Produtora usa soluções Blackmagic Design no comercial “My Year of Me” da empresa Progressive

19 mar

Rob Bessette e a equipe da Finish Post recorreram ao DaVinci Resolve Studio pela sua rapidez e consistência durante o projeto. O processo ocorreu em duas etapas. Primeiro, Bessette trabalhou com os fundos para desenvolver os looks do spot e, em seguida, fez uma gradação final após concluir a animação do personagem e os efeitos visuais (VFX).“Ter a capacidade de comparar múltiplas versões e mostrá-las aos clientes lado a lado com a funcionalidade da tela dividida no DaVinci Resolve foi crucial quando estávamos criando os looks para cada ambiente”, explicou Bessette. “Cada look teve um papel na maneira como o personagem iria interagir na cena, portanto era fundamental que pudéssemos ser capazes de nos comunicar claramente e eficientemente com o cliente. O DaVinci Resolve Studio agilizou a experiência e ajudou tudo a progredir facilmente durante todo o processo, desde a direção criativa na suíte de colorização até os VFX e a animação do personagem.”De acordo com Bessette, cada uma das várias aventuras no comercial exigia um look diferente, variando de uma cena de casamento à luz de vela com tons quentes a um terminal alfandegário de aeroporto com um clima frio, enfadonho e estéril. Bessette usou o DaVinci Resolve Studio para aperfeiçoar o look de cada locação.

“Durante uma cena em que a caixa contempla andar sobre brasas, tínhamos que trabalhar com a relação entre a extremidade baixa dos tons médios e dos pretos para deixá-la com um tom legal e rico, mantendo os detalhes das sombras. Ao mesmo tempo, também queríamos ter a certeza de que tínhamos iluminação suficiente para ver o ambiente. Encontrar o equilíbrio entre esses dois elementos foi a chave para que a cena desse certo. Além disso, criamos um leve brilho nas brasas através da chave de luminância do DaVinci Resolve Studio e acrescentamos um pouco de saturação para deixar as brasas com a aparência mais quente possível”, disse Bessette.“Para a cena com a asa-delta, o principal era trabalhar com a consistência entre cada plano para aquela locação”, continuou. “Ela foi gravada em um dia lindo e ensolarado, mas apareceram algumas nuvens escuras meio ameaçadoras. Para resolver isso, isolamos as nuvens infratoras com uma Power Window que tinha uma leve difusão nas bordas e as clareamos um pouco. Também alteramos a cor do oceano para um belo azul tropical que ficou muito mais atraente usando o qualificador HSL do DaVinci Resolve Studio.

Continue lendo

Anúncios

Del Toro + Laustsen em A FORMA DA ÁGUA

19 mar

Com A FORMA DA ÁGUA, o diretor Guillermo del Toro cria novamente uma mistura mágica de conto de fadas, emoção e drama, com a fotografia desempenhando um papel de grande importância na criação do ambiente e da história. Del Toro chamou o diretor de fotografia Dan Laustsen, ASC, com quem trabalhou no MUTAÇÃO e no A COLINA ESCARLATE. “O design final da criatura é feito com luz”, diz Del Toro. “Se eu não tivesse um fotógrafo que entendesse isso, não funcionaria. Dan também entende que é “sobre emoção” não apenas sobre a luz principal, a luz cruzada, a luz da lateral, e assim por diante”. Laustsen lembra suas primeiras conversas com Del Toro sobre como conseguir as rigorosas exigências do roteiro. “Sua visão era tão forte, que eu comecei a acreditar que era possível”, diz ele.

 Dois aspectos de A FORMA DA ÁGUA intrigaram de imediato a Laustsen. Primeiro, os principais personagens do filme: Elisa (interpretada por Sally Hawkins) e a criatura anfíbia (interpretada por Doug Jones), não falam uma palavra. “Essa ideia de dois personagens mudos conectados é muito cinematográfica”, diz ele. O fato de que grande parte do filme ocorre dentro e embaixo da água, era também interessante. “Tudo está em movimento no filme”, diz ele. Laustsen confiou na ARRI ALEXA com as lentes ARRI / Zeiss Master Prime. “Você pode realmente ver os detalhes com esta combinação”, ele explica.

Laustsen e Del Toro traçaram movimentos de câmera muito precisos. “A câmera está se movendo o tempo todo”, diz Laustsen, que informa que utilizou Steadicam, dollies, gruas, cabeças eletrônicas e Technocrane.

Como o orçamento do filme não permitia um Technocrane o tempo todo, ele acrescenta, eles tiveram que fazer um planejamento com cuidado. “Tínhamos alguns maquinistas fantásticos”, diz ele. “Guillermo falava com eles através de fones de ouvido. Ele sabe exatamente onde a câmera deveria estar, porque sabe onde vai ser o corte. É por isso que a câmera não fica indo e voltando. Ela fica apenas flutuando pois ele vai cortar de um movimento de câmera para o próximo movimento de câmera.”

A iluminação foi desafiadora devido ao constante movimento da câmera e crucial para o look do filme. “Foi bem organizado e com um relacionamento muito próximo entre mim, o diretor de arte, o pessoal da maquiagem e cabelo, figurino e, claro, Guillermo”, diz Laustsen. “Todas as cores eram importantes, mas especialmente as cores da parede, que eram pintadas com uma sombra de aço azul”. As cenas de abertura e final foram filmadas das secas para as molhadas, o que permitiu que os atores encenassem com os olhos abertos. “Tudo isso está na câmera, filmado com Steadicam, com uma quantidade insana de fumaça no estúdio”, diz ele. As máquinas de vento estavam movendo as roupas de Elisa, e alguns retroprojetores foram usados como luz principal que também está se movendo. A sequência foi filmada em 48 fps e o local dos efeitos visuais foi em Toronto na Mr. X, onde adicionaram elementos flutuantes. “Isso dá a sensação de estar subaquático, mas não de forma realista, o que é um bom tom para o filme”, diz ele.

A produção também usou os SkyPanels da ARRI, com um dimmer para iluminar o apartamento, localizado acima de um cinema com luz de néon, onde Elisa vive. “Tínhamos uma ripas por onde a luz atravessava o chão e tudo isso era feito com SkyPanels”, diz Laustsen. “Usamos o máximo que pudemos. Com luzes LED, você pode fazer todas as cores, todas as mudanças do mundo, mas é fácil cometer um erro, então, eu tive que ter muito cuidado”. Del Toro adora o resultado. “Dan é um gênio com luz”, ele se entusiasma. “Ele foi capaz de iluminar o filme como se fosse P&B dos anos 50, apesar de termos usado cor. A luz é muito expressionista, cheia de sombras e acho que é muito clássico.”

Uma das cenas que Laustsen tem mais orgulho, ocorre no banheiro, onde a criatura na banheira e Elisa, percebem que estão se apaixonando. “Estávamos mudando a luz para este aço azul-verde em uma luz mais dourada e romântica”, diz ele. “Foi tão importante para Guillermo e para mim, que Sally parecia uma princesa e, ambos ficaram fantásticos. Foi uma cena no dolly/grua e estávamos enganando com a luz o tempo todo”, acrescenta. “Alguém que olha isso com muito cuidado verá que mudamos a luz principal de um lado para o outro. Mas não queríamos contar uma história realista. Queríamos contar um conto de fadas e acho que isso funcionou muito bem.”

Del Toro concorda. “Acho que todos os grandes diretores de fotografia são emotivos”, diz ele. “Um grande diretor de fotografia é como um maestro de uma orquestra, ele transmite a emoção com a luz ao invés de notas musicais.”

Série A Curious Mind é gravada com Micro Studio Camera 4K

14 mar

Uma coprodução do Hulu e da Microsoft, “A Curious Mind with Dominic Monaghan” leva o público a uma exploração científica imersiva do nosso universo junto com o apresentador. O público acompanha Monaghan nas suas viagens no espaço sideral e em outros lugares bem distantes para desconstruir questões científicas e filosóficas desafiadoras, como a ideia da Terra ser um superorganismo vivo.

“A Blackmagic Design Micro Studio Camera 4K foi a melhor opção disponível para a gente”, disse Andrew MacDonald, diretor criativo e de fotografia da CreamVR. “Precisávamos de câmeras que fossem pequenas fisicamente para ficarem lado a lado, a uma distância não maior que a de nossos olhos e capazes de captar imagens em 4K. Quando você está filmando em estéreo e a distância entre as câmeras é maior que 72 mm, a imagem fica parecendo que está toda em miniatura e o público tem a ilusão de ser gigante. Claramente, precisávamos evitar este tipo de desconexão, pois tentávamos simular ambientes que cativassem o público de uma maneira diferente, coisa que a televisão tradicional não consegue.”

Tristan Cezair, diretor criativo e supervisor de VFX da CreamVR, também comentou sobre as vantagens de usar uma solução baseada na Micro Studio Camera 4K. “Usamos dois rigs de câmera idênticos montados um sobre o outro, cada um com duas Micro Studio Camera 4K lado a lado. O rig de baixo focou no Monaghan, enquanto o rig de cima usou um conjunto mais amplo de lentes para captar melhor os marcadores de rastreamento na tela verde do estúdio onde ele ficava em pé. Isto ajudou a equipe a rastrear os movimentos das câmeras na pós-produção. Garantir que o ambiente CGI se movimente na mesma velocidade de rastreamento que as câmeras permite um composto perfeito e uma paralaxe suave, o que é crucial para acompanhar as imagens confortavelmente com um headset de realidade virtual. A configuração deste rig duplo foi fundamental na criação de uma experiência prazerosa e, algumas vezes, desafiadora, possibilitando a imersão completa do público no conteúdo como participantes ativos, em vez de manterem o papel passivo tradicional.”

A capacidade de “genlocar” as câmeras fez toda a diferença do mundo durante a produção e pós-produção. Com o Blackmagic Design Mini Converter Sync Generator, MacDonald sincronizou todas as quatro câmeras para que filmassem a mesma coisa exatamente na mesma hora, assegurando conforto para o público. A capacidade de “genlocar” as câmeras ajudou a equipe a reduzir o risco de “distorções”, provenientes de obturadores de rolamento não cronometrados. Para aplicativos de realidade virtual de 360 graus, as “distorções” geradas pelas diferenças entre os obturadores de rolamento das câmeras que expõem partes distintas da imagem em tempos diferentes podem ser um problema. Isto cria desafios consideráveis na pós-produção, pois fica impossível distorcer a imagem 3D uniformemente, o que pode impactar toda a experiência imersiva para o público.

“A Micro Studio Camera 4K era ideal não apenas por conta do seu tamanho, mas também por ter uma entrada na porta de expansão que habilita o genlock Blackburst a sincronizar todas as câmeras. Isto permite que você inicie o escaneamento de cada sensor exatamente na mesma hora. Trata-se de algo importante em uma câmera com obturador de rolamento, já que cada quadro será estreitamente adequado ao quadro correspondente na outra câmera, quando possível. Isto proporciona um estéreo bastante nítido”, concluiu MacDonald.

A CreamVR contará mais uma vez com a Micro Studio Camera 4K para desenvolver um novo fluxo de trabalho pioneiro que oferecerá uma maneira híbrida acelerada de criar avatares para jogos, ao gravá-los em vídeos e, então, projetá-los em um modelo de computador 3D. Isto reduzirá drasticamente o tempo e custo associados com o desenvolvimento desses modelos digitais para jogos, simulações e muito mais.

Curso de Avid Online R$ 150,00 – Desconto Especial

14 mar

A ProClass Cursos e Treinamentos está com uma condição imperdível para você!


Inscreva-se no curso de Avid Media Composer 101 Online até sexta-feira, e ganhe 50% OFF.

Para aproveitar o desconto, acesse o link:
https://pay.hotmart.com/A7171486S?off=hstlq6vl

Entenda melhor o mercado de produção de filmes para casamento

14 mar

O mercado de casamento é algo certo para investir, não existe crise nesse meio. Se você está pensando em trabalhar com produção de filmes para casamento não tenha medo, pois é uma ótima oportunidade. Mas antes de começar a trabalhar na área, vamos entender melhor o mercado e a forma correta de investir.

Uma pesquisa divulgada no início do ano de 2017 mostrou que o mercado de casamento teve um aumento de 25% mesmo com a crise. Esse é um dos setores que mais movimenta a economia brasileira. Mesmo os noivos adaptando o orçamento de acordo com as circunstâncias, a tendência na hora de casar não é de economizar demais.

A lista de convidados está diminuindo, mas os casamentos não deixam de acontecer. O último IBGE mostrou que no ano de 2014 houve um total de 1.106.440 de casamentos. Os gastos com festas e cerimônias de casamento apresentam um crescimento anual médio de 10,4%. Isso quer dizer que se você quer trabalhar na área de produção de filmes para casamento não vai ter dificuldade de encontrar clientes.

O casamento é visto como algo único e importante na vida dos noivos, por isso o investimento que eles fazem é bem alto. As mulheres querem um vestido lindo, pagam caro na maquiagem, fazem uma festa bem animada e querem guardar tudo isso como recordação. É aí que entra a função da produção de filmes.

Além de fotografia, eles querem a filmagem. É claro que existem muitas empresas que trabalham nessa área, você deve conhecer algumas. O que você pode fazer é aprender com eles, mas o valor que os principais produtores cobram pode ser bem alto para vários casais. Por isso existe oportunidade para todos, se você faz um belo trabalho. Pode ter certeza que as pessoas vão contratar. Mesmo sabendo que o mercado é bom, você também sabe que não é todo casal que está disposto a pagar 6 mil reais em uma filmagem de casamento.

Continue lendo

Da O2 Filmes para Londres | Supervisor da O2 Pós vai trabalhar na ILM de George Lucas

13 mar
Sandro Di Segni, supervisor de efeitos especiais da O2 Pós, o braço de pós-produção e tecnologia da O2 Filmes, está de partida para uma temporada profissional na Industrial Light & Magic (ILM), da Walt Disney Company, em Londres.
Ele deve retornar ao Brasil, para a O2 Pós, ainda no segundo semestre de 2018. “Estou muito feliz com a oportunidade de poder trabalhar dentro da empresa que considero uma das melhores do mundo hoje e sempre. Eles criaram os filmes que me inspiraram a fazer o que faço hoje e ainda me inspiram com cada um dos filmes que lançam sempre trazendo algo novo”, comenta.
A temporada internacional do supervisor de efeitos especiais agrega ainda mais experiência para a equipe da O2 Pós, imprimindo mais qualidade e inovação nos produtos audiovisuais finalizados na produtora.
Atualmente Di Segni está trabalhando no longa-metragem “Pluft” de Rosane Svartman, produzido pela Raccord e que continua em produção e sob sua supervisão até o final da pós-produção no segundo semestre.
Também foi responsável por filmes e séries tais como o longa “Transtornada Compulsiva Obsessiva – TOC”, dirigido por Paulinho Caruso e produzido por Biônica Filmes, o longa “A Noite da Virada”, dirigido por Fabio Mendonça e produzido pela O2 Filmes, a série de animação “Que Monstro te Mordeu?” criada e dirigida por Cao Hamburguer e produzida pela Primo Filmes, a série  “Treze Dias Longe do Sol” , uma co-produção da O2 Filmes com a Globo, dirigida por Luciano Moura.
Participou da supervisão do 3D de projetos de entretenimento como o longa “O Divórcio”, dirigido por Pedro Amorim e produzido pela Filmland Internacional, e o longa “Dez Segundos”, dirigido por José Alvarenga Jr e produzido pela Tambellini Filmes, além de filmes publicitários como a campanha da Sky “Contos de Fada”, dirigido por Nando Olival para a O2 Filmes.
Sobre a ILM
Fundada por George Lucas em 1977, é responsável por sucessos como “Star Wars”, “ET”, “Indiana Jones”, “De Volta para o Futuro”, “Jurassic Park” entre outras centenas de filmes que fizeram a história do cinema de Hollywood.
A ILM ganhou 19 Oscars e foi candidata a cerca de 40 estatuetas. Sandro já havia trabalhado na Lucasfilm Animation, empresa do mesmo grupo, no passado. Lá ele liderou um time de efeitos na produção da serie animada “The Clone Wars”.

Afiladas Rede Globo cobram para receber arquivos pela internet, é justo?

12 mar

Em 2008 a Rede Globo adotou o formato XDCAM como sendo o “padrão”, e suas afiliadas seguiram o mesmo formato.

Produtoras de vídeo, clientes, agências e inclusive outras emissoras tiveram que se adaptar e comprar equipamentos SONY XDCAM e muitas, muitas mídias. Afinal a Globo faz o padrão e todos devemos seguir não é mesmo? O mercado é assim desde sempre, quem nunca sofreu ou teve dificuldades com o padrão BETA SP e toda as questões burocráticas e técnicas exigidas pela Globo e suas afiliadas?

Pois bem, a partir do dia 02 de abril de 2018, as afiliadas Rede Globo (EPTV, TV TEM e outras) mudam as regras do jogo. “A tão esperada entrega digital!!!!” A muito tempo quase todas “as outras emissoras” já recebiam arquivos por FTP/Internet, menos a Rede Globo e suas afiliadas.

O comunicado é claro e objetivo: “O comercial deverá ser enviado via nuvem, através dos players Adstream, Adtoox, A+V Zarpa e Casa Vaticano homologados pela Rede Globo, que vem desde 2016 trabalhando o modelo em suas emissoras próprias.”  Tudo é explicado como uma ótima novidade para todos. “Agilidade, segurança, sustentabilidade e armazenamento em nuvem: o gerente de Operações Comerciais da EPTV, Lauter Scandiuzzi, ressalta os principais benefícios da entrega de material digital e prevê que as agências vão otimizar tempo com o envio que atualmente é realizado pessoalmente, em fitas. “A EPTV investiu em tecnologia e banda larga para transmitir milhares de campanhas publicitárias que são veiculadas durante todo o ano. Todos são beneficiados com a agilidade e segurança do novo formato”.

Até aí não temos novidade, na verdade será muito mais prático.

A supresa é o próximo passo do comunicado: “A maioria dos players homologado pela Rede Globo já atua há anos em mercados da Europa e EUA, onde o sistema digital é uma prática adotada em 100% das entregas. O valor por cada sinal de exibição será de R$230,00 para a mesma área de cobertura e R$ 375,00 para exibições em cobertura diferente. O faturamento será feito diretamente pela emissora contra as agências/anunciantes. Os players não cobrarão nenhum valor relativo a esse serviço específico.”

Sim é isso mesmo! Será cobrado este envio de arquivos digitais. As emissoras irão cobrar dos clientes/agências essa taxa de R$230,00 para a mesma área de cobertura e R$ 375,00 para exibições em cobertura diferente (como se a internet fosse mais cara para distâncias maiores, estão cobrando por km percorrido do arquivo).

O mais engraçado dessa novidade é a reunião realizada entre as emissoras e clientes/agências. As emissoras estão orientando aos clientes/agências solicitar descontos para as produtoras de vídeo, afinal segundo as emissoras, a produtora não terá mais o custo de gravação e de mídia (XDCAM).

Sendo justo ou não é a Rede Globo e suas afiliadas mais uma vez empurrando GOELA ABAIXO essas mudanças, com uma diferença, dessa vez ganhando dinheiro. O que você acha disso?

Fonte e texto completo do comunicado.

Lembramos que a escolha do player é do cliente / agência.

– Adstream:atendimento@adstream.com / (11) 0800 9419777

– Adtoox:suporte@adtoox.com / (11) 2667 0061 ramal 673

– A+V Zarpa:atendimento@amasvzarpa.com / (11) 3567-4640

– Casa Vaticano:contato@casavaticano.com.br / (11) 2076-9044

Agora você pode conquistar sua certificação oficial em Adobe Premiere na ProClass!

9 mar

Por que Adobe Premiere?

Adobe Premiere é um dos softwares de edição mais utilizados em vídeos televisivos e é o preferido das principais produtoras de audiovisual do Brasil. Além de funcionar em Windows e Mac, conquistou o público por ser uma ferramenta flexível e amigável.

Além de todo o conteúdo do curso “Premiere Fast Training”, este curso aborda uma nova camada de conhecimento, estimulando o aluno a incorporar as ferramentas e técnicas avançadas de edição, efeitos e ajustes de áudio no Adobe Premiere.

Carga horária: 48hs

O Curso Premiere – Edição e Efeitos prepara o aluno para a prova de certificação da Adobe;

A certificação oficial é opcional,  e paga à parte no valor de R$500;

Quem não fizer a certificação oficial, recebe o diploma da ProClass;

Não é necessário fazer o curso para poder fazer a prova certificação.

Muitos projetos incríveis morrem na praia pela má gestão executiva

9 mar

Se você está começando ou já trabalha no mercado audiovisual, sabe que é necessária uma grande habilidade administrativa para tirar seus projetos do papel e levá-los até o público.

O curso de Produção Executiva na AIC prepara para os desafios da formatação de projetos e captação de recursos com aulas de direito audiovisual, de desenvolvimento de projeto, de direito administrativo, estruturação de negócios, comercialização e marketing.

Na unidade da AIC no Rio de Janeiro, as aulas de Produção Executiva, iniciam no dia 13/03.
Na AIC São Paulo, iniciamos os estudos de Produção Executiva no dia 12/03.

Em meio a tantos detalhes contratuais e burocráticos, trabalhar para que seus produtos audiovisuais tenham saída comercial, também é uma arte.

Academia Internacional de Cinema
Unidade São Paulo
Rua Dr. Gabriel Dos Santos, 142, Próximo ao Metrô Marechal Deodoro, (11) 3660-7883

Unidade Rio de Janeiro
Rua Martins Ferreira, 77, Botafogo, Próximo à Cobal do Humaitá, (21) 2537-8183

Curso de Media Composer Online Oficial Avid

2 mar

Agora é possível fazer o Curso Oficial Avid em qualquer lugar do Brasil!

– Atividades práticas com exercícios disponíveis para download;
– Videos explicativos;
– Feedback com o instrutor Cristiano Moura – Único instrutor de Media Composer Brasileiro certificado pela Avid;
– Possibilidade de certificação oficial Avid!
Saiba Mais

Continue lendo

A Única Na Sala | Por Cristina Randazzo

2 mar

Quando eu era criança, admirava a dedicação da minha mãe pelos cuidados com a casa e com os filhos. Mas eu sabia que queria um caminho diferente. Bem diferente. Escolhi uma carreira que, na época, não era encarada como uma possibilidade feminina.

Iniciei minha vida profissional em dois caminhos paralelos, ambos quando eu ainda estava na faculdade de Ciência da Computação. O primeiro deles foi abrir uma empresa de treinamento de informática. Naquela época as pessoas ainda procuravam uma escola para aprender Windows, Word, Excel, etc.

Quase simultaneamente, fui convidada por um professor da universidade para participar de um projeto de desenvolvimento de aplicações geoespaciais na plataforma do AutoCAD. Foi assim que entrei no mundo Autodesk.

Desde essa época, e lá se vão muitos anos, por muitas vezes fui a única mulher na sala. Seja em uma reunião interna, em um treinamento, ou em uma reunião com o cliente, a maioria esmagadora dos presentes eram sempre homens.

No início, estava tão absorvida por questões técnicas do trabalho que não me dava conta de como o sexismo era presente. Com o tempo fui vivenciando situações que mostravam a disparidade entre o mundo masculino e feminino no ambiente de trabalho, desde situações sutis como até outras que considerei grosserias e escancaradas.

Uma situação até engraçada pela qual passei foi em um café com um funcionário recém-contratado. Depois que paguei a conta ele comentou: “a única mulher que pagou minha conta até hoje foi minha mãe”.

Recentemente em uma reunião um dos participantes contou uma piada extremamente machista. Não fiz nada na ocasião e me odiei por isso. Acho que um grande aprendizado neste episódio é que nós mulheres temos que nos posicionar. Com educação, claro, mas devemos deixar claro quando um comportamento ultrapassa algum limite.

Outra coisa que aprendi na experiência de ser “a única mulher na sala” é que a gente deve desenvolver a autoconfiança. Não somos menos que ninguém. Nem mais. Somos iguais.

A forma como se encara o tema “diversidade” ainda é muito diferente na América Latina do que vemos nos Estados Unidos, por exemplo. Ainda temos um longo caminho a percorrer. Vejo aqui na Autodesk, onde trabalho, que estamos dando um importante passo desde 2015 no sentido de ampliar a diversidade, ao ser criado uma posição de Global Diversity & Inclusion. A partir daí este assunto começou a ser amplamente discutido na empresa e agora posso afirmar que está sendo construída de maneira muito positiva uma consciência sobre a importância da diversidade e inclusão.

Com esse exemplo, me motivei ainda mais e aproveitei a oportunidade para liderar uma iniciativa na América Latina, o programa AWiL, de liderança feminina. A ideia é promover discussões e treinamentos que possam ser úteis para as mulheres que fazem parte da nossa empresa e assim construirmos uma cultura de igualdade. É um longo caminho, mas estamos no sentido certo.

* Cristina Randazzo é líder do time de especialistas técnicos da Autodesk para América Latina.

Standing Desks Oferecem mais Flexibilidade e Bem Estar aos Profissionais de Pós-Produção

1 mar

Quanto tempo você passa sentado em frente à sua ilha de edição?

Se você ainda não parou para refletir sobre isso, talvez seja a hora. De acordo com diversas pesquisas na área da saúde, profissionais que trabalham em frente ao computador têm passado, em média, 12 horas por dia sentados.

É uma situação que causa alerta aos que atuam na área de produção de conteúdo digital, e por isso o tema tem sido foco de discussão entre os mais diversos profissionais da saúde e da segurança do trabalho. O hábito de passar períodos prolongados na mesma posição tem contribuído para a manifestação de doenças cardíacas, síndromes metabólicas e lesões da coluna vertebral. Segundo especialistas em ergonomia física, o trabalho estático, que demanda que o colaborador passe horas seguidas na cadeira, é altamente prejudicial, reduzindo, inclusive, a expectativa de vida.

Cientistas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, afirmam que mesmo fazendo exercícios físicos regularmente, passar muito tempo sentado pode encurtar a vida do indivíduo. Com todos riscos para a saúde, para Monika Safford, da Universidade de Cornell, “ficar sentado é o novo tabagismo”.

Então fica a pergunta: como podemos evitar passar horas a fio em uma cadeira? Afinal, editores de vídeo, programadores, designers gráficos, e tantos outros, vêm prejudicando sua saúde gradualmente no exercício de suas profissões.

Pensando em trazer uma ferramenta de trabalho que proporcionasse maior flexibilidade aos diferentes profissionais que precisam passar longos períodos em frente a tela do computador, a GenioDesks introduziu no Brasil um conceito já popularizado internacionalmente entre grandes empresas de tecnologia, como Facebook, Linkedin, e Google.

A empresa oferece ao mercado brasileiro um tipo de  mesa com regulagem de altura, as chamadas standing desks. Com acionamento elétrico, a mesa possibilita que o usuário alterne entre diferentes posturas. Essa alternância de posturas é apontada como grande aliada na prevenção dos efeitos nocivos do sedentarismo, e de lesões na coluna vertebral.

 

Atualmente há dois modelos diferentes disponíveis: A primeira é a GenioDesk Pro, com motor duplo e carga máxima de 120 kg, que permite regulagem entre 64 cm a 129 cm de altura. O segundo modelo é a GenioDesk Mini, opção para escritórios que não podem substituir suas mobílias. Esta versão, mais simples, suporta até 2 monitores com carga máxima de 15 kg e varia entre 123 mm e 553 mm de altura.

Arturo Lúcio, cineasta e editor de vídeos de São Paulo, optou por trocar a mesa tradicional por um modelo com regulagem de altura da GenioDesks. Em busca de reduzir o tempo que permanecia sentado no trabalho, o profissional conta que trabalhar em pé tem sido uma experiência satisfatória: “Ultimamente passo mais tempo em pé trabalhando, o que, pra mim, é uma posição mais confortável. Minha rotina tem sido mais produtiva, tenho trabalhado melhor sem os cansaços que o dia inteiro na cadeira traz. Me sinto mais ativo em comparação de quando só trabalhava sentado. A disposição melhorou muito.”

Igor Gaelzer, fundador da Nordweg, marca de bolsas e mochilas em couro feitas à mão do Rio Grande do Sul, decidiu investir na novidade. “Havia visto uma reportagem sobre mesas com altura ajustável em um site estrangeiro e achei a ideia muito legal, pois realmente não faz bem ficarmos boa parte do nosso dia – e das nossas vidas – sentados em uma mesa de escritório”, comenta. Com a aquisição das mesas reguláveis a rotina dentro da empresa tem mudado: “Alguns momentos escolhemos trabalhar de pé, o que é muito melhor para a coluna, circulação etc.”

Ainda de acordo com Gaelzer, as mesas com altura regulável geram impacto positivo não somente na saúde dos colaboradores, mas também na relação com o trabalho. “Acredito que o maior impacto seja em poder trabalhar em um lugar dinâmico e agradável. É ótimo quando podemos trabalhar em um lugar confortável, com boa iluminação, boa música, climatização em dias de muito frio ou calor e colegas com os quais temos afinidade. Vejo a compra das mesas como algo que adiciona nesse todo, e por isso inspira as pessoas a poderem dar o melhor de si.”

Para garantir saúde aos colaboradores, a recomendação dos especialistas é que haja o revezamento entre períodos de trabalho em pé e sentado. Dessa forma, o uso das standing desks é opção indispensável para a qualidade de vida dentro dos ambientes criativos. Felizmente as empresas estão atentas, e a promessa é de que a demanda pelas mesas com regulagem de altura se torne cada vez maior em todos os setores nos próximos anos. “Nada como ter ótimas ferramentas para fazer um excelente trabalho”, finaliza Gaelzer.

ATEM 2 M/E Broadcast Studio 4K Instalado na 45th & Dean, Produtora de Conteúdo da Família A+E Networks®

27 fev

A Blackmagic Design anunciou hoje que diversos produtos da empresa foram instalados na agência 45th & Dean, no Brooklyn, incluindo câmeras digitais cinematográficas URSA Mini 4.6K com URSA Studio Viewfinders; Micro Studio Camera 4K; monitores/gravadores Video Assist e Video Assist 4K; e switchers de produção ao vivo ATEM 2 M/E Broadcast Studio 4K e ATEM 2 M/E Broadcast Panel.A casa de produção atua como o centro de criação do conteúdo original de todos os websites, canais lineares e várias outras plataformas operadas pela A+E Networks utilizando equipamentos Blackmagic Design. Entre os novos conteúdos produzidos pela 45th & Dean está “Second Chance”, um seriado original do Snapchat sobre casais discutindo questões de relacionamento que estreou em 14 de fevereiro.Com seis câmeras URSA Mini 4.6K e duas Micro Studio Camera 4K, o conteúdo é captado com mais eficiência e um visual superior, tanto no estúdio quanto em locação. O sensor Super 35 mm e os 15 stops de faixa dinâmica da URSA Mini 4.6K deixam as imagens com aparência e qualidade cinematográficas. Além disso, tanto a URSA Mini 4.6K quanto a Micro Studio Camera 4K se mostraram consideravelmente práticas durantes as filmagens das entrevistas ao ar livre graças ao design leve e compacto.

Quatro modelos URSA Studio Viewfinder foram utilizados com as câmeras URSA Mini 4.6K, permitindo a fácil utilização das câmeras em um ambiente de produção ao vivo profissional ao fornecer uma tela luminosa de 7” que agrega uma luz de sinalização facilmente visível, botões de controles giratórios, suportes laterais grandes e muito mais. Dois modelos URSA Viewfinder também ficam no deck para filmagens ao ar livre e filmagens de mão.

Continue lendo

FGV abre curso de Gestão de Negócios Audiovisuais em São Paulo

27 fev

Neste primeiro módulo, as aulas serão ministradas principalmente por agentes do setor, produtores e advogados.Estão abertas as inscrições para o curso Gestão de Negócios Audiovisuais, nova modalidade de formação executiva que está sendo lançada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo. As aulas começam no dia 22 de março e terão duração de três meses neste primeiro módulo.

O curso é voltado para profissionais com formação e/ou atuação na área audiovisual (cinema, séries, programas de TV) com, no mínimo, três anos de experiência profissional. Dentre os assuntos que serão abordados, o plano de ensino inclui: aprovação de projetos e prestação de contas junto à Ancine, financiamento para a produção audiovisual, gestão de direitos, mercado e negócios.

As aulas serão ministradas principalmente por agentes do setor e produtores. Dentre as idealizadoras e professoras do curso, estão Débora
Ivanov, Diretora da Ancine, e Alessandra Meleiro, professora da Universidade Federal de São Carlos. O curso também conta com a participação de convidados como Alex Braga (Diretor da Ancine), as produtoras Andrea Barata Ribeiro (O2 Filmes) e Georgia Costa Araújo (Coração da Selva), Mauro Garcia (presidente executivo da BRAVI), os advogados Marcos Bitelli e Rodrigo Salinas, especializados nas questões jurídicas do audiovisual e o Coordenador de Prestação de Contas da Ancine, Mauricio Bortoloti.

Neste primeiro semestre, as aulas ocorrerão nas quintas e sextas-feiras, das 8h às 18h, na FGV da Avenida Paulista, em São Paulo. Ao todo, a carga horária do curso será de 110 horas/aula.

Para mais informações, acesse:
http://mgm-saopaulo.fgv.br/cursos/gestao-de-negocios-audiovisuais-0

Soluções Western Digital NVMe permitem que os dados desenvolvam-se em ambientes de inteligência de ponta e computação móvel.

27 fev

Endereçando a necessidade crescente do cenário da Internet das Coisas (IoT) e aplicações de Dados Rápidos de ponta,  Western Digital Corporation (NASDAQ: WDC) anuncia hoje dois novos SSDs NVMe™ – o Western Digital® PC SN720 e o Western Digital PC SN520 – potencializados por uma nova arquitetura de armazenamento NVMe, escalável para uma gama de implementações emergentes, desde IoT e computação edge até sistemas de computação móveis.

A nova arquitetura de cliente e portfólio de produtos do Western Digital NVMe permitirá que os fabricantes de dispositivos IoT, dispositivos de computação, como computadores finos e leves, 2-em-1 e PC e sistemas de monitoramento embarcados possam capturar e transformar uma grande quantidade de dados em tempo real e no que há de mais avançado em cidades, casas e ambientes de dados pessoais. A Cisco GCI estima que aproximadamente 850 zettabytes (ZB) serão gerados por todas as pessoas, máquinas e coisas em 2021. Com o advento das tecnologias de banda larga como o 5G, realidade aumentada e reconhecimento facial, novas aplicações podem se beneficiar de uma excepcional performance, eficiência energética e capacidade do NVMe e do Western Digital 3D NAND para fornecer uma ótima experiência de usuário.

Continue lendo

Western Digital transforma a experiência mobile com novas soluções de alta performance, projetadas para atender as demandas por conteúdo de alta qualidade

27 fev

À medida que os conteúdos e as aplicações móveis crescem cada vez mais sofisticados, a Western Digital Corporation (NASDAQ: WDC) está transformando a experiência móvel com novas soluções líderes no setor, projetadas para permitir aos consumidores capturar, compartilhar e desfrutar de mais conteúdo em seus dispositivos. No Mobile World Congress, a compania  está lançando o cartão de memória flash UHS-I mais rápido do mundo, o cartão microSDXC Ô SanDisk Extreme® UHS-I de 400 GB,  e demonstrando o futuro da tecnologia de memória flash com cartões habilitados para PCI Express (PCIe), projetado para oferecer o desempenho necessário para dados e aplicativos com conteúdos intensivos.

Os consumidores que gostam de explorar um mundo novo em um aplicativo de realidade virtual ou capturar imagens de 4K em um smartphone ou um drone, podem contar com a Western Digital para oferecer tecnologia de memória flash móvel ainda mais robusta que lhes ofereça uma experiência premium em seu dispositivo favorito.

O novo cartão microSD SanDisk Extreme UHS-I de 400 GB foi projetado para ajudar os consumidores a moverem seu conteúdo de alta qualidade mais rápido do que nunca. Com 160MB/s, o novo cartão é cerca de 50 por cento mais rápido do que os cartões microSD SanDisk Extreme UHS-I atuais. É capaz de alcançar essa velocidade sem precedentes utilizando a tecnologia projetada pela Western Digital. O cartão também conta com a especificação A2 para ajudar a lançar e carregar aplicativos em altas velocidades.

“Os consumidores esperam uma experiência mobile cada vez melhor e, com nossa tecnologia 3D NAND, estamos empurrando os limites da inovação para permitir que eles criem e desfrutem da melhor qualidade de conteúdo em seus dispositivos. Nossa experiência em memória flash e eletrônica de cartão microSD nos permite alcançar um desempenho incomparável. O inovador cartão microSD da SanDisk é uma prova do compromisso da Western Digital com a entrega de soluções mais avançadas que permitem que os dados prosperem” disse Jim Welsh, vice-presidente sênior e gerente geral, Client Solutions, Western Digital.

Continue lendo

Clipe Gratuito e Coleção em Destaque da Semana

26 fev

Lar de uma das mais antigas e complexas civilizações do mundo, o Japão é uma fonte de interminável fascinação.Quer você seja um apaixonado pela gastronomia, pela arquitetura, ou por qualquer dos incontáveis traços definidores dessa nação de ilhas, você encontrará amor em abundância na coleção especialmente preparada por nossa curadoria “Explore o Japão” – incluindo o clipe gratuito dessa semana, com um timelapse do florecer das cerejeiras. Clique aqui!

Novo Videoclipe em Plano-Sequência do Postmodern Jukebox de Scott Bradlee Captado com URSA Mini Pro

24 fev

Postmodern Jukebox (PMJ) de Scott Bradlee é um coletivo musical rotativo que coloca a música pop em uma máquina do tempo, transformando sucessos da atualidade e clássicos em diferentes gêneros vintage. A banda, fundada pelo pianista Scott Bradlee na cidade de Nova Iorque, já contou com a participação de mais de 70 performers e fez turnês em cinco continentes. O fenômeno que viralizou nas redes sociais obteve mais de 900 milhões de visualizações somente no YouTube, onde possui 3.1 milhões de seguidores. No Facebook, o grupo já acumula 1.3 milhões de seguidores.

O conceito do clipe musical foi criado pelo próprio Bradlee e pelo diretor Abraham Roofeh. “O Postmodern Jukebox é conhecido por suas incríveis gravações em plano-sequência ao vivo que mostram a banda tocando em um determinado espaço. Queríamos experimentar alguma coisa diferente, ainda em plano-sequência, mas em movimento”, explicou Roofeh. “Don’t Stop Believin” fala sobre esperança durante um momento difícil, então queríamos fazer uma justaposição desses dois universos no clipe musical, que se passa em uma festa chique, focando nos empregados ao invés dos convidados. No início, nós focamos na banda, dando a entender que seria um dos seus videoclipes normais, eis que de repente as atenções se voltam a uma garçonete que começa a cantar, que nos leva para dar uma volta pela casa conforme a história vai se desenrolando.”

Como o clipe musical se passa em vários ambientes da festa, incluindo a área externa da casa, foi preciso elaborar uma coreografia cuidadosa, tanto para a banda quanto para a equipe. “Com toda a ação e a filmagem acontecendo em uma única tomada, tivemos que preparar e coreografar cuidadosamente todos os movimentos para que transição pela casa ocorresse de maneira fluida. Não somente as pessoas, mas também a abertura das portas, o movimento dos acessórios, as luzes acendendo e apagando para não criar sombras; basicamente cada pequeno detalhe precisava ser coreografado a fim de que tudo ocorresse da maneira fluida e segura durante a gravação”, disse Roofeh.

Continue lendo

O mercado milionário de videoclipes. Você também pode fazer sucesso!

21 fev

O mercado de produção de videoclipes vai muito bem, as produtoras tem surpreendido cada vez mais o público brasileiro com produções e filmagens de grande qualidade. Você já deve ter observado que muitas músicas brasileiras têm ganhado clipes incríveis, quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe o artigo.O videoclipe mudou bastante a linguagem audiovisual nos anos 80, por causa do surgimento da MTV, em 1981. Em 2010 com o fim da MTV Brasil como a conhecíamos, os clipes já haviam encontrado seu novo espaço: o YouTube. Atualmente você encontra grandes produções nesse espaço.

A cantora Anitta é um exemplo, além da produção de seus videoclipes serem incríveis, ela posta no YouTube e eles alcançam uma marca impressionante. No primeiro mês de lançamento do clipe Paradinha, com direção de Giovanni Bianco e Bruno Ilogti, teve mais de 50 milhões de visualizações.

Continue lendo

Dicas rápidas para produzir belos timelapses e valorizar suas imagens

14 fev

A produção cinematográfica conta com vários equipamentos para criação de vídeos e fotos mais elaboradas e bonitas. Com a tecnologia você pode fazer de tudo um pouco e essa área só tem se beneficiado com os avanços. A técnica de timelapse não é nova, mas é algo muito legal que pode ser usado de diversas formas. Veja dicas para produzir belos timelapses.Também conhecida como câmera-rápida, a fotografia timelapse é um processo cinematográfico, nela a freqüência de cada fotograma é muito menor do que aquela em que o filme será reproduzido. Dessa forma, quando a filmagem é vista a uma velocidade normal, o tempo parece correr mais depressa.

Muitos consideram essa técnica oposta à fotografia de alta-velocidade, com essa filmagemas alterações que não observamos, se tornam evidentes. Agora que você já sabe o que é timelapse já pode conferir algumas de nossas dicas.

Como produzir belos timelapses

Fazer imagens de timelapse deixa a produção muito bonita, você vai gravar imagens impressionantes que não são perceptíveis a olho nu. Com ela pode ter certeza que sua criação será bem mais elaborada e ganhará destaque. Mas algumas coisas são necessárias para fazer seu timelapse. Por isso separamos algumas dicas.

Se você deseja produzir belos timelapses precisa de um bom equipamento, não é qualquer câmera que vai fazer esse tipo de filmagem. Algo que sua câmera precisa é de um temporizador. Ele é importantíssimo para sua fotografia de longa exposição não sair borrada com o clique.

Ter um bom tripé também é importante, ele precisa ser robusto o suficiente para continuar estável mesmo com ventos. Também precisa de um cartão de memória de alta capacidade, só para ter uma ideia, um vídeo de 10 segundos precisa de no mínimo 240 fotos. É muita coisa, não é mesmo? Agora imagine um vídeo maior, será necessário muito espaço.

Continue lendo

O novo Christie Velvet CorePlus LED oferece uma solução de video wall flexível, com todas as características e com um preço acessível

14 fev
As novas video walls Christie® Velvet® CorePlus LED oferecem uma flexibilidade de design incomparável para uma solução de video wall de LED de preço acessível. Variando em distâncias de pixel de 1,2 a 4,0 milímetros, a arquitetura única se escala com mais facilidade para resoluções populares, incluindo 4K, é totalmente personalizável com opções remotas e on-board e pode ser instalada e reparada tanto na frente como na parte de trás. Perfeito para espaços públicos, casinos, parques temáticos, salas de culto, salas de transmissão, salas de controle e salas de conferência entre muitas outras aplicações, o seu sistema de montagem direta permite uma profundidade de instalação estreita de menos de 100 milímetros, tornando-se compatível com ADA.
O Christie Velvet CorePlus foi projetado com foco na flexibilidade e acessibilidade ao mesmo tempo em que oferece uma série de recursos normalmente encontrados em LEDs mais caros. As opções de energia on-board ou remota para o CorePlus aumentam as possibilidades de instalação, ao mesmo tempo em que oferecem gerenciamento eficiente de calor e redundâncias para a operação 24 x 7. O Christie Velvet CorePlus inclui um sistema de montagem direta, facilitando a instalação rápida e fácil em paredes planas, eliminando a necessidade de uma estrutura de montagem adicional e assim, reduzindo ainda mais o custo total do sistema. Além disso, com o novo E600 Controller, os usuários finais podem escalar facilmente para 4K 60Hz.
“Nossos clientes não precisam mais sacrificar as capacidades-chave ao comprar uma video wall de LED de preço razoável”, disse Ted Romanowitz, gerente sênior de produtos, Christie. “Quando você escolhe a Christie, trabalhamos com você cada passo para aproveitar a incrível flexibilidade do CorePlus’ para mapear uma solução que trará sua visão para a realidade. Você pode ter a certeza de que será entregue com a qualidade, serviço e suporte de produtos superiores associados à marca Christie. “
“Os mercados internacionais para LED de distância estreita em ambientes internos continuam a crescer a um ritmo incrível, espera-se expandir 19% de CAGR nos próximos quatro anos para alcançar vendas de US $ 2,9 bilhões em 2021” afirmou Chris McIntyre-Brown, diretor associado, Equipamentos Profissionais e Displays na FutureSource Consulting. “Estamos começando a ver a introdução de video walls de LED de preço acessível pelos principais fabricantes de AV com recursos capazes de combinar os requisitos dos clientes nos mercados internacionais, o que estimulará a adoção mais ampla da tecnologia de LED de distância de pixel estreita”.

Continue lendo

ARRI lança câmera de grande formato

7 fev

A ARRI revela hoje, na BSC Expo em Londres, um sistema completo de grande formato que cumpre e supera os requisitos das produções modernas, oferecendo liberdade criativa sem precedentes e permanece compatível com as lentes, acessórios e workflows existentes. Apresentando um sensor ligeiramente maior que o full frame, a ALEXA LF grava 4K nativo com a melhor qualidade de imagem da ARRI. Os cineastas podem explorar uma estética de grande formato uma vez que conservam a colorimetria natural do sensor, os tons de pele agradáveis e a aptidão comprovada para trabalhos em HDR e WCG. Os diversos formatos de gravação e modos de sensor fazem com que este aspecto esteja disponível para todas as produções e satisfaça qualquer possibilidade de demanda. Formatos versáteis de gravação, incluindo o eficiente ProRes e o ARRIRAW sem compressão não criptografado e até 150 fps, oferecem flexibilidade total.


Cinematographer Dan Laustsen ASC, DFF
Photo © Chase Hagen

Acompanhado da câmera ALEXA LF temos 16 lentes Signature Prime de grande formato que variam da 12mm até  280mm e estão equipadas com o bocal LPL da ARRI. Enquanto as lentes Signature Prime exemplificam a precisão óptica de última geração, elas oferecem imagens orgânicas e emocionantes, suavizando e texturizando o grande formato. Um rápido t-stop de T1.8, facilita a profundidade de campo e a caída suave do foco dá aos sujeitos uma maior presença no quadro.Cinematographer Wang Yu
Photo © Zihao Chen

Na prévia do lançamento da nova câmera de grande formato, a ARRI pediu para alguns com neastas que usassem a câmera e lentes em situações reais. Dentre eles, Dan Laustsen ASC, DFF indicado ao Oscar deste ano pelo filme A Forma da Água . Após filmar com a câmera, Laustsen comenta: “Estamos tentando contar uma história de amplitude e liberdade; a ALEXA LF trabalhou muito bem. A profundidade de campo é muito pequena, criando um novo mundo. É fantástico.” das Signature Primes, ele nota: “As lentes são leves e não tão nítidas, mas com certa suavidade muito específica. Com a lente 25mm, você sente que está ali na cena com os atores.”

Continue lendo

Filme de estreia de HaZ Dulull The Beyond realizado com Blackmagic Design

7 fev

O roteirista e diretor Hasraf “Haz” Dulull finalizou o seu primeiro longa-metragem, “The Beyond”, editado e colorizado no DaVinci Resolve 14. Além disso, o documentário de ficção científica foi filmado exclusivamente com câmeras digitais cinematográficas da Blackmagic Design, incluindo a URSA Mini 4.6K e a URSA Mini Pro. HaZ utilizou o seu conhecimento na indústria para trazer a bordo uma equipe conceituada, que incluia o DP Adam Batchelor, colaborador de longa data que trabalhou nos aclamados curtas-metragens de HaZ, “SYNC” e “Project Kronos”; a coprodutora Paula Crickard (de “Calloused Hands” e “Winter”); e o colorista Max Horton, cujos créditos incluem o sucesso sci-fi “Gravidade”.

“The Beyond” se passa em 2019 e mostra uma missão histórica na qual astronautas modificados com ajuda de tecnologia robótica avançada são enviados por um buraco de minhoca recém‑descoberto.Como precisava fazer um “falso documentário”, a equipe de produção alternou entre o estilo cinematográfico e reportagem jornalística. “Filmamos as cenas VFX em 4.6K Cinema DNG RAW, enquanto que as sequências de entrevistas, várias das quais envolvendo muita discussão e improvisação, foram gravadas em ProRes 4444 ou ProRes 422 HQ, dependendo da quantidade de pós necessária.”Batchelor achou as câmeras digitais cinematográficas altamente flexíveis na hora de alternar entre estilos de filmagem, principalmente ao criar um look mais sombrio que apresentou ao público os corpos robóticos Humano 2.0. “A ideia era que a cena tivesse o mínimo de iluminação, de forma que eu pudesse usar telas de celular para iluminar objetos sem que a luz fosse saturada por fontes de luz maiores. Achei que fosse ficar escuro demais”, contou ele. “No entanto, funcionou perfeitamente – ficou escuro o suficiente para dar o clima, porém sem muito ruído.”

Continue lendo

Five for Co. usa Blackmagic Design na criação de MR e VR do game Circle of Saviors

5 fev

A Five for Co. Ltd, baseada em Tóquio, oferece vários serviços, incluindo desenvolvimento de games, sistemas VR e produções de vídeo em 360°. O mais novo lançamento da empresa, “Circle of Saviors”, é um jogo de ação interativo VR, apresentado recentemente na Tokyo Game Show e na Electronic Entertainment Expo 2017, nos EUA. As imagens MR misturam VR e imagens normais, permitindo que o usuário jogue e mantenha a percepção do mundo físico e que o público possa assistir ao gameplay em qualquer lugar. Com a tecnologia MR, a Five for é capaz de produzir duas imagens virtuais diferentes em tempo real: um POV para o jogador e uma imagem do cenário virtual composta em tempo real. Para tanto, a empresa utiliza ATEM 1 M/E Production Studio 4K, ATEM Television Studio HD, SmartView Duo e Teranex Mini Rack Shelf.

A câmera broadcast profissional mais acessível e flexível do mundo para HD e Ultra HD!

1 fev

Apresentando a URSA Broadcast, a câmera broadcast profissional mais acessível e flexível do mundo. A URSA Broadcast é duas câmeras em uma, uma câmera de campo incrível para trabalhos UPJ e programação televisiva, assim como uma câmera de estúdio profissional!

URSA Broadcast é perfeita para teledifusores tradicionais porque usa as lentes e baterias que você já possui, e também elimina os cartões de mídia e formatos de arquivo estranhos encontrados nas câmeras tradicionais. Ela grava em cartões SD padrão e usa os mesmos formatos de arquivo comuns encontrados em sistemas de gestão de mídia e na maioria dos programas de edição NLE. E mais, a URSA Broadcast é perfeita para webcasters, já que funciona tanto com lentes HD não originais quanto lentes fotográficas acessíveis. Nenhuma outra câmera broadcast é mais flexível e acessível!

2 Câmeras em 1!! Alterne instantaneamente entre filmagens de trabalhos ao vivo ou em campo!

A URSA Broadcast é duas câmeras em uma! O design compacto, os controles comuns e os recursos de câmera profissionais são ideais para filmagens no estilo UPJ e essenciais para trabalhar com rapidez quando você está tentando captar notícias de última hora. Seja no estúdio ou fora dele em campo, a URSA Broadcast oferecerá uma qualidade de imagem incrível, tons de pele precisos e cores vibrantes que são muito superiores às de câmeras que custam dez vezes mais.

A chave está no novo modo de vídeo expandido da URSA Broadcast que produz imagens que não precisam passar pelo tratamento de cores, assim é possível gravar, editar e levar histórias ao ar mais rápido do que nunca. A URSA Broadcast também é a primeira câmera que finalmente permite que produtores AV e webcasters arquem com os custos de uma solução broadcast profissional que é significativamente melhor que as DSLRs!

Trabalhe em HD ou Ultra HD. Sensor de imagem 4K incrível para amplo alcance dinâmico e ampla profundidade de campo.

A URSA Broadcast inclui um sensor de imagem 4K incrível e um novo modo de vídeo expandido com faixa dinâmica e fidelidade de cores aprimoradas. O sensor de imagem foi desenvolvido tanto para HD quanto Ultra HD, assim você obtém textura e detalhes impressionantes, tons de pele precisos, cores vibrantes e vídeo de grande alcance dinâmico, tudo sem necessidade de pós-produção. Isso significa que você pode filmar, editar e levar histórias ao ar com rapidez!

O sensor de alta resolução é uma grande vantagem, mesmo quando trabalhando em HD, pois você conta com processamento subpixel de imagem e suavização superior para imagens supernítidas. A URSA Broadcast é uma câmera à prova do tempo que é suficientemente versátil para uso em produções HD ou Ultra HD!

Conselhos de um colorista profissional sobre dominar as cores em filmes | Pond5

30 jan

Coloristas podem ser essenciais no processo de pós produção, e Tyler Fagerstrom (Sinister, Boyhood, 20th Century Women) tem se dedicado a essa arte.

Continue lendo

Estragou tudo na Pós? 12 Erros de edição comuns que você pode estar cometendo | Pond5

30 jan

Existem várias coisas que podem dar errado quando um filme ou vídeo está sendo feito, mas muitas delas podem ser corrigidas na edição — se você souber o que está fazendo.

Continue lendo

Conheça o App que facilita a vida de produtores e fotógrafos

30 jan

Já imaginou conseguir tudo que você precisa para o seu filme ou sessão fotográfica em um único lugar?

Locações, estúdios, objetos de cena, equipamentos e até veículos para alugar perto de você! Com o CenaZERO fica mais fácil realizar suas produções fotográficas e audiovisuais.

Você também pode anunciar o que têm aí e ganhar uma renda extra!

Junte-se à milhares de usuários em todo Brasil, acesse www.cenazero.com.br

SanDisk® apresenta nova linha de cartões de memória microSD desenvolvidos para acelerar a experiência com aplicações móveis

30 jan

A Western Digital coloca à disposição do mercado brasileiro os primeiros cartões de memória microSDTM da marca SanDisk, que atendem aos requisitos de desempenho para aplicações de classe (A1) de acordo com as mais recentes especificações SD 5.1 da SD Association. Ao atender a essas características, os cartões microSD SanDisk A1 oferecem velocidade e capacidade otimizada para proporcionar uma melhor experiência de usuário com smartphones.Desde que foram lançados há mais de uma década, os cartões de memória microSD têm sido fundamentais para fomentar novos segmentos de imagens digitais, como câmeras de ação, drones, câmeras de carro e sistemas de vigilância, e tiveram impacto significativo na evolução do smartphone. Hoje, quase 75% dos modelos de smartphones no mercado possuem entradas para cartões microSD, de acordo com os dados da Strategy Analytics. Com a capacidade de adicionar mais armazenamento em dispositivos, os consumidores passam a ter mais flexibilidade para capturar, preservar e acessar mais conteúdo, além de carregar mais aplicativos em seu telefone. Para melhorar ainda mais a sua experiência geral, os usuários de cartões A1 podem obter melhor desempenho para carregar e iniciar aplicativos em alta velocidade.

“O cartão de memória microSD foi parte da revolução digital, pois fornece mais opções de desempenho e capacidade de armazenamento para smartphones”, afirma Alexandre Jannoni, Gerente da Western Digital no Brasil. “Os cartões de memória SanDisk® estão em mais de dois bilhões de dispositivos de consumo e agora, com esses cartões A1, estamos orgulhosos de desempenhar um papel importante na contínua evolução deste formato confiável para os consumidores brasileiros”.

Usado por milhões de pessoas para expandir a capacidade de armazenamento de fotos, vídeos, músicas e muitos outros arquivos digitais, o cartão de memória microSD agora deve evoluir para suportar ambientes de uso de alta aplicação, abrindo o caminho para uma nova dimensão na execução de cartões de memória. Com o lançamento do sistema operacional Android Marshmallow 6, os usuários podem expandir a capacidade de armazenamento de smartphones selecionando o cartão microSD como armazenamento preferido, o que significa que os aplicativos agora podem ser carregados e iniciados diretamente do cartão microSD A1.

A especificação A1 permite que os cartões de memória microSD da SanDisk gerenciem o acesso aleatório à leitura de entrada/saída por segundo (IOPS – sigla em inglês) de 1.500 e a escrita IOPS de 500, para que você possa abrir aplicativos mais rapidamente e processar tarefas adicionais como áudio, gráficos, perfis salvos e permissões dentro de aplicativos. Para obter mais informações sobre a nova especificação A1, consulte o documento técnico da SD Association.

Os novos cartões de memória SanDisk microSD A1 são compatíveis com o aplicativo SanDisk® Memory Zone para Android ™, que fornece aos usuários uma maneira simples de gerenciar e fazer backup de conteúdo em seu dispositivo. O aplicativo está disponível gratuitamente no Google Play ™ Store.

O cartão de memória SanDisk Ultra microSD A1 está à venda no Brasil nas lojas Saraiva.com e Kabum.

Semana da Fotografia 2018

30 jan

Quer transformar suas fotos e ensaios? Quer aprender novas técnicas para fotografar casamentos, newborn e família?

Então, venha para a Semana da Fotografia e o Newborn Secrets – dois congressos pra mudar sua fotografia e carreira! http://www.semanadafotografia.com.br