  • Aprimora a interface de formatação de mídia.
  • Aprimora a latência do monitoramento de áudio.
  • Aprimora a interface de seleção da entrada de áudio 3.5 mm.
  • Aprimora a sincronização AV.

A atualização Blackmagic Cameras 6.1 está disponível agora como um download gratuito para todos os usuários existentes da Blackmagic Pocket Cinema Camera 4K em http://www.blackmagicdesign.com/br/support

O Rock Horror in Rio Film Festival recebe inscrições até 1º de março

5 fev

Até 1º de março, o Rock Horror in Rio Film Festival recebe inscrições de curtas e longas para a edição 2019 nos gêneros: terror, suspense, sci-fi, fantasia e animação. O festival que reúne cinema com o mais puro rock & roll, acontece em dois eventos no ano, com a competição e a mostra agitando duas cidades: Niterói e São Paulo.

Para 2019, além dos filmes internacionais que já estão chegando de países como: Espanha, Estados Unidos, França, Irã, Israel, Japão, Suécia, Reino Unido, Emirados Árabes, Holanda e Rússia, entre outros, queremos filmes nacionais inéditos nesses gêneros para que a nossa seleção seja ainda mais eletrizante do que a anterior.

A competição conta com três sessões: Tardes Assustadoras, Anoitecer Sinistro e Gala de Terror. Cada uma com a exibição de pelo menos um curta fantástico, um curta de terror e um longa. O nível de medo é medido em soft rock, hard rock e heavy metal. Após as sessões, a audiência é convidada a aproveitar as noites embaladas com shows de rock em bares parceiros com a presença de artistas, diretores, profissionais de cinema e cinéfilos em geral.

Além disso, o público pode participar de mesas redondas como: Efeitos especiais e maquiagem com o foco em filmes de terror, roteiro e produção de thrillers com a participação de profissionais da indústria convidados a ministrar esses workshops. Esse ano, além dos troféus de melhores longas e curtas e menções de honrosas, o festival terá também dois prêmios especiais de apoio à produção com a locação de equipamentos oferecidos pela Ciario e o CTAV, exclusivamente, para filmes brasileiros.

Para se inscrever, acesse: www.rockhorrorinriofilmfestival.com